Epidemiological profile of tuberculosis cases in Imperatriz, Maranhão, Brazil

Paulo Henrique Silva de Lima, Floriacy Stabnow Santos, Leonardo Hunaldo dos Santos, Sheila Elke Araújo Nunes, Livia Fernanda Siqueira Santos, Livia Maia Pascoal, Giana Gislanne da Silva de Sousa, Wellyson da Cunha Araújo Firmo, Marcelino Santos Neto

Abstract


Objective: Investigate the epidemiological profile of tuberculosis in the city of Imperatriz, Maranhão state between 2014 and 2015. Metodology: This is a descriptive epidemiological study with a quantitative approach. Data from the tuberculosis notification sheets of the municipality of Imperatriz byre SINAN were collected between 2014 and 2015, obtaining absolute and relative values of the variables analyzed. Results: The most affected patients were male, color / brown race, low schooling, with age less than or equal to 40 years, the majority were new cases with pulmonary form, the findings evidenced that sputum smear examination was more accomplished than culture and histopathology in reported cases, and HIV testing was done in most cases. Conclusions: The research revealed a profile of the population affected by the disease, evidencing important epidemiological aspects to be considered in terms of management and organization of health services for equity in access and social development.

Keywords


Tuberculosis; Epidemiology; Notification of Injury Information System.

References


Brasil. Ministério da Saúde. (2018). Secretaria de Vigilância em Saúde. Departamento de Vigilância das Doenças Transmissíveis. Manual de Recomendações para o Controle da tuberculose no Brasil / Ministério da Saúde, Secretaria de Vigilância em Saúde, Departamento de Vigilância das Doenças Transmissíveis. Brasília (DF). Recuperado em 23 de abr, 2020, de http://www.saude.gov.br/tuberculose

Brasil. Ministério da Saúde. (2017). Secretaria de Vigilância em Saúde. Departamento de Vigilância das Doenças Transmissíveis. Brasil Livre da Tuberculose: Plano Nacional pelo Fim da Tuberculose como Problema de Saúde Pública / Ministério da Saúde, Secretaria de Vigilância em Saúde, Departamento de Vigilância das Doenças Transmissíveis. Brasília (DF); Recuperado em 23 de abr, 2020, de http://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/brasil_ livre_tuberculose_plano_nacional.pdf

Brasil. Ministério da Saúde. (2016). Secretaria de Vigilância em Saúde. Programa Nacional de Controle da Tuberculose, Brasília (DF); Recuperado em 23 de abr, 2020, de http://www.saude.gov.br/svs

Brasil. Ministério da Saúde. (2015). Secretaria de Vigilância em Saúde. Boletim Epidemiológico, Brasília (DF); 46(9), 1-19. Recuperado em 23 de abr, 2020, de http://portalarquivos.saude.gov.br/images/pdf/2015/marco/25/Boletim-tuberculose-2015.pdf

Brasil. Ministério da Saúde. (2011). Secretaria de Vigilância em Saúde. Departamento de Vigilância Epidemiológica. Manual de recomendações para o controle da tuberculose no Brasil / Ministério da Saúde, Secretaria de Vigilância em Saúde, Departamento de Vigilância Epidemiológica. – Brasília (DF); Recuperado em 23 de abr, 2020, de http://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/manual_recomendacoes_controle_tuberculose_brasil.pdf.

Braz, R. M. (2016). Avaliação da completude e da oportunidade das notificações de malária na Amazônia Brasileira, 2003-2012. Epidemiol. Serv. Saúde. 25(1), 21-32. Recuperado em 23 de abr, 2020, de doi: 10.5123/S1679-49742016000100003

Brunello, M. E. F., Chiaravalloti, Neto, F., Arcêncio, R. A., Andrade, R. L. P., Magnabosco, G. T., Villa, T. C. S. (2011). Áreas de vulnerabilidade para co-infecção HIV-aids/TB em Ribeirão Preto, SP. Rev Saúde Pública; 45(3), 556-63. Recuperado em 23 de abr, 2020, de doi.org/10.1590/S0034-89102011005000018

Coutinho, L. A. S. A., Oliveira, D. S., Souza, G. F., Fernandes Filho, G. M. C., Saraiva, M. G. (2012). Perfil epidemiológico da tuberculose no município de João Pessoa – PB, entre 2007-2010. R Bras ci Saúde; 16(1), 35-42. Recuperado em 23 de abr, 2020, doi:10.4034/RBCS.2012.16.01.06

Coelho, D. M. M., Viana, R. L., Madeira, C. A., Ferreira, L. O. C., Campelo, V. (2010). Perfil epidemiológico da tuberculose no município de Teresina-PI, no período de 1999 a 2005. Epidemiol. Serv. Saúde; 19(1), 33-42. Recuperado em 23 de abr, 2020, http://scielo.iec.gov.br/pdf/ess/v19n1/v19n1a05.pdf

Fiocruz [homepage na internet]. (2016). OMS lança Relatório Global sobre Tuberculose 2016. Recuperado em 02 fev, 2019, de, https://saudeamanha.fiocruz.br/oms-lanca-relatorio-global-sobre-tuberculose-2016/#.WwB02_kvzIV

Fiocruz [homepage na internet]. (2017). Tuberculose. Recuperado em 30 dez, 2017, de, https://agencia.fiocruz.br/tuberculose

Freitas, W. M. T. M. et al. (2016). Perfil clínico-epidemiológico de pacientes portadores de tuberculose atendidos em uma unidade municipal de saúde de Belém, Estado do Pará, Brasil. Rev Pan-Amaz Saude, 7(2):45-50.

Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística [homepage na internet]. rasil/Maranhão/Imperatriz. Recuperado em 03 fev, 2018, de, https://cidades.ibge.gov.br/brasil/ma/imperatriz/panorama

Larroque, M. M., Pontes, E. R. J. C., Marques, A. P. da C., & Fernandes, S. M. (2013). Mortalidade por tuberculose: municípios prioritários de Mato Grosso do Sul, 1999-2008. Arq. Ciênc. Saúde UNIPAR, Umuarama; 17(3), 163-169. Recuperado em 30 dez, 2017, de, https://revistas.unipar.br/index.php/saude/article/viewFile/5066/2948

Longhi, R. M. P. (2013). Fatores de risco ao desenvolvimento de tuberculose na população urbana do município de Dourados – MS [dissertação Mestrado Modalidade Profissional em Saúde Pública]. Rio de Janeiro: Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz. Recuperado em 30 dez, 2019, de, https://www.arca.fiocruz.br/handle/icict/24544

Maffacciolli, R., Hahn, G. V., Rossetto, M., Almeida, C. P. B., Manica, S. T., Paiva, T. S., et al. (2015). A utilização da noção de vulnerabilidade na produção de conhecimento sobre tuberculose: revisão integrativa. Rev Gaúcha Enferm; 36(esp.), 247-53. Recuperado em 30 dez, 2017, de, dOI: 10.1590/1983-1447.2015.esp.51537

Mascarenhas, M. D. M., Araujo, L. M., Gomes, K. R. O. (2005). Perfil epidemiológico da tuberculose entre casos notificados no Município de Piripiri, Estado do Piauí, Brasil. Epidemiol. Serv. Saúde; 14(1), 7-14. Recuperado em 30 dez, 2019, de, doi.org/10.5123/S1679-49742005000100002

Pereira, A. S., Shitsuka, D. M., Parreira, F. J., Shitsuka, R. [e-book]. Santa Maria. Ed. UAB/NTE/UFSM. Recuperado em 19 abril, 2020 de: https://repositorio.ufsm.br/bitstream/handle/1/15824/Lic_Computacao_Metodologia-Pesquisa-Cientifica.pdf?sequence=1.

Rouquayrol, Maria Zélia; SILVA, Marcelo Gurgel Carlos da (Org) (2018). Epidemiologia & saúde. 8. ed. Rio de Janeiro: Medbook, 709 p.

Selig, L., Kritski, A. L., Cascão, A. M., Braga, J. U., Trajman, A., Carvalho, R. M. G. (2010). Proposta de vigilância de óbitos por tuberculose em sistemas de informação. Rev Saúde Pública; 44(6), 1072-8. Recuperado em 30 dez, 2019, de, doi.org/10.1590/S0034-89102010000600012.

Silva EG et al. (2015). Perfil epidemiológico da tuberculose no estado de Alagoas de 2007 a 2012. Cien Biol Saude, 3(1):31-46.

Sinan [homepage na internet]. O Sinan [acesso em 4 fev. 2018]. Recuperado em 30 dez, 2017, http://portalsinan.saude.gov.br/o-sinan

Soares, M. L. M. et al. (2017) Aspectos sociodemográficos e clínico-epidemiológicos do abandono do tratamento de tuberculose em Pernambuco, Brasil, 2001-2014. Epidemiol. Serv. Saude, Brasília, 26(2):369-378. doi: 10.5123/S1679-49742017000200014

Queiroz, R. & Nogueira, P. A. (2010). Diferenças na adesão ao tratamento da tuberculose em relação ao sexo no distrito de saúde da Freguesia do Ó/Brasilândia - São Paulo. Saúde e Sociedade, 19(3), 627-637. Recuperado em 30 dez, 2019, doi.org/10.1590/S0104-12902010000300014

Viana, P. V. S. (2014). Tuberculose no Brasil: uma análise dos dados de notificação, segundo macro-região e raça/cor, para o período 2008-2011 [dissertação Mestrado em Ciências]. Rio de Janeiro: Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz. Recuperado em 30 dez, 2019, https://www.arca.fiocruz.br/handle/icict/24444.




DOI: http://dx.doi.org/10.33448/rsd-v9i7.3998

Refbacks

  • There are currently no refbacks.


Base de Dados e Indexadores: Base, Diadorim, Sumarios.org, DOI Crossref, Dialnet, Scholar Google, Redib, Doaj, Latindex, Portal de Periódicos CAPES

Research, Society and Development - ISSN 2525-3409

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional

Rua Irmã Ivone Drumond, 200 - Distrito Industrial II, Itabira - MG, 35903-087 (Brasil) 
E-mail: rsd.articles@gmail.com