Pesticide use by rural workers in the municipality of Paty do Alferes-RJ/Brazil

Gisele Pires Gomes de Souza, Michele Freitas da Costa Souza, Cíntia Valéria Galdino, Carlos Marcelo Balbino, Zenith Rosa Silvino, Fabiana Lopes Joaquim

Abstract


The aim of the study was to understand how rural workers in Paty do Alferes deal with the risks of exposure to pesticides in tomato crops. To achieve this objective, a descriptive exploratory study with a quantitative approach was carried out. For data collection, a form was presented to workers from 02 tomato fields in that municipality, and data analysis was performed by calculating the relative frequency of responses. Fifty rural workers participated in the research, 100% male, 28% aged 36 to 40 years, 66% reported that they did not receive training for the pesticide work process, the rubber boot being the most used PPE reported by 30% of workers. Regarding the disposal of pesticide packaging, 36% of workers reported inadequate disposal, which leads to environmental contamination, bringing risk factors to illness. Regarding the storage of pesticides in the workplace, 40% of workers reported that it is stored in the packaging itself, but in the open. The study concludes that there is a poor understanding of the work process with pesticides in the municipality of Paty do Alferes where, as shown, workers have little understanding of the risks that this product brings to their health and the environment. Dealing precariously with your safety with the use of this product, presenting deficient strategies of attention to your health in face of the risks presented in the use of the pesticide.

Keywords


Agrotoxic; Rural Worker; Occupational Health; Occupational Exposure; Nursing.

References


Balbino, CM, Silvino, ZR, Joaquim, FL, Souza, CJ, Costa, APBF, Moura, LLF. (2020). Gel to decrease adhesion between protective gloves and tape. Research, Society and Development, 9(7): 1-16, e173974042.

Benevenutti, DNC, Benevenutti, V. (2014). O Uso De Equipamentos De Proteção Individual Na Aplicação De Agrotóxicos Na Lavoura De Arroz Irrigado No Município De Garuva-SC. In V Congresso Brasileiro de Gestão Ambiental. Belo Horizonte, Minas Gerais/Brasil: IBEAS– Instituto Brasileiro de Estudos Ambientais .

Bernardi, ACA, Hermes, R & Boff, VA. (2018). Manejo e destino das embalagens de agrotóxicos. PERSPECTIVA, 42(159),15-28.

Beserra, L. (2017). Agrotóxicos, vulnerabilidades socioambientais e saúde: uma avaliação participativa em municípios da bacia do rio Juruena, Mato Grosso [dissertação]. Cuiabá: Universidade Federal de Mato Grosso.

Bohner, TOL, Araújo, LEB & Nishijima, T. (2013). O impacto ambiental do uso de agrotóxicos no meio ambiente e na saúde dos trabalhadores rurais. Revista Eletrônica do Curso de Direito da UFSM, 8, 329-341.

Brasil, (2018). Secretaria de Estado da Saúde do Paraná. Material técnico intoxicações agudas por agrotóxicos atendimento inicial do paciente intoxicado. Curitiba: Secretaria de saúde do Paraná. Recuperado em 25 de maio de 2020, http://www.saude.pr.gov.br/arquivos/File/IntoxicacoesAgudasAgrotoxicos2018.pdf.

Brasil. (2013). Secretaria de Estado da Saúde do Paraná. Superintendência de Vigilância em Saúde. Centro Estadual de Saúde do Trabalhador. Protocolo de Avaliação das Intoxicações Crônicas por Agrotóxicos. Curitiba (PR): Secretaria de Estado da Saúde. Recuperado em 25 de maio de 2020, http://www.saude.pr.gov.br/arquivos/File/CEST/Protocolo_AvaliacaoIntoxicacaoAgrotoxicos.pdf.

Brasil. (2018). Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - EMBRAPA. Orientação Comentada para Instalação de Depósitos de Agrotóxicos em Propriedades Rurais no Rio Grande do Sul segundo a ABNT NBR 9843-3. Material Complementar ao Programa Alimentos Seguros Uva para processamento. Brasília (DF): EMBRAPA. Recuperado em 25 de maio de 2020, https://www.agricultura.rs.gov.br/upload/arquivos/201802/28113603-cartilha-sobre-deposito-de-agrotoxicos-na-propriedade-rural-pas-uva.pdf.

Brasil.(2000) Lei no 9.974, de 6 de junho de 2000. Dispõe sobre a pesquisa, a experimentação, a produção, a embalagem e rotulagem, o transporte, o armazenamento, a comercialização, a propaganda comercial, a utilização, a importação, a exportação, o destino final dos resíduos e embalagens, o registro, a classificação, o controle, a inspeção e a fiscalização de agrotóxicos, seus componentes e afins. Presidência da República.

Brasil.(2012). Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção à Saúde. Departamento de Atenção Básica. Acolhimento à demanda espontânea: queixas mais comuns na Atenção Básica. Brasília (DF): Ministério da Saúde, 2012. Recuperado em 25 de maio de 2020, http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/LEIS/L9974.htm

Brasil.(2019). Ministério da Saúde. Secretaria de Vigilância em Saúde. Departamento de Saúde Ambiental, do Trabalhador e Vigilância das Emergências em Saúde Pública. Experiências Exitosas em Vigilância em Saúde de Populações Expostas a Agrotóxicos no Brasil - Relatório Nacional. Brasília: Ministério da Saúde, 2019. Recuperado em 25 de maio de 2020, http://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/agrotoxicos_otica_sistema_unico_saude_v2.pdf

Corcino, CO, Teles, RBA, Almeida, JRGS, Lirani, LS, Araújo, CRM, Gonsalves, AA & Maia, GLA. (2019). Avaliação do efeito do uso de agrotóxicos sobre a saúde de trabalhadores rurais da fruticultura irrigada. Ciência & Saúde Coletiva, 24(8), 3117-28.

Germano LC. (2019). Ocorrência e assistência das intoxicações atendidas em serviços de urgência do SUS. [tese doutorado]. Campinas: Faculdade de Ciências Médicas - Universidade Estadual de Campinas.

IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) (2010). Censo demográfico 2010. Paty do Alferes. Recuperado em 25 de maio de 2020, http://www.cidades.ibge.gov.br/xtras/perfil.php?lang=&codmun=330385&search=ri o-de-janeiro|paty-do-alferes.

IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) (2016). Histórico de Paty do Alferes, 2016. Recuperado em 25 de maio de 2020, http://cidades.ibge.gov.br/painel/historico. php?codmun=330385. Acesso em: 22 de maio de 2016.

Londres, F. (2011). Agrotóxicos no Brasil: um guia para ação em defesa da vida. Rede Brasileira de Justiça Ambiental (RBJA). Rio de Janeiro: Articulação Nacional de Agroecologia (ANA).

Mascarenhas, TKSF & Pessoa,YSRQ.(2013). Aspectos que potencializam a contaminação do trabalhador rural com agrotóxicos: uma revisão integrativa. Revista Trabalho & Educação,22 (2),87-103

Melo, WF, Melo, CFP, Saldanha, HGAC & Rodrigues, LMS. (2015). Assistência de enfermagem à vítima de intoxicação exógena. REBES - Revista Brasileira de Educação e Saúde, 5 (2),26-31.

Neves, PDM & Mendonça MR.(2018). Distribuição espacial dos casos de intoxicação por agrotóxicos agrícolas em diferentes monocultivos no estado de Goiás (2005-2015). Ateliê Geográfico, 12(2),228-48.

Peres, F, Moreira, JC & Dubois, GS. (2016). É veneno ou é remédio? Agrotóxicos, saúde e ambiente: uma introdução ao tema. Portal Fiocruz. 21-41Recuperado em 25 de maio de 2020, http://portal.fiocruz.br/sites/portal.fiocruz.br/files/documentos/cap_01_veneno_ou_remedio.pdf.

Porto, MF & Soares WL. (2012). Modelo de desenvolvimento- Agrotóxicos e saúde: um panorama da realidade agrícola brasileira. Rev. bras. Saúde ocup., 37 (125): 17-50.

Ribeiro RJ.(2016). Os amargos frutos do trabalho brutal: agrotóxicos e saúde do trabalhador. 1ed. Planeta Azul Editora

Santos, JC. (2013). O uso do agrotóxico: o caso do cultivo de abacaxi no município de Sapé. [conclusão de curso]. João Pessoa: Universidade federal da Paraíba.

Souza, MMT, Vargas, FR, Costa, PS, Tosoli, AMG, Balbino, CM, Passos, JP. (2017). A trabalhadora rural e a exposição ocupacional no cultivo do tomate. Revista Enfermagem Atual In Derme, Ed. Espec.(2).




DOI: http://dx.doi.org/10.33448/rsd-v9i7.4933

Refbacks

  • There are currently no refbacks.


Base de Dados e Indexadores: Base, Diadorim, Sumarios.org, DOI Crossref, Dialnet, Scholar Google, Redib, Doaj, Latindex, Portal de Periódicos CAPES

Research, Society and Development - ISSN 2525-3409

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional

Rua Irmã Ivone Drumond, 200 - Distrito Industrial II, Itabira - MG, 35903-087 (Brasil) 
E-mail: rsd.articles@gmail.com