School education in quilombola communities in the Guaporé River Valley: an analysis from the Curricular Reference of Rondônia, Brazil

Roger dos Santos Lima, Anna Cassia Souza da Silva, Marinez de Paula Vendramel Fernandes, Elisângela da Silva Almeida

Abstract


The researchobjector analyze the main developments undertaken in the referencial curricular of Rondônia, about the remaining communitiess of quilombolas. To reach the goal, a literature review was conducted, directed at authors such as: Acosta-Leyva, Farias Jr, Fotopoulos, Teixeira, among others. After the bibliographic studies, it was inferred -se quethat, school education in quilombola communities, raises differently from formal public education, this due to the question “temporal space”, in which each community has its own education, culminating with cultural aspects, peculiar knowledge, life experiences, traditions, customs, beliefs and, the relationship in which they maintain with nature. Therefore, the cultural diversity of these communities are forms of learning, that is, it qualifies their space (territory and territoriality) as being, an educational environment, in the perspective of strengthening the cultural indenitary memory.


Keywords


Traditional communities; Education in the field; Enslaved peoples; Remnants of quilombos; Teaching.

References


Acosta-Leyva P (2012). Educação nos quilombos amazônicos na perspectiva das fontes originais da educação em América Latina. Protestantismo em Revista, 27, 36-46. Recuperado em 25 maio, 2020 de http://dx.doi.org/10.22351/nepp.v27i0.319.

Brasil (2012). Conselho Nacional de Educação (CNE), Câmara de Educação Básica (CEB). Resolução nº 8, de 20 de Novembro de 2012. Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação Escolar Quilombola. Brasília, DF: MEC/CNE/CEB.

Brasil (2017). Ministério da Educação. Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira. Censo Escolar da Educação Básica de 2016. Brasília: MEC/INEP.

Brasil (2003). Decreto nº 4.887, de 20 de novembro de 2003. Diário Oficial da República Federativa do Brasil, Brasília, Brasília, DF: Presidência da República.

Brasil (2018). Ministério da Cultura. Certidões Expedidas às Comunidades Remanescentes de Quilombos (CRQs) atualizada até a portaria nº 316/2018, publicada no DOU de 23/11/2018. Fundação Cultural Palmares. Recuperado em 25 maio, 2020 de http://www.palmares.gov.br/ wp-content/uploads/2015/07/COMUNIDADES-CERTIFICADAS-04-12-2018.pdf.

Brasil (1988). Constituição. Constituição da República Federativa do Brasil. Brasília, DF: Senado Federal: Centro Gráfico.

Carril LFB (2017). Os desafios da educação quilombola no Brasil: o território como contexto e texto. Revista Brasileira de Educação, 22(69), 539-64. Recuperado em 25 maio, 2020 de https://doi.org/10.1590/s1413-24782017226927.

Cruz TA (2012). Os modos de vida das comunidades quilombolas do vale do Guaporé. In: Nascimento, L., & Lobo, A. M. F. (Orgs.). Mosaico da cultura brasileira. Rio de Janeiro: Letra Capital. 208-33.

Farias Jr EA (2011). Negros do Guaporé: o sistema escravista e as territorialidades específicas. Ruris, 5(2). 85-116. Recuperado em 25 maio, 2020 de https://www.ifch. unicamp.br/ojs/index.php/ruris/article/view/1467.

Fotopoulos HA (2014). As Políticas Públicas de Desenvolvimento e as Populações Tradicionais dos Remanescentes Quilombolas do Guaporé. Africanias.com, 5, 1-12. Recuperado em 25 maio, 2020 de http://www.africaniasc.uneb.br/pdfs/n_5_2014/hugo_a_ fotopoulos.pdf.

Ludke M & André MEDA (2017). Pesquisa em educação: abordagens qualitativas. 2.ed. São Paulo: EPU.

Luna SV. (2011). Planejamento de pesquisa: uma introdução. 2.ed. São Paulo: EDUC.

Rondônia (2012). Referencial Curricular de Rondônia: Ensino Fundamental. Porto Velho: SEDUC.

Rondônia (2014). Plano Estadual de Educação – PEE/RO: 2014 a 2024. Porto Velho: SEDUC.

Teixeira MAD (2004). Campesinato negro de Santo Antônio do Guaporé: identidade e sustentabilidade. 2004. Tese (Doutorado em Desenvolvimento Socioambiental). Núcleo de Altos Estudos Amazônicos, Universidade Federal do Pará, Belém.




DOI: http://dx.doi.org/10.33448/rsd-v9i7.4869

Refbacks

  • There are currently no refbacks.


Base de Dados e Indexadores: Base, Diadorim, Sumarios.org, DOI Crossref, Dialnet, Scholar Google, Redib, Doaj, Latindex, Portal de Periódicos CAPES

Research, Society and Development - ISSN 2525-3409

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional

Rua Irmã Ivone Drumond, 200 - Distrito Industrial II, Itabira - MG, 35903-087 (Brasil) 
E-mail: rsd.articles@gmail.com