The importance of Pap smear during pregnancy: an integrative review

Vanessa da Silva Tarouco, Diéssica Roggia Piexak, Larissa Merino de Mattos, Karoline do Pinho Martins, Vinícius Pereira Hasan

Abstract


The objectives of this study were: to identify the importance of having a Papanicolaou test during pregnancy; to verify the factors that lead women to not want to have Papanicolaou test during pregnancy; and identify the role of nurses regarding Papanicolaou test during prenatal care. It is an integrative literature review, searching for articles in the databases: Medical Literature Analysis and Retrieval System Online (MEDLINE), Latin American and Caribbean Literature in Health Sciences (LILACS) and Database Nursing data (BDENF). A time frame of the last 10 years was used in all searches. The search terms were "Papanicolau", "Gestação" and "Pré-natal". After applying the inclusion and exclusion criteria, five articles were selected that comprised the sample and two themes were obtained: Knowledge of pregnant women about the importance of Papanicolaou test for the prevention of cervical cancer during prenatal care and Proper preparation and the approach of nurses about the Papanicolaou test in pregnant women. It was possible to identify that pregnancy is an excellent opportunity for Papanicolaou test, because it is part of the prenatal routine and the nurse must be prepared and qualified to provide educational and preventive orientations and information about the exam to these women.


Keywords


Papanicolaou test; Pregnancy; Prenatal care; Nursing; Nursing consultation.

References


Brasil (2016). Ministério da Saúde. Instituto Nacional do Câncer. Diretrizes Brasileiras para o Rastreamento do Câncer do Colo de Útero. Rio de Janeiro: INCA. Acesso em 26 março, em

https://www.inca.gov.br/sites/ufu.sti.inca.local/files//media/document//diretrizesparaorastreamentodocancerdocolodoutero_2016_corrigido.pdf

Brasil (2013). Ministério da Saúde. Departamento de Atenção Básica. Atenção ao pré-natal de baixo risco. Brasília. Acesso em 26 março, em http://189.28.128.100/dab/docs/portaldab/publicacoes/caderno_32.pdf

Casarin, M.R. & Piccoli, J.C.E. (2011). Educação em saúde para prevenção do câncer de colo do útero em mulheres do município de Santo Ângelo/RS. Ciênc saúde coletiva, 16(9), 3925-3932. Doi: https://doi.org/10.1590/S1413-81232011001000029.

Costa, A.E.L. & Souza, J.R. (2018). Implicações psicossociais relacionadas a assistência a gestante com câncer: percepções da equipe de saúde. Rev SBPH, 21(3), 100-122. Disponível em: http://pepsic.bvsalud.org/scielo.php?script=sci_abstract&pid=S1516-08582018000200007&lng=pt&nrm=iso

Conde, C.R. (2017). A percepção da vulnerabilidade e representação do câncer de colo do útero. (Tese de doutorado). Universidade Estadual Paulista, São Paulo.

Cunha, M.A., Mamede, M.V., Dotto, L.M.G. & Araruna, R.C. (2012). Assistência pré-natal por profissionais de enfermagem no município de Rio Branco, Acre, Amazônia. Revista Baiana de Saúde Pública, 36(1), 174-190. Disponível em: http://bases.bireme.br/cgi-bin/wxislind.exe/iah/online/?IsisScript=iah/iah.xis&src=google&base=LILACS〈=p&nextAction=lnk&exprSearch=644778&indexSearch=ID

Fernandes, J.V., Rodrigues, S.H.L., Costa, Y.G.A.S., Silva, L.C.M., Brito, A.M.L., Azevedo, J.W.V., et al. (2009). Conhecimentos, atitudes e prática do exame de Papanicolau por mulheres, Nordeste do Brasil. Rev Saúde Pública, 43(5), 851-8. Doi: https://doi.org/10.1590/S0034-89102009005000055.

Gil, A.C. (2002). Como elaborar projetos de pesquisa. 4 ed. São Paulo: atlas.

Gonçalves, C.V., Duarte, G., Costa, J.S.D., Quintana, S.M. & Marcolin, A.C. (2011). Perdas de oportunidades na prevenção do câncer de colo uterino durante o pré-natal. Ciên & Saúde Coletiva, 16(5), 2501-2510. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/csc/v16n5/a20v16n5.pdf

Jalil, E.M., Duarte G., Melli, P.P.S. & Quintana, S.M. (2009). Infecção pelo papiloma vírus humano durante a gravidez: o que há de novo?. Femina, 37(3), 131-135.

Lessa, R. & Rosa, A.H.V. (2010). Nursing and receptiveness: the importance of dialogical interaction in prenatal. Rev de pesq: cuid fundam online, 2(3), 1105-1110. Doi: https://dx.doi.org/10.9789/2175-5361.rpcfo.v2.631

Manfredi, R.L.S., Sabino, L.M.M., Silva, D.M.A., Oliveira E.K.F. & Martins, M.C. (2016). Exame Papanicolau em gestantes: conhecimento dos enfermeiros atuantes em unidades de atenção primária à saúde. Rev Fund Care Online, 8(3), 4668-4673. Doi: https://dx.doi.org/10.9789/2175-5361.rpcfo.v8.4517.

Mendes, K.D.S., Silveira, R.C.C.P. & Galvão, C.M. (2008). Revisão integrativa: método de pesquisa para a incorporação de evidências na saúde e na enfermagem. Texto contexto Enferm, 17(4), 758-764. Doi: https://doi.org/10.1590/S0104-07072008000400018

Nascimento, R.G. & Araujo, A. (2014). Falta de periocidade na realização do exame citopatologico do colo uterino: motivações das mulheres. Rev Min Enferm, 8(3), 557-564. Doi: http://www.dx.doi.org/10.5935/1415-2762.20140041

Nóbrega, A.R.O., Nóbrega, M.M., Caldas, M.L.L.S. & Nobre, J.O.C. (2016). Conhecimento das gestantes sobre o exame Citopatológico. Arq Ciênc. Saúde, 23(3), 62-66. Doi: http://orcid.org/0000-0002-2038-828X

Oliveira, A.C., Pessoa, R.S., Carvalho, A.M.C. & Magalhães, R.L.B. (2014). Fatores de risco e proteção à saúde de mulheres para prevenção do câncer uterino. Rev Rene, 15(2), 240-248. Doi: 10.15253/2175-6783.2014000200008.

Paz, A.P.B. & Salvaro, G.I.J. (2011). Política nacional de atenção integral à saúde da mulher: propostas educativas em foco. Rev Electrónica de Investigación y Docencia, Monográfico, 121-133. Acesso em 26 março, em https://revistaselectronicas.ujaen.es/index.php/reid/article/view/1143/965

Santana, J.E., Santos, M. & Machado, I.L.D. (2013). A importância da realização do Papanicolau em gestantes: uma revisão de literatura. Caderno de Graduação-Ciências Biológicas e da Saúde-UNIT, 1(3), 39-48. Disponível em: https://periodicos.set.edu.br/index.php/cadernobiologicas/article/view/581

Sena, A.S., Costa, J.R.G., Oliveira, L.L. & Lima, L.R. (2016). Educação em saúde sobre a importância do exame Papanicolau: relato de experiência com gestante. Anais do Encontro de Extensão, Docência e iniciação cientifica da EEDIC. Quixadá, CE, Brasil, 12.

Shimizu, H.E. & Lima, M.G. (2009). As dimensões do cuidado pré-natal na consulta de enfermagem. Rev Bras de Enferm, 62(3), 387-392. Doi: https://doi.org/10.1590/S0034-71672009000300009

Silva, A.P., Venancio, T.T. & Alves, R.R.F. (2015). Câncer ginecológico e gravidez: uma revisão sistematizada direcionada para obstetras. Rev. Femina, 43(3), 111-118. Disponível em: http://files.bvs.br/upload/S/0100-7254/2015/v43n3/a5119.pdf

Silva, S.E.D., Vasconcelos, E.V., Santana, M.E., Lima, V.L.A., Carvalho, F.L. & Mar, D.F. (2008). Representações sociais de mulheres amazônidas sobre o exame papanicolau: implicações para a saúde da mulher. Esc. Anna Nery, 12(4), 685-692. Doi: https://doi.org/10.1590/S1414-81452008000400012.

Viana, M.R.P., Moura, M.E.B., Nunes, B.M.V.T., Monteiro, C.F.S. & Lago, E.C. (2013). Formação do enfermeiro para a prevenção do câncer de colo uterino. Rev enferm UERJ, 21(1), 624-30. Disponível em: https://pdfs.semanticscholar.org/c884/a0ac14c9cefa35bf0e54d85e3287cac83c3e.pdf

Whittemore, R. & Knafl, K. (2005). The Integrative review: updated methodology. Journal of Advanced Nursing, 52(5), 546-553. Doi: 10.1111/j.1365-2648.2005.03621.x




DOI: http://dx.doi.org/10.33448/rsd-v9i6.3263

Refbacks

  • There are currently no refbacks.


Base de Dados e Indexadores: Base, Diadorim, Sumarios.org, DOI Crossref, Dialnet, Scholar Google, Redib, Doaj, Latindex, Portal de Periódicos CAPES

Research, Society and Development - ISSN 2525-3409

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional

Rua Irmã Ivone Drumond, 200 - Distrito Industrial II, Itabira - MG, 35903-087 (Brasil) 
E-mail: rsd.articles@gmail.com