Gamification and its applicability in High School: a systematic review of literature

Leide Vânia Vieira Duarte Frazão, Paula Teixeira Nakamoto

Abstract


The objective of the article was to present central ideas and understand aspects related to gamification in the learning process. It is justified by the need to carry out a survey of the materials already produced on the theme and its applicability in high school. A content analysis of the works already prepared by other researchers and which add or enrich the work proposed by us. As for the research problem, we sought to answer relevant aspects and practices of gamification used in the classroom, in high school. Two hundred and twenty-six works were found between the years 2013 and 2019. As for the methodology, it is a systematic review of the literature with  analysis, developed from a survey in the databases of material consisting of published scientific articles. This will enable an assessment of the consistency and generalization of the results. The sample was selected according to its relevance in relation to the research objectives, using the terms gamification- gamification- teaching learning- educational games, classifying eight articles. Based on authors such as Fardo (2013), Fadel (2014), MC Gonigal (2014) and Moran (2013), it brings as a result the conclusion that the examined papers present as goals the applicability of gamification in high school, in the learning process , elucidating its importance for a more interactive and interesting educational scenario, leading to meaningful and participatory learning.


Keywords


Gamification; Education; Learning; Applicability.

References


Fadel, L. M.; Ulbricht, V. R.; Batista, C. R. & Vanzin, B. (2014). Gamificação na Educação, São Paulo: Pimenta Cultural.

Fardo, M. (2013). “A gamificação como método: estudo de elementos dos games aplicados em processos de ensino e aprendizagem”. Dissertação de Mestrado, Universidade de Caxias do Sul, Caxias do Sul, RS, Brasil. Recuperado em 20 de novembro 2018 de,

https://www.researchgate.net/publication/332583779_a_gamificacao_aplicada_em_ambientes_de_aprendizagem.

Huizinga, J. (2007). Homo ludens: o jogo como elemento da cultura. (5a ed.). São Paulo: Perspectiva.

Junior, W. M. P.; Farias, R. V. de. (2016). O aprendizado através de jogos educativos. SIED- Simpósio Internacional de Educação à distância. EnPED. UFSCAR, São Carlos, S.P. Recuperado em 26 de novembro de 2018 de,

http://www.sied-enped2016.ead.ufscar.br/ojs/index.php/2016/article/view/1538

Moran, J. M; Masetto, M. T &Behrens, M. A. (2013). Novas tecnologias e mediação pedagógica. São Paulo: Papirus.

Nascimento, C. M. (2017). O jogo educativo como interface de aprendizagem de ciências no ensino médio. Dissertação em mestrado em educação. Recuperado em 11 novembro, 2018 de https://www.escavador.com/sobre/6791526/cleon-menezes-do-nascimento

Ogawa, A. N.; Magalhães, G. G.; Klock, A. C. T.; & Gasparini, I. (2015). Análise sobre gamificação em ambiente educacionais. RAC-Eletrônica RENOTE - Revista Novas Tecnologias na Educação.13 (2). Recuperado em 11 novembro, 2018 de https://seer.ufrgs.br/renote/article/view/61453.

Rezende, B. A. C. Gamificação como prática docente: possibilidades e dificuldades. Dissertação de Mestrado em Educação. Recuperado em 18 de novembro, 2018 de http://www.univas.edu.br/me/docs/dissertacoes2/145.pdf.

Sampaio, R. F., & Mancini, M. C. (2007). Estudos de revisão sistemática: um guia para síntese criteriosa da evidência científica. Revista brasileira de fisioterapia. São Carlos.11 (1). 83-89. Recuperado em 14 de novembro 2018 de https://www.scielo.br/pdf/rbfis/v11n1/12.pdf.

Silva, R. S. E. (2016). Uso de atividades gamificadas no ensino técnico profissional: uma proposta pedagógica. Mestrado Profissional em Gestão Educacional. Universidade do Vale dos Sinos- UNISINOS. São Leopoldo,R.G S, Brasil. Recuperado em 15 de novembro 2018, em http://www.repositorio.jesuita.org.br/handle/UNISINOS/5343.

Silva, A. P., Valeska F. M., Dutra, C., Machado, T. L. A., & Araujo, L. F. A. (2015). Gamificação para melhoria do engajamento no ensino médio integrado. Centro de Estudos em Sistemas Avançados do Recife, CESAR, Brasil, Escola Técnica Estadual Cícero Dias, NAVE, Brasil. Recuperado em 18 de novembro, 2018 em: https://www.sbgames.org/sbgames2015/anaispdf/cultura-full/146993.pdf.

Souza, F. M. G. de. (2018). Gamificação na educação: aproximações, estratégias e potencialidades. Mestrado em Educação. Universidade Federal de Ouro Preto. MG. Brasil. Recuperado em 16 de novembro, 2018 em, https://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/11601.

Vianna, M., Vianna, I., Medina, B., & Tanaka, S. (2014). Gamification inc. Como reinventar empresas a partir de jogos. (2a ed.). Rio de Janeiro. MJV PRESS

Whats is a PICOC. Centerfor Evidence Based Manegement. CEBMA- Centro de Gerenciamento baseado em evidências. Recuperado em 12 de novembro de 2018, de https://www.cebma.org/faq/what-is-a-picoc.




DOI: http://dx.doi.org/10.33448/rsd-v9i8.5235

Refbacks

  • There are currently no refbacks.


Base de Dados e Indexadores: Base, Diadorim, Sumarios.org, DOI Crossref, Dialnet, Scholar Google, Redib, Doaj, Latindex, Portal de Periódicos CAPES

Research, Society and Development - ISSN 2525-3409

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional

Rua Irmã Ivone Drumond, 200 - Distrito Industrial II, Itabira - MG, 35903-087 (Brasil) 
E-mail: rsd.articles@gmail.com