Math written production analysis as an assessment strategy and prospective teachers’ knowledge of content and students

Edilaine Regina dos Santos, Bruno Rodrigo Teixeira

Abstract


In this paper, we present potentialities of the use of math written production analysis, as an assessment strategy, to the development of prospective teachers’ knowledge of content and students. For this, some considerations about the mathematical knowledge for teaching are describe and we highlight in this context, the knowledge of the content and the students. Then, in presenting particular aspects of this assessment strategy, we have identified that they can contribute to mobilization/development the prospective teacher’ knowledge as it make possible to know the students way of dealing with mathematical tasks and contents; to get an overview of the most common errors and answers, as well as a class profile with regard to how they deal with the assigned tasks, among others; to reflect on what led the students productions, and why several students have a similar resolution or make the same mistakes; to interpret students' thoughts as expressed in the ways they are able to express them through written production. Thus, in identifying these aspects, we emphasize that the use of math written production analysis as an assessment strategy by preservice mathematics teachers, contributing to mobilization/development of prospective teachers’ knowledge of content and students, can be promising for their teacher education.


Keywords


Mathematics education. Mathematics teacher education; Learning assessment; Math written production analysis; Knowledge of content and students.

References


BALL, D. L.; THAMES, M. H.; PHELPS, G. Content knowledge for teaching: What makes it special? Journal of Teacher Education, v. 59, n. 5, p. 389-407, 2008.

BARLOW, M. Avaliação escolar: mitos e realidades. Porto Alegre: Artmed, 2006.

BENTO, M. C.; PEREIRA, F. A avaliação na formação inicial de professores: um Estudo de caso. Revista Contemporânea de Educação, v. 7, n. 14, p. 440-463, 2012.

BURIASCO, R. L. C. Análise da Produção Escrita: a busca do conhecimento escondido.In: ROMANOWSKI, J. P. et al (orgs.). Conhecimento Local e Conhecimento Universal: a aula e os campos do conhecimento. Curitiba: Champagnat, 2004.

BURIASCO, R. L. C.; FERREIRA, P. E. A.; CIANI, A, B. Avaliação como prática de

investigação (alguns apontamentos). BOLEMA, ano 22, n. 33, 2009, p. 69-

CURI, E. Avaliação e formação de professores: propostas e desafios. Educação Matemática em Revista, ano 9, p.105-113, 2002.

CURY, H. N.; BISOGNIN, E. Conhecimento matemático para o ensino: um estudo com professores em formação inicial e continuada. Revista Thema, v. 14, n.3, p. 241-249, 2017.

HADJI, C. A Avaliação, Regras do jogo. Das intenções aos Instrumentos. 4. ed. Portugal: Porto, 1994.

LAUTESCHLAGER, E.; RIBEIRO, A. J. Formação de professores de matemática e o ensino de polinômios. Educação Matemática Pesquisa, v. 19, n.2, p. 237-263, 2017.

MIZUKAMI, M. G. N. Aprendizagem da docência: conhecimento específico, contextos e práticas pedagógicas. In: NACARATO, A. M.; PAIVA, M. A. V. (Org.). A formação do professor que ensina Matemática: perspectivas e pesquisas. Belo Horizonte: Autêntica, p. 213–231. 2006.

NAGY-SILVA, M. C. Do Observável ao Oculto: um estudo da produção escrita de

alunos da 4ª série em questões de matemática. 2005. Dissertação (Mestrado em

Ensino de Ciências e Educação Matemática) – Universidade Estadual de Londrina, Londrina, 2005.

NEGRÃO de LIMA. R. C. Avaliação em Matemática: análise da produção escrita de alunos da 4ª série do Ensino Fundamental em questões discursivas. 2006. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade Estadual de Londrina, Londrina, 2006.

RIBEIRO, A. J. Equação e Conhecimento Matemático para o Ensino: relações e potencialidades para a Educação Matemática. Bolema, v. 26, n. 42B, p. 535-557, 2012.

RIBEIRO, A. J.; OLIVEIRA, F. A. P. V. S. Conhecimentos mobilizados por professores ao planejarem aulas sobre equações. Zetetiké, v. 23, n.44, p. 311-327, 2015.

RODRÍGUEZ, J. G. La evaluación en matemáticas: una integración de perspectivas. Madrid: Sínteses, 1997.

ROJAS, H. S. Formação do Professor do Ensino Básico e a Avaliação Educacional. Estudos em Avaliação Educacional, v. 18, n. 37, p.7-40, 2007.

SANTOS, E. R. Estudo da Produção Escrita de Estudantes do Ensino Médio em

Questões Discursivas Não Rotineiras de Matemática. 2008. Dissertação (Mestrado em Ensino de Ciências e Educação Matemática) – Universidade Estadual de Londrina,

Londrina. 2008.

SANTOS, E. R. Análise da produção escrita em matemática: de estratégia de

avaliação a estratégia de ensino. Tese (Doutorado em Ensino de Ciências e Educação Matemática) – Universidade Estadual de Londrina, Londrina, 2014.

SANTOS, E. R.; BURIASCO, R. L. C. Análise da produção escrita em matemática como uma estratégia de ensino: algumas considerações. Educação Matemática Pesquisa, v. 17, p. 119-136, 2015.

SANTOS, E. R.; BURIASCO, R. L. C. A análise da produção escrita em Matemática como estratégia de avaliação: aspectos de uma caracterização a partir dos trabalhos do GEPEMA. Alexandria, v. 9, p. 233-247, 2016.

SHULMAN, L. S. Those who understand: Knowledge growth in teaching. Educational Researcher, v. 15, n. 2, p. 4-14, 1986.

STEIN, M. K. et al. Orchestrating productive mathematical discussions: Five practices for helping teachers move beyond show and tell. Mathematical Thinking and Learning, v. 10, n. 4, p. 313-340, 2008.




DOI: http://dx.doi.org/10.33448/rsd-v8i2.684

Refbacks

  • There are currently no refbacks.


Base de Dados e Indexadores: Base, Diadorim, Sumarios.org, DOI Crossref, Dialnet, Scholar Google, Redib, Doaj, Latindex, Portal de Periódicos CAPES

Research, Society and Development - ISSN 2525-3409

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional

Rua Irmã Ivone Drumond, 200 - Distrito Industrial II, Itabira - MG, 35903-087 (Brasil) 
E-mail: rsd.articles@gmail.com