Gestão da Qualidade Aplicada a Instituições de Ensino Superior

Vitor Pinheiro Bobbio, Wellington Gonçalves, Thiago Padovani Xavier, Rodrigo Randow de Freitas

Resumo


O Brasil passa por grandes dificuldades econômicas, em um cenário instável e complexo. Percebe-se uma grande transformação do mercado e das organizações a nível mundial, mas muitas vezes, várias empresas ou instituições não acompanham as transformações, e essa adaptabilidade das organizações é um dos maiores fatores de sucesso e perenidade. Estar atento as transformações de mercado não significam apenas acompanhar a tecnologia e os novos produtos desenvolvidos, mas sim estar em contato direto e constante com todos stakeholders da organização, entendendo as mudanças de necessidades, comportamentos, tecnologia e modelos de negócios, buscando paulatinamente, entregar mais valor e uma melhor experiência para seus clientes.  Assim, o presente estudo tem o objetivo principal utilizar os conhecimentos adquiridos em Engenharia da qualidade para aplica-la em Instituições de Ensino Superior, validando a proposta com um estudo de caso na UFES campus São Mateus. Embora complexo, é possível a definição de metodologias e técnicas para constante atualização da organização. Como resultado, identificou-se pontos de melhoria e iniciou-se o processo de validação das propostas. Por fim, espera-se que tal trabalho auxilie na melhoria do ambiente educacional para maior eficiência na formação de profissionais.


Palavras-chave


Universidade Pública; Engenharia de Produção; Melhoria Contínua.

Texto completo:

PDF

Referências


Alves, R. A. R., Fernandes de Oliveira, M. A., & Angnes, D. L. (2016). O planejamento de um sistema de gestão da qualidade para uma instituição pública de ensino técnico. Revista Dos Mestrados Profissionais. 4(2): 274-298.

Arnold, J. R. T. (2006). Administração de Materiais. 1º.ed. São Paulo: Atlas. 528p.

Caburon, J. (2006). Aplicação do controle estatístico de processo em uma indústria do setor metalomecânico: um estudo de caso. Artigo, XIII Simpep - Bauru, SP. Disponível em: . Acesso em: 07 jun. 2018.

Campos, G. S. (2015). Gestão da qualidade total na educação: possibilidades e desafios. Congresso de excelência em gestão. ISSN 1984-9354. XI Congresso Nacional De Excelência Em Gestão. Disponível em: . Acesso em: 07 jun. 2018.

Carpinetti, L. C. R. (2016). Gestão da qualidade: conceitos e técnicas. 3. Ed. São Paulo: Atlas. 258p.

Cavallari, V. C. & Machado, M. C. (2016). Melhoria no serviço prestado por uma organização pública. Exacta - Engenharia de Produção, 14(2): 303-317.

Cordeiro, E. R., Silva, F. M. & Souza, I. M. (2016). ‟Gestão das universidades no Brasil”. XVI Coloquio Internacional De Gestion Universitaria – Cigu. Arequipa, Peru. Disponível em: . Acesso em: 07 jun. 2018.

Dale, B. G. (1999). Managing Quality Oxford, Blackwell Publishers. 471p.

Ferreira, J. D. & Gasparini, V. A. (2016). Análise da gestão de qualidade da produção de macarrão: um estudo de caso na empresa “Beta”. Revista de Ciências Gerenciais, 20(32): 70-76.

Gil, A. C. (2002). Como Elaborar Projetos De Pesquisa. 4. Ed. São Paulo: Atlas. Disponível em: . Acesso em: 07 jun. 2018.

Golder, P. N., Mitra, D. & Moorman, C. (2012). What is quality? An integrative framework of processes and states. Journal Of Marketing, 76(1): 1-23.

Gonçalvez, D. T. & Ferreira, D. (2017). Indicadores de performance: Estudo de caso no controle de perdas de componentes em uma linha de produção. Gestão Empresarial, Revista REFAS, FATEC, Zona Sul, 3(2): 23-40.

Hellstsallen, H. & Klefsjo, B. (2000). TQM as management system consisting of values, techniques, and tools. The TQM Magazine, 12(4): 238-244.

Indezeichak, V. (2006). Análise do controle estatístico da produção para empresa de pequeno porte: um estudo de caso. XIII SIMPEP - Bauru, SP, Brasil, 6 a 8 de Novembro de 2006. Disponível em: . Acesso em: 07 jun. 2018.

Kauark, F. S., Manhães, F. C. & Medeiros, C. H. (2010). Metodologia Da Pesquisa: Um Guia Prático. Via Litterarum. Itabuna. Disponível em: . Acesso em: 07 jun. 2018.

Kume, H. (1993). Métodos Estatísticos Para Melhoria Da Qualidade. 11. Ed. São Paulo: Editora Gente, 245p..

Lindahl, F. W. (1995). Practice What You Teach - TQM in The Classroom. Journal of Accounting Education, 13(3): 379-391.

Marconi, M. A. & Lakatos, E. M. (2003). Fundamentos De Metodologia Científica. 5. Ed. São Paulo: Atlas. Disponível em: . Acesso em: 07 jun. 2018.

Martins, M. E. A. (2007). Aplicação da ferramenta controle estatístico de processo em uma indústria de embalagens. Monografia (Pós-Graduação Em Gestão Industrial) – Gerência De Pesquisa E Pós-Graduação. Ponta Grossa: Universidade Tecnológica Federal Do Paraná.

Mattar, F. N. (1996). Pesquisa De Marketing: Metodologia E Planejamento. São Paulo: Atlas. 350p.

Medeiros, B. C., Neto, M. V. S., Nobre, A. C. S. & Nogueira, G. M. F. N. (2017). Planejando projetos com o Life Cycle Canvas (LCC): um estudo sobre um projeto de infraestrutura pública estadual. Exacta - Engenharia de Produção, 15(1): 155-170.

Melo, C. A. S., Melo, F. J. C., Jeronimo, T. B. & Aquino, J. T. (2016). Uso gerencial das ferramentas da qualidade pelo decisor: um estudo de caso sobre o problema de aquisição de materiais pelas atas de registro de preços em uma empresa pública militar. Exacta - Engenharia de Produção, 14(2): 235-249.

Montgomery, D.C. (2004). Introdução Ao Controle Estatístico De Qualidade. 4. Ed. Rio De Janeiro: LTC, 513p..

Oliveira, L. C. S. & Silva, F. A. (2017). Implementação da metodologia seis sigma para melhoria de processos utilizando o ciclo DMAIC: um estudo de caso em uma indústria automotiva. Exacta - Engenharia de Produção, 15(2): 223-232.

Orofino, A. C. (2009). Processos com Resultados: A Busca Da Melhoria Continuada. Rio De Janeiro: LTC, 148p.

“Qs World University Rankings”. (2018). Disponível em: . Acesso em: 07 jun. 2018.

Paladini, E. P. (2002). Avaliação estratégica da qualidade. São Paulo: Atlas, 246p..

Ramos, A. W. (2000). CEP para processos contínuos e em bateladas. São Paulo: Fundação Vanzolini. 130p.

Rosário, M. B. (2004). Controle estatístico de processo: um estudo de caso em uma empresa da área de eletrodomésticos. Dissertação (Mestrado Em Engenharia De Produção) – Departamento De Pós-Graduação. Porto Alegre: Universidade Federal Do Rio Grande Do Sul. Disponível em: . Acesso em: 07 jun. 2018.

Rusu, C. (2016). From Quality Management to Managing Quality. Procedia - Social and Behavioral Sciences, 221(1): 287-293.

Sallis, E. (2002). Total Quality Management in Education. Kogan Page, 3rd Edition. 180p.

Severino, J. S. (2007). Metodologia Do Trabalho Científico. 23. Ed. Rev. E Atual. São Paulo: Cortez, 304p.

Sousa, D. C. F., Claudino, C. N. Q. & Melo, F. J. C. (2016). Aplicação da gestão da qualidade para melhoria da eficiência produtiva e de longo prazo em uma indústria de reciclagem. Exacta - Engenharia de Produção, 14(4): 661-676.

Sousa, S. R. O., Silva, C. O., Agostino, I. R. S., Frota, P. C. & Oliveira, R. D. (2017). A importância da ferramenta PDCA no processo industrial portuário: estudo de caso em um carregador de navios. Exacta - Engenharia de Produção, 15(1), 111-123.

Stallivieri, L. (2007). O Sistema De Ensino Superior Do Brasil: Características, Tendências E Perspectivas. Universidade De Caxias Do Sul. Disponível em: . Acesso em: 07 jun. 2018.

Todorut, A. M. (2013). The need of total quality management in higher education 2nd world conference on educational technology researches (Wcetr2012), Procedia - Social And Behavioral Sciences. 83(1): 1105-1110.

Vanini, E. (2014). Consultoria Divulga Fórmula De Sucesso' Das Melhores Universidades Do Mundo. O Globo. Disponível em: . Acesso em: 07 jun. 2018.

Vieira, S. (1999). Estatística para a qualidade: como avaliar com precisão a qualidade em produtos e serviços. Rio De Janeiro: Campus. 198p.

Werkema, M. C. C. (1995). As ferramentas da qualidade no gerenciamento de processos. 2. Ed. Belo Horizonte: UFMG; Fundação Christiano Ottoni, 108p.

Xavier, A. C. R. (1991). Gestão da qualidade total nas escolas, um novo modelo gerencial para a educação. Instituto De Pesquisas Econômicas e Aplicadas, Brasília. Disponível em: . Acesso em: 07 jun. 2018.

Yin, R. K. (2001). Estudo De Caso – Planejamento e Método. 2. Ed. São Paulo: Bookman. Disponível em: . Acesso em: 07 jun. 2018.




DOI: http://dx.doi.org/10.17648/rsd-v7i9.435

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Base de Dados e Indexadores: Base, Diadorim, Sumarios.org, DOI Crossref, Dialnet, Scholar Google, Redib, Doaj, Latindex, Portal de Periódicos CAPES

Research, Society and Development - ISSN 2525-3409

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional