Os aspectos teórico-metodológicos da representação social sobre o ensinar: construíndo identidades docentes

Diego do Rego, Erika Gusmão dos Reis Andrade

Resumen


O Presente artigo é fruto da pesquisa Docência na Licenciatura: Representações Sociais em Construção desenvolvida na Universidade Federal do Rio Grande do Norte - UFRN que objetivava acessar as representações dos estudantes de licenciatura sobre o ensinar, e encontrar que relações essas faziam com sua construção identitária docente. Aqui é feito um recorte do material recolhido a partir de entrevistas semiestruturadas (SZYMANSKI, 2002) com objetivo de melhor discutir os aspectos teórico-metodológicos das identidades docentes forjadas por licenciandos com o uso de suas representações sobre o ensinar. Este trabalho se situa no campo dos estudos sobre representações sociais (MOSCOVICI, 2012) e identidade profissional (DUBAR, 1997) e discute como as referências usadas pelos licenciados para se constituírem professores são objetos criados a partir daquilo que foi vivido pelo indivíduo na educação básica mais os novos conceitos ofertados pela graduação.


Palabras clave


Representações Sociais; Formação de Professores; Identidades Docentes.

Texto completo:

PDF (Português (Brasil))

Referencias


AUSUBEL, David P; NOVAK, Joseph D; HANESIAN, Helen. Psicologia educacional. Tradução Eva Nick. Rio de Janeiro: Interamericana , 1980

ALMEIDA, Geraldo Peçanha de. Transposição didática: por onde começar? 2. ed. São Paulo: Cortez, 2011.

BOLEIZ JÚNIOR, Flávio. Freinet e Freire: processo pedagógico como trabalho humano. 165 folhas. Tese – USP. São Paulo, 2012.

CAMBI, Franco. História da pedagogia. São Paulo: Editora UNESP, 1999.

DUBAR, Claude. A socialização: construção das identidades sociais e profissionais. Porto: Porto Editora, 1997.

FREINET, Célestin. A educação do trabalho. São Paulo: Martins Fontes, 1998.

FREIRE, Paulo. Pedagogia do oprimido. 50. ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra. 2011.

MOSCOVICI, Serge. A psicanálise, sua imagem e seu público. Trad. Sonia Fuhrmann. Petrópolis: Vozes, 2012.

PIAJET, Jean. A Epistemologia Genética. Trad. Nathanael C. Caixeira. Petrópolis: Editora Vozes, 1971

PLACCO. Vera M. N. de Souza; SOUZA, Vera Lucia T. de. Movimentos identitário de professores e representações do trabalho docente. In.: _______. Representações sociais: diálogos com a educação. Curitiba: Fundação Carlos Chagas, 2012.

REGO, Diego do. Representações sociais sobre o ensinar: construção identitária docente na formação inicial. 2017. 58 f. TCC (Graduação) - Curso de Pedagogia, Centro de Educação, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2017.

SÁ, Celso Pereira de. A construção do objeto de pesquisa em representações sociais. Rio de Janeiro: EdUERJ, 1998.

SILVA, Amanda Stefani de Albuquerque. Formação docente e currículo: representações sociais em construção. 2017. 58 f. TCC (Graduação) - Curso de Pedagogia, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2017.

SZYMANSKI, Heloisa (org.); ALMEIDA, Laurinha Ramalho de; PRANDINI, Regina Célia Almeida Rego. A entrevista na pesquisa em educação: a prática reflexiva. Brasília: Plano Editora, 2002.

VYGOTSKY, L.S. Pensamento e linguagem. São Paulo: Martins Fontes, 1993.

XAVIER, Maria das Dores Dutra. Representações sociais de licenciados do curso de pedagogia da UFRN acerca da prática educativa. 2016. 157 f. Dissertação (Mestrado em Educação). Universidade Federal do Rio Grande do Norte. Natal, 2016.


Enlaces refback

  • No hay ningún enlace refback.


Base de Dados e Indexadores: BaseDiadorimSumarios.orgDOI CrossrefDialnetScholar GoogleRedibDoajLatindex, Portal de Periódicos CAPES

Research, Society and Development - ISSN 2525-3409

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional