The nurse's respective in trans-person care

Douglas Dias Duarte, Gisella de Carvalho Queluci, Helen Campos Ferreira, Mirian Marinho Chiszostimo

Abstract


Introduction: The training of nurses in care for the individual Trans, shows us the need for some changes in professional practice since it is notable the little intimacy about the demands of this population. Objective: To survey what scientific production reveals about nursing care for the Trans public. Method: Integrative review of a qualitative approach. Results: After searching the database, As researched in the virtual health library - VHL and Public Medline (PubMed) in the LILACS (Latin American and Caribbean Literature in Health Sciences) databases, BDENF (Nursing database) ) and MEDLINE (Medical Literature Analysis and Retrieval System Online) The result is that there is no preparation to better assist the Trans population in the training of nurses, there is also little scientific production about this care, in addition to little promotion of the National Policy LGBT Integral Health Program in the training of this professional. Final considerations: The construction of a dialogue about the health needs of the trans individual needs to exist within the training of the nurses professional to prepare him/her to meet the care demands concerning nursing care, so programmatic contents are suggested to be applied in the training of nurses.


Keywords


Professional Training; Reception; Transsexualism; Minority Health; Health services for transgender people.

References


Boivin, R.R.. (2017) “Se Podrían Evitar Muchas Muertas” Discriminación, Estigma Y Violencia Contra Minorías Sexuales En México. Sexualidad, Salud Y Sociedad. Revista Latinoamericana, N.16, Abr., 2014, Pp.86-120. Issn 1984.6487. Disponível Em: Http://Www.Scielo.Br/Pdf/Sess/N16/N16a06.Pdf Acesso Em: 17 De Dezembro De 2017.

Brasil. (2013) Política Nacional De Saúde Integral De Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis E Transexuais. Ministério Da Saúde, Secretaria De Gestão Estratégica E Participativa, Departamento De Apoio À Gestão Participativa. Brasília: 1 Ed., 1. Reimp., Ministério Da Saúde, 2013.

Brasil.(2015) Transexualidade E Travestilidade Na Saúde. Ministério Da Saúde, Secretaria De Gestão Estratégica E Participativa, Departamento De Apoio À Gestão Participativa. Brasília: Ministério Da Saúde, 2015.

Rocon, P.C & Rodrigues, A Et Al.(2016) Dificuldades Vividas Por Pessoas Trans No Acesso Ao Sistema Único De Saúde. Doi: 10.1590/1413-81232015218.14362015. Ciência & Saúde Coletiva, 21(8):2517-2525, 2016

Brasil. (2007) Carta Dos Direitos Dos Usuários Da Saúde. Ministério Da Saúde. 3. Ed., Brasília: Ministério Da Saúde, 2011. 28 P.: Il. (Série E. Legislação De Saúde, 2007).

Caravaca-Morera, J.A.; Padilha, M.I. (2015) [The Transexual Reality From The Historical And Cisheteronormative Perspective]. Hist Enferm Rev Eletronica [Internet]. 2015;6(2):310-318. Portuguese. Disponível Em:

Http://Here.Abennacional.Org.Br/Here/Realidade_Transexual_Here_2015.Pdf. Acesso Em: 17 De Dezembro De 2017.

Santos Ab; Shimizu, Heh, Et Al. (2014) Processo De Formação Das Representações Sociais Sobre Transexualidade Dos Profissionais De Saúde: Possíveis Caminhos Para Superação Do Preconceito. Ciência & Saúde Coletiva, 19(11):4545-4554, 2014. Disponível Em: Http://Www.Scielo.Br/Pdf/Csc/V19n11/1413-8123-Csc-19-11-4545.Pdf.

Acesso Em: 3 De Janeiro De 2018.

Silva, G.W.S & Sena Rcf Et Al.. (2016) Diversidade Sexual E Homofobia: O Conhecimento De Enfermeiros Da Estratégia Saúde Da Família. Revista De Pesquisa: Cuidado É Fundamental Online. Universidade Federal Do Rio De Janeiro. J. Res.: Fundam. Care. Online, 2016. Jan./Mar. 8(1):3725-3739. Issn 2175-5361. Disponível Em:

Http://Www.Seer.Unirio.Br/Index.Php/Cuidadofundamental/Article/View/3942/Pdf_1782. Acesso Em: 2 De Março De 2018.

Silva, J.W.S.B & Filho Cns Et Al. (2017) Políticas Públicas De Saúde Voltadas À População Lgbt E À Atuação Do Controle Social. Espaço Para A Saúde. Revista De Saúde Pública Do Paraná, Londrina, V. 18, N. 1, P. 140-149, Julho, 2017. Disponível Em: Http://Www.Uel.Br/Revistas/Uel/Index.Php/Espacoparasaude/Article/View/28743.

Acesso Em: 20 De Dezembro De 2017.

Serrano, L.J & Caminha Io. (2017) Transexualidade E Educação Física: Uma Revisão Sistemática Em Periódicos Das Ciências Da Saúde. Movimento, Porto Alegre, V. 23, N. 3., P. 1119-1132, Jul./Set. De 2017.

Silva, B.B.; Cerqueira-Santos, E.( 2014) Apoio E Suporte Social Na Identidade Social De Travestis, Transexuais E Transgêneros. Spagesp - Sociedade De Psicoterapias Analíticas Grupais Do Estado De São Paulo, Revista Da Spagesp, Ribeirão Preto, 15(2), 27-44, Dez., 2014. Disponível Em: Http://Pepsic.Bvsalud.Org/Scielo.Php?Script=Sci_Arttext&Pid=S1677-29702014000200004.

Acesso Em: 6 De Janeiro De 2018.

Santos, A.R. Et Al.. (2015) Implicações Bioéticas No Atendimento De Saúde Ao Público Lgbtt. Rev. Bioét. (Impr.), 23 (2): 400-8, 2015. Disponível Em: Http://Www.Scielo.Br/Pdf/Bioet/V23n2/1983-8034-Bioet-23-2-0400.Pdf

Acesso Em: 20 De Dezembro De 2017.

Santos, Jhg ; Silva K. Et Al . (2017) Gttrans: Estratégia De Aproximação Dos Múltiplos Saberes Sobre A Saúde Integral Das Pessoas Trans Em Uma Universidade Pública; Doi: Http://Dx.Doi.Org/10.18569/Tempus.V11i1.1922 Issn 1982-8829 Tempus, Actas De Saúde Colet, Brasília, 11(1), 97-103, Mar, 2017.

Silva, J.B.F & Silva Pe Et Al (2017). Evolução Histórica Das Políticas Públicas Para Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis E Transexuais No Estado Da Paraíba. Rev Enferm Ufpe On Line., Recife, 11(Supl. 2):1096-102, Fev., 2017. Issn: 1981-8963. Disponível Em:

Https://Periodicos.Ufpe.Br/Revistas/Revistaenfermagem/Article/Download/13481/16192. Acesso Em: 6 De Janeiro De 2018.

Pereira Lbc, Chazan Acs.(2019) O Acesso Das Pessoas Transexuais E Travestis À Atenção Primária À Saúde: Uma Revisão Integrativa. Rev Bras Med Fam Comunidade. 2019;14(41):1795. Https://Doi.Org/10.5712/Rbmfc14(41)1795

Popadiuk Gs, Oliveira Dc Et Al. (2017) A Política Nacional De Saúde Integral De Lésbicas, Gays, Bissexuais E Transgêneros (Lgbt) E O Acesso Ao Processo Transexualizador No Sistema Único De Saúde (Sus): Avanços E Desafios. Ciência & Saúde Coletiva, 22(5):1509-1520, 2017 Doi: 10.1590/1413-81232017225.32782016




DOI: http://dx.doi.org/10.33448/rsd-v9i4.2845

Refbacks

  • There are currently no refbacks.


Base de Dados e Indexadores: Base, Diadorim, Sumarios.org, DOI Crossref, Dialnet, Scholar Google, Redib, Doaj, Latindex, Redalyc, Portal de Periódicos CAPES

Research, Society and Development - ISSN 2525-3409

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional

Rua Irmã Ivone Drumond, 200 - Distrito Industrial II, Itabira - MG, 35903-087 (Brasil) 
E-mail: rsd.articles@gmail.com
Facebook: https://www.facebook.com/Research-Society-and-Development-563420457493356