Bourdieu's perspective on Science Education and the concept of participation in Science, Technology and Society (STS) Education

João Paulo Ganhor, Fernanda Aparecida Meglhioratti

Abstract


The present work intends to reflect on the potentiality of Bourdieu's theoretical-methodological framework for the context of Research in Science Education (RSE) and specifically STS Education, seeking to answer: how the author's theoretical perspectives have been mobilized/appropriated in the context of RSE? How can this theoretical-methodological framework contribute to the understanding of the emergence of demands/discourses for social participation in ST themes specifically in the context of STS Education? At first, a mapping will be produced, locating the main appropriations in the PEC and highlighting concepts and possibly relevant theoretical investments. To briefly deepen the context of STS Education we conducted a literature review on the CAPES Portal and Google Scholar to advance and update the sources used. The growing presence of the author in this line of research is indicative, although the studies consulted reveal the prevalence of incidental mentions, and the diversity of objects addressed. In the second moment of the research, we will present the theoretical reflection conducted by pointing possibilities of approaches to the concept of social participation and its correlates from the perspectives of the referred author. We support its relevance for understanding the way in which participatory discourses were structured as capitals in this scientific field, as well as for approaches to the current processes of participation themselves, commonly restricted to political-economic-bureaucratic fields, providing the basis for bolder and referenced interpretations in the fields. objective relationships of these processes. For this, it is necessary to establish and/or intensify dialogues with other fields of knowledge, enriching our comprehension capacity and the impact of our practices and proposals.


Keywords


Bourdieu. Research in Science Education. STS Education. Social participation.

References


Aguiar, A. (2017). Illusio. In Vocabulário Bourdieu (pp. 231-233). Belo Horizonte: Autêntica.

Arnstein, S. R. (2002). Uma escada da participação cidadã. Revista PARTICIPE. 2(2), 4-13.

Avellaneda, M. F. & von Linsingen, I. (2011). Una mirada a la Educación Científica desde los Estudios Sociales de la Ciencia y la Tecnología Latinoamericanos: abriendo nuevas ventanas para la educación. ALEXANDRIA, 4(2), 225-246.

Borba, J. (2012). Participação Política: uma revisão dos modelos de classificação. Revista Sociedade e Estado, 27(2).

Bourdieu, P. (2004). Os usos sociais da ciência. Por uma sociologia clínica do campo científico. São Paulo: Editora UNESP.

Bourdieu, P. (1983). Esboço de uma teoria da prática. In Pierre Bourdieu: Sociologia. São Paulo: Ática.

Brandão, Z. (1996). A identidade do campo educacional. Educ-Ação, 26.

Buttarello, A. J. (2016). A ciência psiquiátrica pela perspectiva CTS: os conflitos pela legitimação dos cuidados aos infantojuvenis. Dissertação de mestrado, UFSCar, São Carlos, SP, Brasil.

Catani, A. M., Catani, D. B. & Pereira, G. R. M. (2001). As apropriações da obra de Pierre Bourdieu no campo educacional brasileiro, através de periódicos da área. Revista Brasileira de Educação, (17), 63-154.

Catani, A. M., Nogueira, M. A., Hey, A. P. & De Medeiros, C. C. C. (2017). Vocabulário Bourdieu. Belo Horizonte: Autêntica.

Chrispino, A., De Lima, L. S., Albuquerque, M. B., Freitas, A. C. C. & Da Silva, M. A. F. B. (2013). A área CTS no Brasil vista como rede social: onde aprendemos? Ciência e Educação, 19(2), 455-479.

Da Silva, F. R. & Neves, M. C. D. (2016). Uma investigação sobre o ensino técnico e o ensino de física na perspectiva do ensino CTS e no contexto do ensino médio integrado. Anais das Jornadas Latino-americanas de Estudos Sociais da Ciência e da Tecnologia, Curitiba, PR, Brasil, 11.

Da Silva, M. C., Ogata, M. N. & Pedro, W. J. A. (2014). A Política de Saúde do Idoso sob o espectro CTS: considerações preliminares. Rev. Tec. e Soc., 10(19), 77-143.

Dorvillé, L. F. M., Henriques, A. E. L., Pinhão, F. L. & Galieta, T. (2016). A “sociedade” no enfoque CTS: ressignificações sobre as atividades científicas e tecnológicas. Anais das Jornadas Latino-americanas de Estudos Sociais da Ciência e da Tecnologia, Curitiba, PR, Brasil, 11.

Dos Santos, R. R. & Rigolin, C. D. (2011). Diálogos entre Ciência e Arte sob o enfoque CTS: proposta de uma agenda de pesquisa. Anais do Simpósio Nacional de Tecnologia e Sociedade – TECSOC, Curitiba, PR, Brasil, 4.

Franco, C. & Sztajn, P. (1999). Educação em ciências e matemática: identidade e implicações para políticas de formação continuada de professores. In Currículo: políticas e práticas. Campinas, SP: Papirus.

Guimarães, R. G. (2007). A participação da sociedade na construção das políticas públicas culturais no Brasil: um recurso gerencial ou de poder? Cadernos Gestão Social, 1(Especial), 1-17.

Lahire, B. (2017). Campo. In Vocabulário Bourdieu. Belo Horizonte: Autêntica, 64-66.

Krasilchik, M. & Marandino, M. (2007). Ensino de Ciências e Cidadania (2. ed.). São Paulo: Editora Moderna.

Martins, R. B. (2010). Professores formadores e as relações entre ciência, tecnologia e sociedade na licenciatura em física. Dissertação de mestrado, Universidade Federal do Paraná, Curitiba, PR, Brasil.

Massi, L. (2017). Contribuições da sociologia de Bourdieu para repensar a educação e o ensino de ciências. Química nova na escola, 39(4), 321-328.

Ribeiro, T. V. (2015). O subcampo brasileiro de pesquisa em ensino de ciências CTS (ciência-tecnologia-sociedade): um espaço em construção. Dissertação de mestrado, Universidade Federal de Goiás, Goiânia, GO, Brasil.

Ribeiro, T. V., Santos, A. T. & Genovese, L. G. R. (2017a). O Subcampo Brasileiro de Pesquisa em Ensino de Ciências CTS: gêneses históricas. Anais do Encontro Nacional de Pesquisa em Educação em Ciências – ENPEC, Florianópolis, SC, Brasil, 11.

Ribeiro, T. V., Santos, A. T. & Genovese, L. G. R. (2017b). A história dominante do movimento CTS e o seu papel no Subcampo Brasileiro de Pesquisa em Ensino de Ciências CTS. Revista Brasileira de Pesquisa em Educação em Ciências – RBPEC, 17(1), 13-43.

Santos, W. L. P. dos. (2007). Educação científica na perspectiva de letramento como prática social: funções, princípios e desafios. Revista Brasileira de Educação, 12(36).

Soligo, M. G. (2011). As atitudes de um professor e de seus alunos frente ao ensino de ciências e à cultura CTS. Tese de doutorado, Universidade Cruzeiro do Sul, São Paulo, SP, Brasil.

Strieder, R. B. & Kawamura, M. R. D. (2011). Discussões sobre CTS no âmbito da Educação em Ciências: parâmetros e enfoques. Anais do Encontro Nacional de Pesquisa em Educação em Ciências – ENPEC, Campinas, SP, Brasil, 8.

Surmani, J. de S. & Tortato, C. de S. B. (2018). A construção do campo científico e o feminismo. Revista Mundi, 3(1), 56.1-56.15.

Sutil, N., Bortoletto, A., Carvalho, W. & De Carvalho, L. M. O. (2008). CTS e CTSA em periódicos nacionais em ensino de ciências/física (2000-2007): considerações sobre a prática educacional em física. Anais do Encontro de Pesquisa em Ensino de Física, Curitiba, PR, Brasil, 11.

Thiry-Cherques, H. R. (2006). Pierre Bourdieu: a teoria na prática. RAP, 40(1), 27-55.

Toti, F. A., Pierson, A. H. C. & Silva, L. F. (2009). Diferentes perspectivas de cidadania presentes nas discussões atuais em defesa da abordagem CTS na educação científica. Anais do Encontro Nacional de Pesquisa em Educação em Ciências – ENPEC, Florianópolis, SC, Brasil, 7.

Thomson, P. (2018). Campo. In Pierre Bourdieu: conceitos fundamentais (pp. 95-114). Petrópolis: Vozes.

Valadão, D. L. (2016). Apropriação da perspectiva teórica de Bourdieu na pesquisa em educação em ciências: uma revisão bibliográfica. Dissertação de mestrado, Universidade Federal de Juiz de Fora, Juiz de Fora, MG, Brasil.




DOI: http://dx.doi.org/10.33448/rsd-v9i5.3234

Refbacks

  • There are currently no refbacks.


Base de Dados e Indexadores: Base, Diadorim, Sumarios.org, DOI Crossref, Dialnet, Scholar Google, Redib, Doaj, Latindex, Portal de Periódicos CAPES

Research, Society and Development - ISSN 2525-3409

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional

Rua Irmã Ivone Drumond, 200 - Distrito Industrial II, Itabira - MG, 35903-087 (Brasil) 
E-mail: rsd.articles@gmail.com