Eating habits of elementary school children - A field survey

Aliciane de Almeida Roque, Emellyn Gabriela Ioris, Adrieli Signorati, Fernanda Lucia Moreira, Dinéia Tessaro, Mara Luciane Kovalski

Abstract


The study aimed to address the importance of healthy eating with children in the early grades of a public school in the city of Dois Vizinhos-PR. The activity was initially carried out with the application of a questionnaire seeking to analyze the students' prior knowledge and, afterwards, a lecture on food, exposing with the aid of the food pyramid the variety and quantity that should be ingested for each type of food. Soon after, educational videos were shown, and recreational activities were applied in order to promote the perception of the importance of consuming nutritious foods for a good quality of life. Through the results it was found that in general students understand the concept of healthy eating satisfactorily, however a portion of students does not reflect this perception in practice, with low fruit intake and high consumption of sweets. It is important to guide children to the practice of healthy eating, and playful activities can be a good instrument for addressing the topic with elementary school students.


Keywords


Eating habits; Child education; School Nutrition.

References


Albuquerque, A. G., & Quirino, M. J, S. O. (2019). Descascar mais e desembrulhar menos: uma abordagem contextualizada e interdisciplinar do ensino de Ciências. Research, Society and Development, 8(10), 1-13.

Bellinaso, J. S., Moraes, C. M. B., Santos, B. Z., Backes, D. S. & Saccol, A. L. F. (2012). Educação alimentar com pré-escolares na promoção de hábitos saudáveis. Disciplinarum Scientia, 13(2), 201-215.

BRASIL. Ministério da Saúde. Secretária de Atenção à Saúde. Departamento de Atenção Básica. Política Nacional de Alimentação e Nutrição. 1 ed. Brasília. Ministério da Saúde, 2013.

Carmo, M. B., Toral, N., Silva, M. V., & Slater, B. (2006). Consumo de doces, refrigerantes e bebidas com adição de açúcar entre adolescentes da rede pública de ensino de Piracicaba. Revista Brasileira de Epidemiologia, 9(1), 121-30.

Carvalho, C. A., Fonsêca, P. C. A., Priore, S. E., Franceschini, S. C. C., & Novaes, J. F. (2015). Consumo alimentar e adequação nutricional em crianças brasileiras: revisão sistemática. Revista Paulista de Pediatria, 33(2), 211-221.

Conceição, A. C., Costa, E. C., Silva, L. O. S., Cardoso, E. D. A., Santos, B. V. S., Duarte, E. S. B., Mendonça, X. M. F. D., & Gomes, R. S. L. C. S. (2019). Ludicidade e método ativo na educação alimentar e nutricional do escolar. Interdisciplinary Journal of Health Education, 4(1-2), 34-41.

Costa, L. C. F., Vasconcelos, F. A. G., & Corso, A. C. T. (2012). Fatores associados ao consumo adequado de frutas e hortaliças em escolares de Santa Catarina, Brasil. Cadernos de Saúde Pública, 28(6), 1133-1142.

EDUCOLORIR.COM. Disponível em: . Acesso em: 30 nov. 2015.

Eleutério, R. V., Sebold, L. F., Silveira, B. M., Justino, J. S., & Oliveira, P. C. G. (2018). Abordando hábitos saudáveis com escolares: relato de experiência. Revista Eletrônica de Extensão, 15(31), 15-30.

Fidelis, C. M., & Osório, M. M. (2007). Dietary intake of macro and micro-nutrients by children under five years of age in the State of Pernambuco, Brazil. Revista Brasileira de Saúde Materno Infantil, 7(63), 63-74.

Filha, E. O. S., Araújo, J. S., Barbosa, J. S., Gaujac, D. P., Santos, C. F, S., & Silva, D. G. (2012). Consumo dos grupos alimentares em crianças usuárias da rede pública de saúde do município de Aracaju, Sergipe. Revista Paulista de Pediatria, 30(4), 529-536.

Fonseca, S. C. F., Mourão-Carvalhal, M. I. M., Coelho, E. M. R. T. C. (2017). Alteração de hábitos alimentares em crianças e adolescentes em idade escolar. EDUSER: Revista de Educação, 9(1), 42 -52.

Grillo, L. P., Klitzke, A. C., Campos, I. C., & Mezadri, T. (2005). Riscos nutricionais de escolares pertencentes a famílias de baixa renda do litoral catarinense. Texto & Contexto Enfermagem, 14, p.17-23.

Gomes, H. M. S., & Teixeira, E. M. B. (2016). Pirâmide alimentar: guia para alimentação saudável. Boletim Técnico IFTM, 2(3), 10-15.

Jaime, P. C., Figueiredo, I. C. R., Moura, E. C., & Malta, D. C. (2009). Fatores associados ao consumo de frutas e hortaliças no Brasil, 2006. Revista de Saúde Pública, 43(Supl 2), 57-64.

Klouck, F., Farias, J. M., Pereira, E. V., & Viero, V. S. F. (2018). Identificação de comportamentos alimentares, tempo em frente à televisão e atividades físicas de adolescentes. Revista Brasileira em Promoção da Saúde, 31(4), 1-9.

Lira, R. C. M., Antunes, L. R., & Mesquita, K. O. (2016). Experiência de abordagem sobre alimentação entre crianças. Sanare, 15(01), 69-73.

Maciel, M. F. (2015). A pesquisa em educação. [e-book]. Ed. UNICENTRO. Disponível em: . Acesso em 30 março 2020.

Martins, R. C. B., Medeiros, M. A. T., Ragonha, G. M., Olbi, J. H., Segatti, M. E. P., & Osele, M. R. (2004). Aceitabilidade da alimentação escolar no ensino público fundamental. Saúde em Revista, 6(13), 71-78.

Minayo, M. C. S. (2001). Pesquisa social: teoria, método e criatividade. Petrópolis, Vozes.

Niles, R. P., & Socha, K. (2014). A importância das atividades lúdicas na Educação Infantil. Ágora: Revista de Divulgação Científica, 19(1). 80-94.

Nogueira, F. A., & Sichieri, R. (2009). Associação entre consumo de refrigerantes, sucos e leite, com o índice de massa corporal em escolares da rede pública de Niterói, Rio de Janeiro, Brasil. Cadernos de Saúde Pública, 25(12), 2715-2724.

Pacheco, S. S. M. (2008). O hábito alimentar enquanto um comportamento culturalmente produzido. In: M. C. S. Freitas., G. A. V. Fontes., & N. Oliveira. (org.). Escritas e narrativas sobre alimentação e cultura (217-38). Salvador, Edufba.

Penn, H. (2002). Primeira infância: a visão do banco mundial. Cadernos de Pesquisa, 115, 7-24.

Pérez-Rodrigo, C., & Aranceta, J. (2001). School-based nutrition education: lessons learned and new perspectives. Public Health Nutrition, 4(1), 131-139.

Philippi, S. T., Cruz, A. T. R., & Colucci, A. C. A. (2003). Pirâmide alimentar para crianças de 2 a 3 anos. Revista de Nutrição, 16(1) 5-19.

Raphaelli, C. O., Passos, L. D. F., Couto, S. F., Helbig, E., & Madruga, S. W. (2017). Adesão e aceitabilidade de cardápios da alimentação escolar do ensino fundamental de escolas de zona rural. Brazilian Journal of Food Technology, 20, 1-9.

Ramos, F. P., Santos, L. A. S., & Reis, A. B. C. (2013). Educação alimentar e nutricional em escolares: uma revisão de literatura. Cadernos de Saúde Pública, 29(11), 2147-2161.

Rodrigues, L., Camargo, I., Barim, E. M., Dias, L. C. G. D. (2011). Construindo conceitos sobre alimentação saudável com Escolares da rede municipal de ensino. Revista Simbio-Logias, 4(6), 144-154.

Santos, J. C. S., Moraes, D. M. A., & Oliveira, T. R. S. Análise do estado nutricional, consumo alimentar e fatores socioeconômicos em pré-escolares de uma creche. Research, Society and Development, 9(2), 1-19.

Silva, D. C. A., Frazão, I. S., Osório, M. M., & Vasconcelos, M. G. L. (2015). Percepção de adolescentes sobre a prática de alimentação saudável. Ciência & Saúde Coletiva, 20(11), 3299-3308.

Silva, A. M., Santos, M. J. N., Faria, Z. V. S., & Pedó, J. C. J. Obesidade infantil: um estudo de caso na Escola Gênios Educação e Arte do município de Barra dos Coqueiros/SE. Cadernos de Graduação – Ciências Humanas e Sociais, 1(14), 201-2010.

Sousa, K. L., & Guimarães, L. C. (2015). Percepção de alimentação saudável por adolescentes de uma escola pública do Distrito Federal. Revista de Divulgação Científica Sena Aires, 4(1), 17-24.

Teixeira, L. O., Reis, I. H. K., Pires, C. R. F., Santos, V. F., Sousa, D. N., & Kato, H. C. A. (2020). Relato de experiência de oficinas em educação alimentar e nutricional: Capacitação de merendeiras para a promoção da alimentação saudável em escolas. Revista Conexão UEPG, 16, 1-12.

Vale, L. R., & Oliveira, M. F. (2016). Atividades lúdicas sobre educação nutricional como incentivo à alimentação saudável. Revista Práxis, 8(1). 108-115.

Vaz, E. G. V., Ribeiro, S. R. P., & Rufino, M. S. M. (2020). Os reflexos profilático e pedagógico da educação alimentar nas escolas do Maciço de Baturité, Ceará. Revista Brasileira de extensão Universitária, 11(1), 01-11.

World Health Organization. Diet, nutrition and the prevention of chronic disease. Geneva, 2003. 160p

Yokota, R. T. C., Vasconcelos, T. F., Pinheiro, A. R. O., Schmitz, B. A. S., Coitinho, D. C. Rodrigues, M. L. C. F. (2010). Projeto “A escola promovendo hábitos alimentares saudáveis”: Comparação de duas estratégias de educação nutricional no Distrito Federal, Brasil. Revista de Nutrição, 23(1), 37-47.

YouTube. (2015, novembro 30). João Pedro e o médico: almoço colorido. [vídeo file]. Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=AxoQGKxSwUs.

YouTube. (2015, novembro 30). Importância da alimentação saudável. [vídeo file]. Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=lbdnd0En-aA.




DOI: http://dx.doi.org/10.33448/rsd-v9i5.3240

Refbacks

  • There are currently no refbacks.


Base de Dados e Indexadores: Base, Diadorim, Sumarios.org, DOI Crossref, Dialnet, Scholar Google, Redib, Doaj, Latindex, Portal de Periódicos CAPES

Research, Society and Development - ISSN 2525-3409

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional

Rua Irmã Ivone Drumond, 200 - Distrito Industrial II, Itabira - MG, 35903-087 (Brasil) 
E-mail: rsd.articles@gmail.com