Risk factors and complications of tuberculosis due to treatment abandonment

Lorena Farias da Silva, Nayara Silva de Carvalho, Bárbara Willyane Lopes de Souza, Raniely da Costa Castro, Ana Paula Andrade Ramos Feitosa, Victor Hugo da Silva Martins

Abstract


This work aims to identify and analyze risk factors, complications and profile of individuals in the event of abandonment of tuberculosis treatment. This is an integrative review of the literature of studies between 2015 and 2020. To survey the studies, a source made available by consulting the database of the Virtual Health Library with the descriptors “Tuberculosis”, “Risk Factor” and “ Treatment Adherence ”. Authors corroborate that risk factors such as consumption of licit and illicit drugs, clinical improvement during treatment, adverse effects of medications and discontinuity of care influence the lack of adherence to treatment, as well as the profile of men, young adults and low education levels. the most cited in studies. There was a need for health services to seek new strategies for their developed practices, humanizing their assistance and strengthening the bond with the user.


Keywords


Tuberculosis; Risk factor; Adherence to treatment; Public Health.

References


Araújo, A. S., Vieira, S. S., & Junior, B. L. (2017). Fatores condicionantes ao abandono do tratamento da tuberculose relacionados ao usuário e à equipe de saúde. Saúde e Desenvolvimento, 10(6).

Brasil. (2017a). Ministério da Saúde. Secretaria de Vigilância em Saúde. Coordenação-Geral de Desenvolvimento da Epidemiologia em Serviços. Guia de Vigilância em Saúde: volume único. 2. ed. Brasília-DF.

Brasil. (2019). Ministério da Saúde. Secretaria de Vigilância em Saúde. Departamento de Vigilância das Doenças Transmissíveis. Manual de Recomendações para o Controle da Tuberculose no Brasil, Brasília-DF.

Brasil. (2017b). Ministério da Saúde. Secretaria de Vigilância em Saúde. Departamento de Vigilância das Doenças Transmissíveis. Brasil Livre da Tuberculose: Plano Nacional pelo Fim da Tuberculose como Problema de Saúde Pública. Brasília-DF, 2017b.

Chirinos, E. C., Meirelles, B. H. S., & Barbará, A. S. B. (2015). Representações sociais das pessoas com tuberculose sobre o abandono do tratamento. Revista Gaúcha de Enfermagem, 36, 207-214.

Ferreira, V. H. S. et al. (2018). A Efetividade do Tratamento Diretamente Observado na Adesão ao Tratamento da Tuberculose. Revista Portal: Saúde e Sociedade, 3(1), 666-679.

Monteiro, N. L. S. et al. (2015). Abandono do tratamento da tuberculose: uma análise epidemiológica dos seus fatores de risco. Cadernos de Cultura e Ciência, 13(2), 90-99.

Oliveira, A. V. S., Alfonso, A. D., & Miranda, R. S. (2020). Epidemiological profile of tuberculosis in the northeast of Brazil: temporary series from 2008 to 2018. Research, Society and Development, 9(2), 108922129.

Portela, N. L. C. (2016). Fatores associados ao abandono do tratamento da tuberculose: uma revisão integrativa da literatura. Revista Univap, 21(38), 15-25.

Rabahi, M. F., Silva Júnior, J. L. R. D., Ferreira, A. C. G., Tannus-Silva, D. G. S., & Conde, M. B. (2017). Tratamento da tuberculose. Jornal Brasileiro de Pneumologia, 43(6), 472-486.

Sá, A. M. M. et al. (2017). Causas de abandono do tratamento entre portadores de tuberculose. Rev. Soc. Bras. Clín. Méd, 15(3), 155-160.

Silva, D. R. et al. (2015). O abandono do tratamento da tuberculose e a atuação do profissional enfermeiro: um olhar sobre as referências. JMPHC| Journal of Management & Primary Health Care| ISSN 2179-6750, 6(2), 235-245.

Silva, D. R., Mello, F. C. D. Q., & Migliori, G. B. (2020). Esquemas mais curtos de tratamento da tuberculose: o que há de novo?. Jornal Brasileiro de Pneumologia, 46(2).

Silva, É. A. et al. (2018). Perfil dos casos de abandono do tratamento da tuberculose em um município prioritário mineiro. HU Revista, 44(3), 351-360.

Soares, M. L. M., Amaral, N. A. C. D., Zacarias, A. C. P., & Ribeiro, L. K. D. N. P. (2017). Aspectos sociodemográficos e clínico-epidemiológicos do abandono do tratamento de tuberculose em Pernambuco, Brasil, 2001-2014. Epidemiologia e Serviços de Saúde, 26, 369-378.




DOI: http://dx.doi.org/10.33448/rsd-v9i6.3501

Refbacks

  • There are currently no refbacks.


Base de Dados e Indexadores: Base, Diadorim, Sumarios.org, DOI Crossref, Dialnet, Scholar Google, Redib, Doaj, Latindex, Portal de Periódicos CAPES

Research, Society and Development - ISSN 2525-3409

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional

Rua Irmã Ivone Drumond, 200 - Distrito Industrial II, Itabira - MG, 35903-087 (Brasil) 
E-mail: rsd.articles@gmail.com