The training of the math teacher: looking for pathways to overcome the difficulties at the beginning of the career

Daiana Estrela Ferreira Barbosa, Pedro Lúcio Barboza

Abstract


The present article aims to discuss the formation of the math teacher at the begin of his career, highlighting the challenges and difficulties faced by the school reality. The discussion was developed through a qualitative approach, and the content collected through half structured interviews with six mathematics teachers from public and private schools with up to three years of teaching was analyzed. In the course of these studies and from the dialogue with texts by researchers like Tardif and Raymond, Huberman, Cavaco and Guarnieri, we note the importance of researching on the challenges and difficulties experienced by the teacher of mathematics at this early stage. The results obtained allow us to affirm the importance of reflection on how each one becomes a teacher and the formation of the future teacher of mathematics as a space of articulation between theory and practice. We consider that it is necessary to insert policies to support the beginning teacher, because it is at this stage that the challenges begin to appear, shaping the identity of the teacher and giving new characteristics to the professional.


Keywords


Mathematics Education; Teacher training; Beginner teachers.

References


AMORIM, M. M. T. O início da carreira docente e as dificuldades enfrentadas pelo professor iniciante. Revista @mbienteeducação, Universidade Cidade de São Paulo, Vol. 10, nº 2, p. 276-288, jul/dez, 2017.

CAVACO, M. H. Ofício do professor: o tempo e as mudanças. In: NÓVOA, A. (org.) Profissão professor. Porto: Porto Editora, 1995, p.155-191.

CIRÍACO, K. T.; MORELATTI, M. R. M. Problemas experienciados por professoras iniciantes em aulas de matemática. Revista Eletrônica de Educação, v. 10, n. 3, p. 267-280, 2016.

BACCON, A. L. P.; CLOCK, L. M.; MENDES, T. C. Formação de professores de matemática: reflexões sobre as concepções de aprender e ensinar. X ANPED SUL, Florianópolis, 2014.

D'AMBROSIO, B. S. Formação de Professores de Matemática para o Século XXI: o Grande Desafio. Pro-posições, Campinas - SP. 1993, v. 4, n. 1, p. 35-41.

FIORENTINI, D. A Pesquisa e as Práticas de Formação de Professores de Matemática em face das Políticas Públicas no Brasil. Bolema, Rio Claro (SP), Ano 21, nº 29, pp. 43 a 70, 2008.

GUARNIERI, M. R. Tornando-se professor: o início da carreira docente e a consolidação na profissão. 1996. 149 f. Tese (Doutorado em Educação) – Universidade Federal de São Carlos, São Carlos, 1996.

HUBERMAN, M. O ciclo de vida profissional dos professores. In: NÓVOA, António (Org.). Vidas de professores. Porto: Porto Editora, 1995. p. 33-61.

IMBERNÓN, F. Formação docente e profissional: formar- se para a mudança e a incerteza. Tradução Silvana Cobucci Leite. 9 ed. São Paulo, SP: Cortez, 2011. 128 p.

LOBATO, A. C.; QUADROS, A. L. Como se constitui o discurso de professores iniciantes em sala de aula. Educ. Pesqui., São Paulo, v. 44, p. 21, 2018.

MACENHAN, C.; TOZETTO, S. S.; BRANDT, C. F. Formação de professores e prática pedagógica: uma análise sobre a natureza dos saberes docentes. Práxis Educativa, Ponta Grossa, v. 11, n. 2, p. 505-525, maio/ago.2016. Disponível em: http://www.revistas2.uepg.br/index.php/praxiseducativa. Acesso em 26 de outubro de 2018.

NACARATO, A. M. A Formação do Professor de Matemática: pesquisa x políticas públicas. CONTEXTO e EDUCAÇÃO, Ijuí – RS. Editora Unijuí. Ano 21. n. 75. p. 131-153. Jan./Jun. 2006.

NÓVOA, A. (org.). Os professores e sua formação. Lisboa: Nova Enciclopédia, 1992.

SERIANI, R.; SILVA, D. A.; ROSA, C. A. S. Professores de matemática no início da carreira docente: implicações à formação inicial. Revista Iberoamericana de Educación Matemática. Número 49. Página 181-199, abril 2017.

SOUTO, R. M. A. Egressos da licenciatura em matemática abandonam o magistério: reflexões sobre profissão e condição docente. Educ. Pesqui., São Paulo, v. 42, n. 4, p. 1077-1092, out./dez., 2016.

TARDIF, M. Saberes docentes e formação profissional. Petrópolis: Vozes, 2002.

TARDIF, M.; RAYMOND, D. Saberes, tempo e aprendizagem do trabalho do magistério. Educação e Sociedade. CEDES, Campinas, ano 21, n. 73, p. 209-244, 2000.

VASCONCELLOS, M.; BITTAR, M. A formação do professor para o ensino de Matemática na educação infantil e nos anos iniciais: uma análise da produção dos eventos da área. Educ. Mat. Pesqui., São Paulo, v. 9, n. 2, p. 275-292, 2007.




DOI: http://dx.doi.org/10.33448/rsd-v8i3.794

Refbacks

  • There are currently no refbacks.


Base de Dados e Indexadores: Base, Diadorim, Sumarios.org, DOI Crossref, Dialnet, Scholar Google, Redib, Doaj, Latindex, Redalyc, Portal de Periódicos CAPES

Research, Society and Development - ISSN 2525-3409

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional

Rua Irmã Ivone Drumond, 200 - Distrito Industrial II, Itabira - MG, 35903-087 (Brasil) 
E-mail: rsd.articles@gmail.com
Facebook: https://www.facebook.com/Research-Society-and-Development-563420457493356