Prevalence of hospitalization for venous ulcers in adults in Brazil, Rio Grande do Sul and Santa Maria: historical series

Júlia Katzer, Elisa Rucks Megier, Priscila Kurz da Assumpção, Leonardo Bigolin Jantsch, Elenir Terezinha Rizzetti Anversa

Abstract


Objective: to analyze the historical series in the period from 2008 to 2018 of the prevalence of hospitalization for venous ulcers in adults in Brazil, in the State of Rio Grande do Sul and in the municipality of Santa Maria. Method: documentary epidemiological study, historical series of the prevalence of hospital admissions for venous ulcers in the last 10 years. Results: when comparing the three locations, it is evident that in the state of Rio Grande do Sul there is a higher prevalence of hospital admissions, female and aged 50 to 59 years. Conclusion: Venous ulcers are lesions that require a varied demand for care and represent a long period of treatment, being able to be accompanied by professionals working in PHC, especially those in Nursing.


Keywords


Varicose elcer; Primary Health Care; Nursing care; Hospitalization.

References


Aguiar Jr, C. R., Isaac, C., Nicolosi, J. T., Medeiros, M. M. M., Paggiaro, A. O. & Gemperli, R. (2015). Análise do atendimento clínico de portadores de úlceras crônicas em membros inferiores. Revista Brasileira de Cirurgia Plástica, 30(2),258-263.

Almeida, J. A. (2012). Assistência de enfermagem qualificada ao paciente portador de ferida na saúde da família (Dissertação de mestrado). Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte, MG, Brasil.

Angélico, R. C. P., Oliveira, A. K. A., Silva, D. D. N., Vasconcelos, Q. L. D. A. Q., Costa, I. K. F. & Torres, G. V. (2012). Perfil Sociodemográfico, Saúde E Clínico De Pessoas Com Úlceras Venosas Atendidos Em Um Hospital Universitário. Revista de enfermagem UFPE on line, 6(1),62-68.

Baptista, C. M. C. & Castilho, V. (2016). Levantamento do custo do procedimento com bota de unna em pacientes com úlcera venosa. Revista Latino-Americana de Enfermagem, 14(6),1-7.

Guimarães Barbosa, J. A. & Nogueira Campos, L. M. (2010). Diretrizes para o tratamento da úlcera venosa. Revista Eletrônica Enfermería Global, 9(3),1-13.

Brasil. (2017). Vigitel Brasil 2016: vigilância de fatores de risco e proteção para doenças crônicas por inquérito telefônico : estimativas sobre frequência e distribuição sociodemográfica de fatores de risco e proteção para doenças crônicas nas capitais dos 26 estados brasileiros e no Distrito Federal em 2016. Brasília: Ministério da Saúde.

Brito, C. K. D., Nottingham, I. C., Victor, J. F., Feitoza, S. M. S., Silva, M. G. & Amaral, H. E. G. (2013). Úlcera venosa: avaliação clínica, orientações e cuidados com o curativo. Rev Rene, 14(3), 470-80.

Costa, L. M., Higino, W. J. F., Leal, F. J. & Couto, R. C. (2012). Perfil clínico e sociodemográfico dos portadores de doença venosa crônica atendidos em centros de saúde de Maceió (AL). Jornal Vascular Brasileiro, 11(2), 108-113.

Joaquim, F. L., Camacho, A. C. L. F., Sabóia, V. M., , Santos, R. C., Santos, L. S. F. & Nogueira, G. A, (2016). Impacto da visita domiciliar na capacidade funcional de pacientes com úlceras venosas. Revista Brasileira de Enfermagem, 69(3), 468-77.

Maciel, E. A. F. (2008). Prevalência de feridas em pacientes internados em um hospital filantrópico de grande porte de belo horizonte (Dissertação de Mestrado). Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte, MG, Brasil.

Mata, V. E., Porto, F., Firmino, F. (2010). Tempo e custo do procedimento: curativo em úlcera vasculogênica. Revista de Pesquisa: Cuidado é Fundamental Online, 2(Ed. Supl.),94-97.

Nunes, J. P. (2006). Avaliação da assistência à saúde dos portadores de úlceras venosas atendidos no programa saúde da família do município de Natal/RN (Dissertação de Mestrado). Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, RN, Brasil.

Oliveira, B. G. R. B., Nogueira, G. A., Carvalho, M. R. & Abreu, A. M. (2012). Caracterização dos pacientes com úlcera venosa acompanhados no Ambulatório de Reparo de Feridas. Revista Eletrônica de Enfermagem, 14(1), 156-63.

Pereira, M. N., Silva, W. M., Dias, M. A. B., Reichenheim, M. E. & Lobato, G. (2013). Sistema de Informações Hospitalares do Sistema Único de Saúde (SIH-SUS): uma avaliação do seu desempenho para a identificação do near miss materno. Cadernos de Saúde Pública, Rio de Janeiro, 29(7), 1333-1345.

Reis, D. B., Peres, G. A., Zuffi, F. B., Ferreira, L. A. & Poggetto, M. T. D. (2013). Cuidados às pessoas com úlcera venosa: percepção dos enfermeiros da estratégia de saúde da família. REME - Revista Mineira de Enfermagem, 17(1),101-106.

Sant'Ana, S. M. S. C., Bachion, M. M., Santos, Q. R., Nunes, C. A. B., Malaquias, S. G. & Oliveira, B. G. R. B. (2012). Úlceras venosas: caracterização clínica e tratamento em usuários atendidos em rede ambulatorial. Revista Brasileira de Enfermagem, 65(4), 637-644.

Santos, S. R., Ferreira, J. A., Cruz, E. M. M. S., Leite, E. M. A. M. & Pesso, J. C. S. (2014). Sistema de informação em saúde: gestão e assistência no sistema único de saúde. Cogitare Enfermagem, 19, (4), 833-40.

Seidel, A. M., Mangolim, A. S., Rossetti, L. P., Gomes, J. R. & Miranda Jr, F. (2011). Prevalência de insuficiência venosa superficial dos membros inferiores em pacientes obesos e não obesos. Jornal Vascular Brasileiro, 10(2),124-130.

Silva, D. C., Budó, M. L. D., Schimith, M. D. Durgante, V. L., Rizzatti, S. J. S &

Ressel, L. B. (2015). Itinerário Terapêutico de pessoas com úlcera venosa em assistência ambulatorial. Texto Contexto Enfermagem, 24(3), 722-30.

Silva, D. S. & Hahn, G. V. (2012). Cuidados com úlceras venosas: realidade do Brasil e Portugal. Revista de Enfermagem da Universidade Federal de Santa Maria, 2(2), 330-338.

Silveira, I. A., Oliveira, B. G. R. B., Oliveira, A. P. & Andrade, N. C. (2017). Padrão da dor de pacientes com úlceras de perna. Revista de Enfermagem UFPE on line, 11(2),617-624.




DOI: http://dx.doi.org/10.33448/rsd-v9i8.5620

Refbacks

  • There are currently no refbacks.


Base de Dados e Indexadores: Base, Diadorim, Sumarios.org, DOI Crossref, Dialnet, Scholar Google, Redib, Doaj, Latindex, Portal de Periódicos CAPES

Research, Society and Development - ISSN 2525-3409

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional

Rua Irmã Ivone Drumond, 200 - Distrito Industrial II, Itabira - MG, 35903-087 (Brasil) 
E-mail: rsd.articles@gmail.com