Scientific Literacy Indications during an Investigative Teaching Sequence in a Science Club

Luciana Evangelista da Silva, Raimunda Ediane da Silva Cabral, João Manoel da Silva Malheiro

Abstract


The Scientific Literacy (SL) must develop the individual's ability to organize a logical thinking, besides helping to build a critical consciousness about the world around them. Thereby, this text has a goal to analyze evidence of Scientific Literacy during an Investigative Teaching Sequence (ITS) held at a Science Club in the Amazon. The methodology has the qualitative approach with participant research characteristic. The results showed that it is possible to perceive signs of SL from an ITS activity in this space, for that, it turned to the theoretical framework to give meaning to the interpretation. Therefore, as a conclusion, it was possible to perceive that SL in many moments it’s close to ITS, since it related the seven stages of the process in a subjective way, inferring that during this process there were elements that allowed to relate to Scientific Literacy, mostly when it’s considered the promotion of argumentation as a determining element of this process.


Keywords


Investigative Teaching Sequence; Science Club; Scientific Literacy.

References


Barbosa, D. F. S., Rocha, C. J. T., & Malheiro (2019). As perguntas do professor monitor na experimentação investigativa em um Clube de Ciências: Classificações e organização. Research, Society and Development, 8(4), 12.

Brandão, C. R. (2006). A pesquisa participante e a participação da pesquisa: um olhar entre tempos e espaços a partir da América Latina. In: Brandão, C. R., & Streck, D.R. (Eds), Pesquisa participante: a partilha do saber. Aparecida: Ideias e Letras.

Carvalho, A. M P. (2013). O ensino de ciências e a proposição de sequências de ensino investigativas. In: Carvalho, A. M. P. (Org.) Ensino de Ciências por Investigação: Condições para implementação em sala de aula – São Paulo: Cengage Learning, p. 1-20.

Carvalho, A. M. P. (2009). AMP et al. Ciências no ensino fundamental: o conhecimento físico. São Paulo: Scipione.

Coelho, A. E. F., Almeida, W. N. C., & Malheiro (2019). Desenvolvimento de habilidades cognitivas e ensino de matemática em um Clube de Ciências da Amazônia. Amazônia: Revista de Educação em Ciências e Matemáticas, 15(33), 37-55.

Flick, W. (2016). Introdução a Pesquisa Qualitativa. Trad. Joice Elias Costa. Terceira Edição. Porto Alegre: Artmed.

Malheiro J.M.S. (2016). Atividades experimentais no ensino de ciências: limites e possibilidades. ACTIO: Docência em Ciências, 1(1), 108-127.

Pereira, A.S. et al. (2018). Metodologia da pesquisa científica. [e-book]. Santa Maria. Ed. UAB/NTE/UFSM. Disponível em: https://repositorio.ufsm.br/bitstream/handle/1/15824/Lic_Computacao_Metodologia-Pesquisa-Cientifica.pdf?sequence=1. Acesso em: 29 Abril 2020.

Rocha, C. J. T., Altarugio, M. H., & Autor 3. (2018). Indicadores de ensino investigativo para a prática de ensino em escolas públicas do Pará. Research, Society and Development, 7(8), 6.

Rocha, C. J. T., & Malheiro (2018). Interações dialógicas na experimentação investigativa em um clube de ciências: proposição de instrumento de análise metacognitivo. Amaz RECM, 14 (29), Especial Metacognição, 14, p. 193-207.

Santos, F. M. (2012). Análise de conteúdo: a visão de Laurence Bardin.

Sasseron, L. H. (2017). Alfabetização científica como objetivo do ensino de ciências. P. 48-57.

Sasseron, L. H. (2015). Alfabetização Científica, Ensino por Investigação e argumentação: Relações entre ciências da natureza e escola. Ensaio Pesquisa em Educação em Ciências, 17(1): 49-67.

Sasseron, L. H. (2013). Interações discursivas e investigação em sala de aula: o papel do professor. In: Carvalho, A. M. P. (org.). Ensino de ciências por investigação: condições para implementação em sala de aula. São Paulo: Cengage Learning, 41-62.

Sasseron, L. H. (2010). Alfabetização científica e documentos oficiais brasileiros: um diálogo na estruturação do ensino de física. Carvalho, A. M. P. et al. Ensino de Física. São Paulo: Cengage Learning, 1-27.

Sasseron, L. H. (2008) Alfabetização científica no ensino fundamental: estrutura e indicadores deste processo em sala de aula. Tese de Doutorado em Educação, Faculdade de Educação, Universidade de São Paulo.

Sasseron, L. H., & de Carvalho, A. M. P. (2016). Almejando a alfabetização científica no ensino fundamental: a proposição e a procura de indicadores do processo.Investigações em ensino de ciências, 13(3), 333-352.




DOI: http://dx.doi.org/10.33448/rsd-v9i7.3910

Refbacks

  • There are currently no refbacks.


Base de Dados e Indexadores: Base, Diadorim, Sumarios.org, DOI Crossref, Dialnet, Scholar Google, Redib, Doaj, Latindex, Portal de Periódicos CAPES

Research, Society and Development - ISSN 2525-3409

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional

Rua Irmã Ivone Drumond, 200 - Distrito Industrial II, Itabira - MG, 35903-087 (Brasil) 
E-mail: rsd.articles@gmail.com