Federalism and educational policies in Brazil: contexts and ruptures

Rodrigo Ferreira Rodrigues, Rosenery Pimentel do Nascimento

Abstract


This article aims to analyze the complexity of the Brazilian federal arrangement and the design of educational policies through the correlation of forces and disputes between spaces and institutional tensions that configure the current and recent context in the educational policies of Brazil. It is a theoretical and documentary study and had as its axis of analysis the tensions and ruptures that had as a background (direct or indirect) the National Education System and in its contribution the very system of collaboration, as specific policies of the Brazilian cooperative pact. Thus, we emphasize the role of social participation in the implementation of EC 59/2009, in the National Education Conferences (from 2010 to 2018) and in the constitution of SASE as spaces of agreement and broad and democratic dialogue. Based on this context, it was possible to highlight the ruptures with the process of affirmation of cooperative federalism in guaranteeing the right to quality public education with social and democratic participation, evidencing the necessary strengthening of federal pacts, in the face of the challenges facing the federalism and effectiveness of educational policies in Brazil. 


Keywords


Federalism; Educational Policies; Social Participation.

References


ABRUCIO, Fernando Luiz. A dinâmica federativa da educação brasileira: diagnóstico e propostas de aperfeiçoamento. Disponível em: www.igepp.com.br/.../igepp_abrucio__f._dinamica_federativa_da_educacao. Acesso em: 17/04/16.

AGUIAR, Márcia Ângela da S. Avaliação do Plano Nacional de Educação 2001-2009: questões para reflexão. Educação e Sociedade, Campinas, v. 31, n. 112, p. 707-727, jul.-set. 2010. Disponível em http://www.cedes.unicamp.br, acesso em 17/09/15.

ALMEIDA, M. H. T. Federalismo e Políticas Sociais. Revista Brasileira de Estudos Sociais, nº 28, ano 10. p. 88 a 108. Julho de 1995.

ARAUJO, Gilda Cardoso de. Políticas Educacionais e Estado Federativo: Conceitos e Debates sobre a Relação entre Município, Federação e Educação no Brasil. 1ª. ed. Curitiba: Appris, 2013.

ARAUJO, Gilda Cardoso de. Constituição, federação e propostas para o novo Plano Nacional de Educação: análise das propostas de organização nacional da educação Brasileira a partir do regime de colaboração. Educação e Sociedade, Campinas, v. 31, n. 112, p. 749-768, Jul-Set, 2010. Disponível em http://www.cedes.unicamp.br. Acesso em 17/09/15.

ARAUJO, Gilda Cardoso de. Direito à educação básica. A cooperação entre os entes federados. Retratos da Escola, CNTE, Brasília, DF, v. 4, n. 7, p. 231-241, jul./dez. 2010.

BEISIEGEL, Celso Rui. A qualidade do ensino na escola pública. Brasília: Liber Livro, 2006.

BOBBIO, Norberto. Estado, Governo, Sociedade: Para uma teoria geral da política. São Paulo: Paz e Terra, tradução de Marco Aurélio Nogueira, 2010, 16ª reimpressão.

BRASIL. Constituição de República Federativa do Brasil de 1988. Disponível em http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/constituicao/constituicaocompilado.htm Acesso em 15/12/2017.

BRASIL. Câmara dos Deputados. BORNIER, Felipe. PLP15/11. Disponível http://www.camara.gov.br/proposicoesWeb/fichadetramitacao. Acesso em: 15/09/15.

BRASIL. Comissão de Educação. Requerimento de audiência pública N. 64/2015, DE 2011, do Sr. Glauber Braga.

BRASIL. MORAES, Ságuas. PLP413/14. Disponível em: http://www.camara.gov.br/proposicoesWeb/fichadetramitacao. Acesso em: 15/09/15.

BRASIL. Lei 13.0005/14. Plano Nacional de Educação,

BRASIL. MEC. Gabinete do Ministro. Portaria nº 619, de 24 de junho de 2015. Disponível em http://pne.mec.gov.br/publicações. Acesso em 18/09/15.

BRASIL. Emenda constitucional nº 95, e 15 de dezembro de 2016. Disponível em http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/constituicao/emendas/emc/emc95.htm. Acesso em 15/12/2017.

BRASIL. MEC, PORTARIA nº 577, DE 27 DE ABRIL DE 2017. Disponível em https://www.fnde.gov.br/fndelegis/action/UrlPublicasAction.php?acao=abrirAtoPublico&sgl_tipo=POR&num_ato=00000577&seq_ato=000&vlr_ano=2017&sgl_orgao=MEC Acesso em 15/12/2017.

CABRAL, Nazaré da Costa. A teoria do federalismo financeiro. Edições Almedina, S.A - Coimbra, 2015.

CARVALHO, José Murilo de. Cidadania no Brasil. O longo Caminho. 3ª ed. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2002.

CURY, Carlos Roberto Jamil. Federalismo Político e Educacional. In Políticas Públicas e Gestão da Educação. Naura Syria Carapeto Ferreira (org.). Líber Livro Editora. Brasília. 2007.

CURY, Carlos Roberto Jamil. Sistema Nacional de Educação: desafio para uma educação igualitária e federativa. In:_____. VEIGA, C. G. (Org.). Carlos Jamil Cury: intelectual e educador. Editora: Autêntica, 2010.

HOFLING, ELOISA DE MATTOS. Estado e políticas (públicas) sociais. Caderno CEDES, Campinas, v. 21, n. 55, p. 30-41, nov.2001

LIJPHART, A. Modelos de democracia: desempenho e padrão de governo em 36 países. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2003.

SAVIANI, Dermeval. Sistema nacional de educação e Plano Nacional de Educação. Campinas: Autores Associados, 2014.

WEBER, Max, 1864-1920. Economia e sociedade: fundamentos da sociologia compreensiva. Trad. de Regis Barbosa e Karen Elsabe Barbosa. Brasília: Editora Universidade de Brasília, 2012. Volume 2.




DOI: http://dx.doi.org/10.17648/rsd-v7i2.233

Refbacks

  • There are currently no refbacks.


Base de Dados e Indexadores: Base, Diadorim, Sumarios.org, DOI Crossref, Dialnet, Scholar Google, Redib, Doaj, Latindex, Redalyc, Portal de Periódicos CAPES

Research, Society and Development - ISSN 2525-3409

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional

Rua Irmã Ivone Drumond, 200 - Distrito Industrial II, Itabira - MG, 35903-087 (Brasil) 
E-mail: rsd.articles@gmail.com
Facebook: https://www.facebook.com/Research-Society-and-Development-563420457493356