Democratic school management: directive dimension to significant educational processes

Sandra Maria Campos Alves, Mara Renata Barros Barbosa

Abstract


This article discusses the importance of meaningful and collaborative actions for the advancement of educational processes in the school environment, in the context of democratic school management. The aim of this study is to reflect on the importance of democratic school management as a starting point for the ideas of planning, organization and involvement of social actors to strengthen the search for positive and positive transformations in the quality of teaching-learning. As a methodology, bibliographic research was used to analyze this theme, taking as a reference the qualitative approach that promotes brief considerations about the relevance of school management in the educational field, as well as about the importance of the collective democratic construction of school organization decisions. Thus, the instruments were books, periodical articles and laws for this qualitative research. The results show that rethinking educational practices, planning, organization and the involvement of social actors in joint development, fosters mechanisms that favor improvements in quality educational training and gives them meaning. It is concluded that the research allowed the perception that democratic school management in schools is a central point in the formation of education for democracy, under a solidary and integrating aspect.


Keywords


Democratic school management; Educational processes; Collective construction.

References


Boschetti, Vania Regina; Mota, Assislene Barros da; Abreu, Dayse Lúcide de Freitas. (2016). Gestão escolar democrática: desafios e perspectivas. Revista de gestão e avaliação educacional, 5(10), jul./dez. 103-111. Disponível em http://dx.doi.org/10.5902/2318133822257. Acesso em: 22 abr.2019.

Brasil. Constituição (1998). Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional, n. 9.394, de 20 de dezembro de 1996. Disponível em< http://www.mec.gov.br>. Acesso em: 25 mai.2019.

Cortella, Mario Sergio. (2014a). Educação, escola e docência: novos tempos, novas atitudes. São Paulo: Cortez.

Cortella, Mario Sergio. (2014b). Pensatas pedagógicas: nós e a escola: agonias e alegrias. Petrópolis: Vozes.

Dourado, Luiz Fernandes. (2007). Políticas e gestão da educação básica no Brasil: limites e perspectivas. Revista Educação & Sociedade, 28(100), 921-946.Disponível em http://dx.doi.org/10.1590/S0101-73302007000300014. Acesso em: 22 abr.2019.

Escott, Clarice Monteiro. (2015). A participação como indicador de inclusão social na educação superior. Revista de Educação do COGEIME, 24(46), 15-27.

Flick, Uwe. (2013). Introdução à metodologia de pesquisa: um guia para iniciantes. Tradução de Magda Lopes. Porto Alegre: Penso.

Freire, Paulo. (2015). Extensão ou comunicação? Tradução de Rosiska Darcy de Oliveira.17. ed. São Paulo: Paz e Terra.

Kimura, Shoko. (2008). Geografia no Ensino Básico: questões e propostas. São Paulo: Contexto.

Libâneo, José Carlos. (2007). Concepções e práticas de organização e gestão da escola: considerações introdutórias para um exame crítico da discussão atual no Brasil. Revista Española de Educación Comparada, 13,155-191.

Libâneo, José Carlos. (2008). Organização e gestão da escola: teoria e prática. Goiânia: MF Livros.

Libâneo, José Carlos. (2013). Didática. São Paulo: Cortez.

Linhares, Célia (Org.). (2001). Os professores e a reinvenção da escola: Brasil e Espanha. São Paulo: Cortez.

Lück, Heloísa. (2009). Dimensões de gestão escolar e suas competências. Curitiba: Editora Positivo.

Mantoan, Maria Teresa Eglér. (2003). Inclusão escolar: O que é? Por quê? Como fazer? São Paulo: Moderna.

Marques, Luciana Rosa. (2006). Caminhos da democracia nas políticas de descentralização da gestão escolar. Ensaio: avaliação em políticas públicas em educação,14(53), 507-526.

Salvador, César Cool. Psicologia do ensino. (2000). Tradução de Cristina Maria de Oliveira. Porto Alegre: Artes Médicas Sul.

Santomé, Jurjo Torres. O professorado em época de neoliberalismo: dimensões sociopolíticas de seu trabalho.In: Linhares, Célia (Org.).(2001).Os professores e a reinvenção da escola: Brasil e Espanha. São Paulo: Cortez.

Stainback, S.; Stainback, W. (1999). Inclusão: um guia para educadores. Porto Alegre: Artmed.




DOI: http://dx.doi.org/10.33448/rsd-v9i4.2985

Refbacks

  • There are currently no refbacks.


Base de Dados e Indexadores: Base, Diadorim, Sumarios.org, DOI Crossref, Dialnet, Scholar Google, Redib, Doaj, Latindex, Redalyc, Portal de Periódicos CAPES

Research, Society and Development - ISSN 2525-3409

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional

Rua Irmã Ivone Drumond, 200 - Distrito Industrial II, Itabira - MG, 35903-087 (Brasil) 
E-mail: rsd.articles@gmail.com
Facebook: https://www.facebook.com/Research-Society-and-Development-563420457493356