Preceptoria: acolhimento do estudante na atenção básica em saúde

Renata Ulrich Finkler, Andrea Wander Bonamigo, Helena Terezinha Hubert Silva

Resumen


Este artigo apresenta uma revisão integrativa de literatura sobre preceptoria e a recepção do estudante de graduação da área da saúde na atenção primária em saúde no início do estágio. O objetivo foi verificar as diferentes formas que os estudantes de graduação da área de saúde são recepcionados nos campos de estágio, quais e como recebem as informações para um melhor aproveitamento do estágio. Foi utilizado o Portal de Periódicos CAPES acessando as bases de dados LILACS e SCIELO, onde foram encontrados 48 estudos, publicados entre 2005 e 2015. Os critérios de inclusão foram estudos originais que abordassem sobre preceptoria, atuação da preceptoria e a recepção do acadêmico no campo de estágio. Os critérios de exclusão foram estudos de revisão de literatura, artigos reflexivos, artigos duplicados e resumos. Após análise foram excluídos 38, sendo utilizados 10 estudos. Nos estudos utilizados foram encontradas diferentes formas de recepção ao estudante de graduação, mas nenhum documento que os preceptores possam seguir para recepcionar o estudante. Através deste trabalho vê-se a necessidade de mais estudos e publicações para auxiliar os preceptores, a fim de que possam ter um embasamento teórico para a recepção dos alunos que realizarão o estágio, auxiliando em um melhor aproveitamento e desenvolvimento.


Palabras clave


acolhimento, educação, preceptoria

Texto completo:

PDF (Português (Brasil))

Referencias


BARBOSA, Maria de Fátima; REZENDE, Flávia. A prática dos tutores em um programa de formação pedagógica à distância: avanços e desafios. Interface - Comunicação, Saúde, Educação. Botucatu, v.10, n.20, p.473-86, jul/dez 2006.

BARRETO, Vitor Hugo Lima et al. Papel do preceptor da atenção primária em saúde na formação da graduação e pós-graduação da Universidade Federal de Pernambuco: um termo de referência. Revista Brasileira de Educação Médica. Pernambuco, v. 35, p. 578-583, 2011.

BRASIL. Portaria n. 2.488, de 21 de outubro de 2011. Política Nacional de Atenção Básica, estabelece a revisão de diretrizes e normas para a organização da Atenção Básica, para a Estratégia Saúde da Família (ESF) e o Programa de Agentes Comunitários de Saúde (PACS). Diário Oficial da União, 2014.

BRASIL. Portaria n. 1111/GM, de 05 de julho de 2005. Fixa normas para a implementação e a execução do Programa de Bolsas para a Educação pelo Trabalho. Diário Oficial da União, Brasília, DF, 02 dez. 2005.

BRASIL. Resolução n. 3, de 20 de junho de 2014. Institui Diretrizes Curriculares Nacionais do Curso de Graduação em Medicina e dá outras providências. Diário Oficial da União, Brasília, DF, 23 jun. 2014. Seção I, pp. 8-11.

BREHMER, Laura Cavalcanti de Farias; RAMOS, Flávia Regina Souza. Integração ensino-serviço: implicações e papéis em vivências de Cursos de Graduação em Enfermagem. Revista da Escola de Enfermagem USP. São Paulo, v. 48, p. 119-126, 2014.

BOTTI, Sérgio Henrique de Oliveira; REGO, Sérgio Tavares de Almeida. Docente-clínico: O complexo papel do preceptor na residência médica. Physis Revista de Saúde Coletiva. Rio de Janeiro, v. 21, p. 65–85, 2011.

CECCIM, Ricardo Burg; FEUERWERKER, Laura Camargo Macruz. O quadrilátero da formação para a área da saúde: ensino, gestão, atenção e controle social. Physis Revista de Saúde Coletiva. Rio de Janeiro, v. 14, p. 41-65, 2004

CUNHA, Gustavo Tenório. A construção da Clínica Ampliada na atenção básica. In: Barreto VHL, Monteiro ROS, Magalhães GSG, Almeida RCC, Souza LN. Papel do preceptor da atenção primária em saúde na formação da graduação e pós-graduação da Universidade Federal de Pernambuco: um termo de referência. Revista Brasileira de Educação Médica. Brasília, v. 35: 578-583, 2011.

DEMARZO, Marcelo Marcos Piva et al. Diretrizes para o ensino na Atenção Primária à Saúde na graduação em Medicina. Revista Brasileira de Medicina de Família e Comunidade. Florianópolis, v. 6, p. 145–50, 2011.

EGRY, Emiko Yoshikawa et al. Processo de integração docente assistencial: espaço e movimento possíveis na construção do saber em saúde coletiva. Revista Brasileira de Enfermagem. Brasília, v. 45, n. 1, p. 9-14, 1992.

FEUERWERKER, Laura Camargo Macruz. Além do discurso de mudança na educação médica: processos e resultados. São Paulo: Editora Hucitec, 2002.

FORTE, Franklin Delano Soares et al. Reorientação na formação de cirurgiões-dentistas: o olhar dos preceptores sobre estágios supervisionados no Sistema Único de Saúde (SUS). Revista Interface - Comunicação, Saúde, Educação. Botucatu, v. 19, p. 831-843, 2015.

GIANNINI, Denise et al. Construção colaborativa de um manual: estratégia no processo ensino e aprendizagem na residência. Revista do Hospital Universitário Pedro Ernesto. Rio de Janeiro, ano 11, p. 103-111, 2012.

LIMA, Patrícia Acioli de Barros Lima; ROZENDO, Célia Alves. Desafios e possibilidades no exercício da preceptoria do Pró-PET-Saúde. Interface Comunicação Saúde Educação. Botucatu, v. 19, supl 1, p. 779-791, 2015.

MEHRY, Emerson Elias; FEUERWERKER, Laura Camargo Macruz. Novo olhar sobre as tecnologias de saúde: uma necessidade contemporânea. São Cristóvão: Editora UFS; p. 29-74, 2009.

OLSCHOWSKY, Agnes. Integração docente-assistencial: um estudo de caso. 1996. Dissertação (Mestrado de Enfermagem Psiquiátrica e Ciências Humanas) - Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto, Ribeirão Preto, 1996.

RIBEIRO, Katia Regina Barro; PRADO, Marta Lenise. A prática educativa dos preceptores nas residências em saúde: um estudo de reflexão. Revista Gaúcha de Enfermagem. Porto Alegre, v. 34, p. 161-165, 2013.

ROCHA, Hilda Cristina. Avaliação da prática de preceptoria após formação pedagógica. Dissertação (Mestrado em Educação em Ciências e Saúde) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 2012.

RODRIGUES, Ana Maria Maia. A preceptoria em campos de prática na formação do enfermeiro em universidades de fortaleza-ceará. Dissertação (Mestrado em Cuidados Clínicos em Enfermagem e Saúde) - Universidade Estadual do Ceará, Fortaleza, 2012.

SILVA, Carmen Maria dos Santos Lopes Monteiro Dantas; SILVA, Paulo Sergio. O curso de graduação em enfermagem e os significados oriundos da tutoria. Revista de Pesquisa Cuidado é Fundamental Online. Rio de Janeiro, v. 7, p. 1783–1795, jan-mar, 2015.

SILVA, Verônica Caé da et al. Prática social e pedagógica do enfermeiro-preceptor: um estudo de caso. Online Brazilian Journal of Nursing. Rio de Janeiro, v. 13, p. 102-112, 2014.

TRAJMAN, Anete et al. A preceptoria na rede básica da Secretaria Municipal de Saúde do Rio de Janeiro: opinião dos profissionais de saúde. Revista Brasileira de Educação Médica. Rio de Janeiro, v. 33, p. 24-32, 2009.


Enlaces refback

  • No hay ningún enlace refback.


Base de Dados e Indexadores: BaseDiadorimSumarios.orgDOI CrossrefDialnetScholar GoogleRedibDoajLatindex, Portal de Periódicos CAPES

Research, Society and Development - ISSN 2525-3409

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional