Distance Education in the COVID crisis - 19: an experience report

Ana Sara Castaman, Ricardo Antonio Rodrigues

Abstract


This text deals with the subject of Distance Education (DE) in the midst of the COVID-19 crisis. To this end, it aims to understand the concepts and foundations of distance education, in order to analyze the perceptions of students, as to distance education as a strategy to resolve the losses in the teaching and learning process at EPT, due to the Covid Pandemic. It is methodologically guided by the bibliographic technique and the presentation of data that draw the perceptions of students enrolled in face-to-face courses about distance education classes. The data were analyzed and discussed, from categories. Thus, this article is divided into three sections, namely: a) it addresses the concepts and foundations of distance education; b) deals with the challenges and possibilities of distance education in Federal Education Institutes, in the face of the pandemic; c) presents the students' perception of remote activities, especially the Philosophy course. It is concluded that the Covid-19 Pandemic was, in some way, a privileged moment of recognition of the weaknesses and potentialities as an educational community.


Keywords


Distance education; Remote work; COVID-19; Integrated Curriculum.

References


Arendt, H (2005). A condição Humana. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira.

Abed - Associação Brasileira de Educação a Distância (2008). O que é educação a distância? São Paulo: ABED. Recuperado em 02 de abril, 2020, http://www.abed.org.br/site/pt/faq/.

Aristóteles (1984). The Complet Works of Aristotle. The revised Oxford Translation, J. Barnes, ed. Princeton: Princeton University Press.

Bardin, L (1979). Análise de conteúdo. Lisboa: Edições 70.

Brasil (1996). Lei nº 9.394, de 20 de dezembro de 1996. Estabelece as Diretrizes e Bases da Educação Nacional. Recuperado em 02 de abril, 2020, http://www.planalto.gov.br/ ccivil_03/leis/l9394.htm.

Brasil (2004). Portaria nº 4.059, de 10 de dezembro de 2004. Recuperado em 03 de abril, 2020, http://portal.mec.gov.br/sesu/arquivos/pdf/nova/acs_portaria4059.pdf.

Brasil (2005). Decreto Nº 5.622, de 19 de dezembro de 2005. Regulamento o art. 80 da lei nº 9.394, de 20 de dezembro de 1996, que estabelece as diretrizes e bases da educação nacional. Recuperado em 02 de abril, 2020, http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato2004-2006/2005/Decreto/D5622.htm.

Brasil (2008). Lei nº 11.788, de 25 de setembro de 2008. Dispõe sobre o estágio de estudantes; altera a redação do art. 428 da Consolidação das Leis do Trabalho – CLT, aprovada pelo Decreto-Lei no 5.452, de 1o de maio de 1943, e a Lei no 9.394, de 20 de dezembro de 1996; revoga as Leis nos 6.494, de 7 de dezembro de 1977, e 8.859, de 23 de março de 1994, o parágrafo único do art. 82 da Lei no 9.394, de 20 de dezembro de 1996, e o art. 6o da Medida Provisória no 2.164-41, de 24 de agosto de 2001; e dá outras providências. Recuperado em 03 de abril, 2020, http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2007-2010/2008/lei/l11788.htm.

Brasil (2012). Resolução nº 6, de 20 de setembro de 2012. Define Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação Profissional Técnica de Nível Médio. Recuperado em 03 de abril, 2020, http://portal.mec.gov.br/index.php?option=com_docman&view=download&alias=11663-rceb006-12-pdf&category_slug=setembro-2012-pdf&Itemid=30192.

Brasil (2015). Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira. Plano Nacional de Educação PNE 2014-2024: Linha de Base. Brasília, DF: Inep.

Brasil (2016). Catálogo Nacional de Cursos Técnicos. Recuperado em 03 de abril, 2020, http://portal.mec.gov.br/publicacoes-para-professores/30000-uncategorised/52031-catalogo-nacional-de-cursos-tecnicos.

Brasil (2017). Decreto Nº 9.057, de 25 de maio de 2017. Regulamento o art. 80 da Lei nº 9.394, de 20 de dezembro de 1996, que estabelece as diretrizes e bases da educação nacional. Recuperado em 02 de abril, 2020, http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato2015-2018/2017/Decreto/D9057.htm#art24.

Brasil (2018). Portaria nº 1.428, de 28 de dezembro de 2018. Dispõe sobre a oferta, por Instituições de Educação Superior - IES, de disciplinas na modalidade a distância em cursos de graduação presencial. Recuperado em 14 de abril, 2020, http://www.in.gov.br/materia/-/asset_publisher/Kujrw0TZC2Mb/content/id/57496468/do1-2018-12-31-portaria-n-1-428-de-28-de-dezembro-de-2018-57496251.

Brasil (2019). Portaria Nº 2.117, de 6 de dezembro de 2019. Dispõe sobre a oferta de carga horária na modalidade de Ensino a Distância - EaD em cursos de graduação presenciais ofertados por Instituições de Educação Superior - IES pertencentes ao Sistema Federal de Ensino. Recuperado em 14 de abril, 2020, http://www.in.gov.br/en/web/dou/-/portaria-n-2.117-de-6-de-dezembro-de-2019-232670913.

Brasil (2020a). Portaria Nº 343, de 17 de março de 2020. Dispõe sobre a substituição das aulas presenciais por aulas em meios digitais enquanto durar a situação de pandemia do Novo Coronavírus - COVID-19. Recuperado em 02 de abril, 2020, http://www.in.gov.br/en/web/ dou/- /portaria-n-343-de-17-de-marco-de-2020-248564376.

Brasil (2020b). Medida Provisória Nº 934, de 1º de abril de 2020. Estabelece normas excepcionais sobre o ano letivo da educação básica e do ensino superior decorrentes das medidas para enfrentamento da situação de emergência de saúde pública de que trata a Lei nº 13.979, de 6 de fevereiro de 2020. Recuperado em 02 de abril, 2020, http://www.in. gov.br/ en/web/dou/-/medida-provisoria-n-934-de-1-de-abril-de-2020-250710591.

Brasil (2020c). Coronavírus: monitoramento nas instituições de ensino. Recuperado em 14 de abril, 2020, http://portal.mec.gov.br/coronavirus/.

Camacho, A. C. L. F. et. al (2020). A tutoria na educação à distância em tempos de COVID-19: orientações relevantes. Research, Society and Development, v. 9, n. 5.

Castaman, A. S. & Hannecker, L (2017). Currículo Integrado: pensando o ensino integrado nos Institutos Federais de Educação, Ciência e Tecnologia no Brasil. Manaus, Revista de estudos e pesquisas sobre ensino tecnológico - EDUCITEC, n.5.

Castilho, R (2011). Ensino a distância – EAD: interatividade e método. São Paulo: Atlas.

Costa, R (2020). Lições do coronavírus: ensino remoto emergencial não é EAD. Recuperado em 14 de abril, 2020, https://desafiosdaeducacao.grupoa.com.br/coronavirus-ensino-remoto/.

Fonseca, J. J. S (2002). Metodologia da pesquisa científica. Fortaleza: UEC.

Formiga, M (2009). A terminologia da EaD. In: LITTO, F. M.; FORMIGA, M. Educação a distância: o estado da arte. 1 ed. São Paulo: Pearson.

Gil, A. C (2002). Como elaborar projetos de pesquisa. 4 ed. São Paulo: Atlas.

Gil, A. C (2008). Métodos e técnicas de pesquisa social. 6 ed. São Paulo: Atlas.

Husserl, E (1989). A ideia da fenomenologia. Lisboa: Edições 70.

Husserl, E (1996). A crise da humanidade europeia e a filosofia. Porto Alegre: EDIPUCRS.

Iffar - Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Farroupilha (2010). Resolução Consup nº 04/2010 - Regulamento de Avaliação do Rendimento Escolar. Recuperado em 15 de abril, 2020, https://www.iffarroupilha.edu.br/regulamentos-e-legisla%C3%A7%C3% B5es/resolu%C3%A7%C3%B5es/item/1326-resolu%C3%A7%C3%A3o-consup-n%C2% BA- 04- 2010-regulamento-de-avalia%C3%A7%C3%A3o-do-rendimento-escolar.

Iffar - Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Farroupilha (2020a). Portaria Nº 0313, de 16 de março de 2020. Recuperado em 14 de abril, 2020, https://www.iffarroupilha. edu.br/noticias-alegrete/item/16865-nota-oficial-suspens%C3%A3o-de-atividades-no-campus -alegrete.

Iffar - Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Farroupilha (2020b). Portaria nº 0314, de 16 de março de 2020. Recuperado em 14 de abril, 2020, https://www.iffarroupilha .edu.br/component/k2/item/16915-Coronav%C3%ADrus:%20medidas%20de%20conting% C3%AAncia,%20rotinas%20de%20trabalho%20e%20forma%C3%A7%C3%A3o%20de%20comit%C3%AA%20no%20IFFar.

Iffar - Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Farroupilha (2020c). Pesquisa revela principais dificuldades dos alunos do IFFar nas atividades remotas. Recuperado em 15 de abril, 2020, https://iffarroupilha.edu.br/component/k2/item/17139-Pesquisa%20revela %20principais%20dificuldades%20dos%20alunos%20do%20IFFar%20nas%20atividades%20remotas.

Maia, C. & Mattar, J. (2007). ABC da EaD: a Educação a Distância hoje. 1. ed. São Paulo: Pearson.

Mesquita, D., Piva Jr., D. & Gara, E. B. M (2014). Ambiente virtual de aprendizagem: conceitos, normas, procedimentos e práticas pedagógicas no ensino a distância. 1 ed. São Paulo: Érica.

Moore, M. & Kearsley, G (2007). Educação a distância: uma visão integrada. São Paulo: Thomson Learning.

Morin, E (2014). Ciência Com Consciência. São Paulo: Bertrand Brasil.

Morin, E (2007). Introdução ao pensamento complexo. 3. ed. Porto Alegre: Sulina.

Moura, D. H (2014). Trabalho e Formação Docente na Educação Profissional. 1Ed. Coleção Formação Pedagógica, V. III. Curitiba: IFPR/EAD.

Nanni, A (2000). Una Nuova Paideia: Prospettive educative per il XXI Secolo. Bologna: EMI.

Nóvoa, A (1992a). Os professores e a sua formação. Lisboa: Instituto de Inovação Educacional.

Nóvoa, A (1992b). Vidas de professores. Lisboa: Porto Editora.

Nóvoa, A (2011). Profissão professor: Existe futuro para essa profissão? Congresso Internacional de Educação. Universidade do Vale do Rio dos Sinos. Salão de Atos. São Leopoldo, RS.

Nunes, L. B (1994). Noções de Educação a Distância. Revista de educação a distância. Brasília, n.4/5, p. 7-25.

Nussbaum, M. C (2015). Sem fins lucrativos: por que a democracia precisa das humanidades. São Paulo: WMF Martins Fontes.

Pacheco, E. M (2010). Os institutos federais: uma revolução na educação profissional e tecnológica. Natal: IFRN.

Perry, W. & Rumble, G (1987). A short guide to distance education. Cambridge: Internacional Extension College.

Peters, O (2003). A educação à distância em transição: tendências e desafios. São Leopoldo: UNISINOS.

Platão (1992). Le lois. Oeuvres complètes. Paris: Gallimard.

Platão (2002). La République. Paris: Flammarion.

Rumi, J (1996). Retorna a raiz de ti mesmo. Poemas Místicos. São Paulo: Attar.

Unesco - Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (2020). Suspensão das aulas e resposta à COVID-19. Recuperado em 07 de abril, 2020, https://pt.unesco.org/covid19/educationresponse.




DOI: http://dx.doi.org/10.33448/rsd-v9i6.3699

Refbacks

  • There are currently no refbacks.


Base de Dados e Indexadores: Base, Diadorim, Sumarios.org, DOI Crossref, Dialnet, Scholar Google, Redib, Doaj, Latindex, Portal de Periódicos CAPES

Research, Society and Development - ISSN 2525-3409

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional

Rua Irmã Ivone Drumond, 200 - Distrito Industrial II, Itabira - MG, 35903-087 (Brasil) 
E-mail: rsd.articles@gmail.com