The teaching rose in distance education: new perspectives for pedagogical work

Sandra Regina Costa dos Santos, Andreia Aparecida Guimarães Strohschoen

Abstract


In recent years, there has been a significant growth in the offer of distance learning courses and the need for training teachers who can act and meet this logic and the context mediated by Information and Communication Technologies (TICs). This text intends to discuss the role of teachers and their performance in the Higher Workplace Safety Course in distance learning. It is intended, therefore, to present the theoretical foundation that substantiates the pedagogical action of the teacher in the face of the work carried out in higher education courses, as well as the role performed in relation to the work developed in Higher Education in Distance Education. This qualitative research is characterized as exploratory and descriptive, with approaches to the case study and bibliographic and documentary research. Observations were made during pedagogical workshops with 11 teachers who work in distance education at the State University of Maranhão. The data obtained were analyzed using an approximation with the Bardin Content Analysis technique. It was observed that the teacher assumes, together with the multidisciplinary team, the challenge of producing materials and technological resources that favor learning, enabling the student to be the active subject. The teacher in this scenario aims to be the mediator, developing important skills as a researcher, encourager and creator of a learning situation that enable teaching in distance learning.


Keywords


University education; Pedagogical workshops; EaD.

References


Arnold, S. T. (2003). Planejamento em educação a distância. In: Giusta, A. da S.; Franco, I. M. (org.). Educação a distância: uma articulação entre teoria e prática. Belo Horizonte: PUC Minas virtual.

Bardin, L. (2016). Análise de conteúdo. São Paulo: Edições 70.

Buarque, C. (2012). Formação e invenção do docente no século XXI. p. 145-47. In: Litto, F. M.; Formiga, M. Educação a distância: o estado da arte. 2. ed. – São Paulo: Pearson Education do Brasil.

Castells, M. (2009). A sociedade em rede. 19 ed. São Paulo: Paz e Terra.

Castells, M. (2006). Sociedade em rede: do conhecimento à política. In: Castells, M.; Cardoso, G. (orgs.). Sociedade em rede: do conhecimento à acção política. Imprensa Nacional - Casa da Moeda. Disponível em: . Acesso em 02.01.2017.

Catapan, A. H.; Silva, M. das G. C. N. da; Nolasco, N. R. (orgs). (2015). Gestão e docência em EaD: Projeto Pedagógico de Curso: protocolo de referência na rede e-tec Brasil. Florianópolis: UFSC.

Fernandes, S. M.; Henn, L. G.; Kist, L. B. (2020). O ensino a distância no Brasil: alguns apontamentos. Research, Society and Development, 9 (1), e21911551.

Kenski, V. M. (2008). Novos processos de interação e comunicação no ensino mediado por tecnologias. Cadernos de Pedagogia Universitários - USP. 7ed. São Paulo: Faculdade de Educação - FEUSP.

__________________. (2015). Tecnologias e ensino presencial e a distância. 3. ed. Campinas: Papirus.

Lakatos, E. M.; Marconi, M. de A. (2010). Fundamentos de metodologia científica. São Paulo: Atlas.

Lévy, P. (2010). Cibercultura. 3 ed. São Paulo: Editora, 34.

Libâneo, J. C. (1998). Democratização da escola pública. São Paulo: Loyola.

Masseto, M. T. (2013). Mediação pedagógica e tecnologias de informação e comunicação. In:

Moran, J. M. (org.). Novas tecnologias e mediação pedagógica. Campinas, SP: Papirus.

Mill, D. (2015). Docência virtual: uma visão crítica (livro eletrônico). Campinas, SP: Papirus.

Moran, J. M.; Behrens, M. A.; Masseto, M. T. (2013). Novas tecnologias e mediação pedagógica. [livro eletrônico]. Campinas, SP: Papirus.

Morosov, K. A. (2008) Tecnologias da Informação e Comunicação e formação de docentes: sobre rede e escolas. Educação & sociedade, 29 (104), 747-768.

Pereira, A. G.; Laranjo, J. de C.; Fidalgo, F. S. R. (2012). Formação continuada de docentes e EaD: superação de limites e limites de superação. São Carlos, p. 01-11. Disponível em: . Acesso em: 02 fev. 2018.

Pimenta, S. G. (1996). Formação de docentes: saberes da docência e identidade do docente. Revista Faculdade Educação. São Paulo, 22, 72-89.

Ponte, J. P. da. (2000). Tecnologias de Informação e Comunicação na formação de docentes: que desafios? Revista Iberoamericana de Educación, 24, 63-90.

Prensky, M. (2010). O papel da tecnologia no ensino e na sala de aula. Conjectura. 15 (2), 201-204. Disponível em: . Acesso em 11 nov. 2017.

Pretto, N. de L.; Riccio, N. C. R. A formação continuada de docentes universitários e as tecnologias digitais. Educar em revista, (37), 153-169.

Proposta Pedagógica de Curso (PPC) (2013). Universidade Estadual do Maranhão (UEMA). Projeto Político Pedagógico Curso Superior de Tecnologia em Segurança do Trabalho – PPC. São Luís.

Sancho, J. M.; Hernandez, F. et al. (org). (2006). Tecnologias para transformar a educação. Porto Alegre: Artmed, 200p.

Santiago, A. R. F. (2001). Projeto Político Pedagógico e Organização Curricular: desafios de um paradigma (coleção magistério: formação e trabalho pedagógico). In: Veiga, I.P.A. (org). As dimensões do Projeto Político Pedagógico. 9 ed. Campinas, SP: Papirus, 141-173.

Santos, S. R. C. dos. (2018). Formação continuada de professores no curso superior na modalidade EaD: (re) significação da prática pedagógica. Dissertação de Mestrado em Ensino pela Universidade do Vale do Taquari – Univates. Disponível em: < http://hdl.handle.net/10737/2484>. Acesso em 21.04.2020.

Silva, M. (2011). A docência on line: a pesquisa e a cibercultura como fundamentos para a docência on line. In: Mendonça, R. H. (org.). Cibercultura: o que muda na educação. Salto para o futuro. Abril. Disponível em: < htps:edumidiascomunidadesurda.files.wordpress.com/2016/05/salto-para-o-futuro-cibercultura-o-que-muda-na-educac3a7c3a3o.pdf>. Acesso em 10.fev.2018.

Tarcia, R. M. L.; Cabral, A. L. T. (2012). O novo papel do docente na EaD. In: Litto, F. M.; Formiga, M. Educação a distância: o estado da arte. 2. ed. São Paulo: Pearson Education do Brasil, 148-153.

Tori, R. (2016). Tecnologia e metodologia para uma educação sem distância. EaD em Rede - Revista de Educação a Distância. 2(2), 44-55.

Veiga, I. P. A.; Fonseca, M. (orgs). (2001). As dimensões do projeto político-pedagógico: novos desafios para a escola. In: Veiga, I. P. A. Projeto Político Pedagógico: novas trilhas para a escola. Campinas: SP; Papirus.




DOI: http://dx.doi.org/10.33448/rsd-v9i6.3724

Refbacks

  • There are currently no refbacks.


Base de Dados e Indexadores: Base, Diadorim, Sumarios.org, DOI Crossref, Dialnet, Scholar Google, Redib, Doaj, Latindex, Portal de Periódicos CAPES

Research, Society and Development - ISSN 2525-3409

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional

Rua Irmã Ivone Drumond, 200 - Distrito Industrial II, Itabira - MG, 35903-087 (Brasil) 
E-mail: rsd.articles@gmail.com