Effect of sanitization on minimally processed cabbage (Brassica oleracea L.)

Stéfane do Prado Vilarin, Taynara Martins Rocha Teixeira, Clara Mariana Gonçalves Lima, Jorge Pamplona Pagnossa, Roseane Mendonça de Figueiredo, Ueslei Bruno Cardoso Medeiros, Renata Ferreira Santana

Abstract


The aim of this study was to evaluate the effect of sanitization on minimally processed cabbage (Brassica oleracea L.). This is a quantitative, descriptive and laboratorial study where the samples were submitted to three different processes: washing only in running water; washing in running water followed by the use of sodium hypochlorite-based sanitizer and, finally, washing in running water followed by sanitization using chlorinated compounds based on sodium dichloroisocyanurate. Subsequently, microbiological analyses of total coliforms Escherichia coli and Salmonella ssp. were performed. The results showed that the sodium hypochlorite-based solution did not present a reduction in microbial population, while those based on sodium dichloroisocyanurate allowed the reduction to safe levels for human consumption. A greater control in sodium hypochlorite-based products is suggested, since possibly this result was due to the low concentration of free active chlorine.


Keywords


Vegetables; Microbiological quality; Chlorinated compounds.

Full Text:

PDF

References


American Public Health Association (APHA). 2001. Compendium of methods for the microbiological examination of foods. 4th ed. Washington: APHA.

Brasil. (2001). Resolução - RDC Nº 12, de 2 de Janeiro de 2001. Aprova o “Regulamento técnico sobre padroes microbiologicos para alimentos”. Órgão Emissor: ANVISA- Agência Nacional de Virgilância Sanitária.

Brasil. (2016). Resolução RDC N° 110, de 6 de setembro de 2016. Aprova o “Regulamento técnico para produtos saneantes categorizados como água sanitária e dá outras providências”. Órgão Emissor: ANVISA – Agência Nacional de Vigilância Sanitária.

Brasil. (2019). Instrução Normativa de 23 de Dezembro de 2019. Estabelece as listas de padrões microbiológicos para alimentos. Orgão Emissor: ANVISA- Agência Nacional de Virgilância Sanitária.

Souza, I. P., Baptista, N. F., de Assis, R. M., Miyahira, R. F., & Guimarães, R. R. (2019). Estudo da eficácia de saneantes comerciais de uso doméstico na redução da carga microbiana em alface (Lactuca sativa) crespa in natura. Vigilância Sanitária em Debate: Sociedade, Ciência & Tecnologia, 7(2), 82-86.

Santos, R. B., da Silva, J. M., dos Santos Silva, C., da Silva Nascimento, M., dos Santos, T. M. C., & de Queiroz Costa, J. H. (2019). Qualidade microbiológica de alimentos in natura minimamente processados. Global Science and Technology, 12(1).

Ferreira, J. A., Nenê, A. R. M., Massulo, A. D. O., Salamoni, R. M., & Cardoso Filho, N. (2011). Estudo preliminar da eficácia de sanitização de amostras de alface comercializadas em Campo Grande-MS.

Germano PML, Germano MIS (2015). Higiene e vigilância sanitária de alimentos. Ed. Manole.

Nunes, E. E., Boas, V., de Barros, E. V., Xisto, A. L. R. P., Leme, S. C., & Botelho, M. C. (2010). Avaliação de diferentes sanificantes na qualidade microbiológica de mandioquinha-salsa minimamente processada. Ciência e agrotecnologia, 34(4), 990-994.

Santos, L. A. B., Gomes, M. A., Pinto, U. M., Pereira, P. A. P., & Cunha, L. R. D. (2017). Avaliação da qualidade microbiológica da água utilizada por uma indústria de minimamente processados na região de Ouro Preto.

Saraiva, B. M., Fernandez, E. D. C. A. M., & Fernandez, A. T. (2019). Avaliação da eficiência antibacteriana de fermentados acéticos comerciais em saladas de alface (Lactuca sativa) comercializadas na cidade de Duque de Caxias, Rio de Janeiro. Vigilância Sanitária em Debate: Sociedade, Ciência & Tecnologia, 7(3), 53-59.

Silva, A. P. G. D. (2018). Eficácia da água sanitária e do vinagre como sanitizantes de couve (Brassica oleracea L.) (Bachelor's thesis).




DOI: http://dx.doi.org/10.33448/rsd-v9i6.3467

Refbacks

  • There are currently no refbacks.


Base de Dados e Indexadores: Base, Diadorim, Sumarios.org, DOI Crossref, Dialnet, Scholar Google, Redib, Doaj, Latindex, Portal de Periódicos CAPES

Research, Society and Development - ISSN 2525-3409

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional

Rua Irmã Ivone Drumond, 200 - Distrito Industrial II, Itabira - MG, 35903-087 (Brasil) 
E-mail: rsd.articles@gmail.com