The impacts of social and family prejudice on the mental health of lesbians, gays, bisexuals and transsexuals

Alini Basso de Souza, Giovana Durigon Alves, Luciana de Andrade Silveira, Luiza Constante Oliveira, Luiza Nicole Lazzaretti, Suélen Cossettin Battisti, Janaína Pereira Pretto Carlesso

Abstract


The present study aimed to investigate the impacts of social and family prejudice on the mental health of LGBT individuals in the context of contemporary times. Specifically the objectives were: to understand the aspects that are linked to the prejudice experienced daily by LGBTs, which in most cases also suffer from lack of family support. Moreover, they often live with various issues related to discrimination and non-acceptance of oneself, as in some cases the sexual orientation of the individual can generate many frustrations and embarrassments. Thus, the lack of understanding and affection ends up generating very strong negative consequences, which can be both psychic and physical. A bibliographic search was conducted from September to November 2019 in the electronic databases: PePsic, Scielo, thesis and dissertation repositories of Brazilian universities, event annals, booklets and books. It was found that much of contemporary society still has a great intolerance to LGBTs, which generates prejudice and consequently violence. LGBTs are gaining more respect towards society, but still face many conflicts over their rights and freedom of expression. They also always seek a space in the collectivity, that is, they are in a constant struggle for egalitarianization and less pre-judgments, so possibly there will be a thought not as fragmented as it is about the theme addressed in this article.


Keywords


LGBT; Preconception; Psychology; Physical Health; Mental health.

References


Albuquerque, G. A., Garcia, C.L., Alves, M.J.H., Queiroz, C. M. H. T., Adami, F.(2013). Homossexualidade e o direito à saúde: um desafio para as políticas públicas de saúde no Brasil. Saúde em Debate, 37 (98), 516-524. Recuperado de http://www.scielo.br/pdf/sdeb/v37n98/a15v37n98.pdf Acesso em: 25 de set. de 2019

Albuquerque MRTC, Botelho NM, Rodrigues CCP. (2019). Atenção integral à saúde da população LGBT: Experiência de educação em saúde com agentes comunitários na atenção básica. Rev Bras Med Fam Comunidade, 14(41), 1758. Recuperado em https://doi.org/10.5712/rbmfc14(41)1758 Acesso em: 10 de nov. de 2019.

Barbosa, M., Madureira, A. F. (2017). Os efeitos da homofobia na construção das identidades sexuais não-hegemônicas e o papel da/o psicóloga/o na promoção da saúde (Trabalho de conclusão de curso). Centro Universitário de Brasília - UniCEUB, Brasília, DF, Brasil. Recuperado de https://repositorio.uniceub.br/jspui/handle/235/11093

Bardin, L.(2011). Análise de conteúdo. São Paulo: Edições 70. Recuperado de: https://www.ets.ufpb.br/pdf/2013/2%20Metodos%20quantitat%20e%20qualitat%20-%20IFES/Livros%20de%20Metodologia/10%20-%20Bardin,%20Laurence%20-%20An%C3%A1lise%20de%20Conte%C3%BAdo.pdf

Campos, J. L., Alves, J. L. S. (2015). A INVISIBILIDADE DA SAÚDE DA POPULAÇÃO LGBT: uma reflexão acerca da homofobia presente nos espaços institucionais de saúde. Maranhão. Recuperado em: http://www.joinpp.ufma.br/jornadas/joinpp2015/pdfs/eixo6/a-invisibilidade-da-saude-da-populacao-lgbt-uma-reflexao-acerca-da-homofobia-presente-nos-espacos-institucionais-de-saude.pdf. Acesso em: 25 de set. de 2019.

Costa, A. B., Nardi, H. C. (2015). Homofobia e Preconceito contra Diversidade Sexual: Debate Conceitual. Porto Alegre, RS, Brasil. Instituto de Psicologia da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, 23(3), 715-726. Recuperado de https://www.redalyc.org/pdf/5137/513751492015.pdf Acesso em: 09 de nov. de 2019.

Góis, J. B. H., Soliva T. B. (2008.). A rua e o medo: algumas considerações sobre a violência contra jovens homossexuais em espaços públicos. XVI Encontro Nacional de Estudos Populacionais. Caxambu, MG, Brasil, 16. Recuperado de http://www.abep.org.br/publicacoes/index.php/anais/article/download/3417/3276.

Gomes, A. M., Reis, A. F., Kurashige, K. D. (2014). Violência e homofobia: um estudo sobre o preconceito e a agressão contra a população LGBT em Mato Grosso do Sul. Bagoas - Estudos Gays: Gêneros E Sexualidades, 8(11). Recuperado de https://periodicos.ufrn.br/bagoas/article/view/6547 Acesso em: 10 de nov. de 2019

Gunther, H. (2006). Pesquisa Qualitativa Versus Pesquisa Quantitativa: Esta É a Questão? Brasília. Psic.: Teor. e Pesq., Brasília, 22(2), 201-210.

Grupo Gay da Bahia (2018) Mortes Violentas de LGBT + no Brasil Relatório 2018. Bahia. Recuperado em: https://homofobiamata.files.wordpress.com/2019/01/relatorio-2018-1.pdf

Lira, A. N., Morais, N. A; Boris, D. J. B. (2016). (In)Visibilidade da Vivência Homoparental Feminina: entre Preconceitos e Superações. Psicologia: Ciência e Profissão, 36(1), 20-33. Recuperado em: http://www.scielo.br/scielo. php?script=sci_arttext&pid=S1414-98932016000100020 Acesso em: 14 de Nov. de 2019.

Moulin, J. C. Oliveira, L. T. & Rosa, R. A. (2012). Revisão de Literatura Para Trabalhos Científicos: Amplitude e Profundidade. Jerônimo Monteiro – ES.

Nascimento, G. C. M, Comin, F. S. (2018). A Revelação da Homossexualidade na Família: Revisão Integrativa da Literatura Científica. Ribeirão Preto, 26(3), 1527-1541. Recuperado em: http://pepsic.bvsalud.org/scielo. php?script=sci_abstract&pid=S1413-389X2018000300014&lng=pt&nrm=iso Acesso em: 25. set. 2019.

Negreiros, F. R. N., Ferreira, B. O., Freitas, D. N., Pedrosa, J. I. S. & Nascimento, E. F. (2018). Saúde de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais: da Formação médica à Atuação Profissional. Piauí. Revista Brasileira de Educação Médica. 43(1), 23 – 31. Recuperado de: http://www.scielo.br/pdf/rbem/v43n1/1981-5271-rbem-43-1-0023.pdf Acesso em: 08 de Nov. 2019.

Nunes, L. V. (2015). Por uma educação que reconheça a diferença LGBT. São Paulo. Revista Psicologia Política, 15(32), 203-210. Recuperado de http://pepsic.bvsalud.org/scielo. php?script=sci_arttext&pid=S1519-549X2015000100013 Acesso em: 09 de nov. de 2019.

Organizações das Nações Unidas (2019). Discriminação aumenta risco de jovens LGBTI irem morar na rua, dizem relatores. Recuperado de https://nacoesunidas.org/discriminacao-aumenta-risco-de-jovens-lgbti-irem-morar-na-rua-dizem-relatores/ Acesso em: 09 de nov. de 2019.

Paulino, D. B. Rasera, E. F., Teixeira, F. B., (2019). Discursos sobre o cuidado em saúde de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis, Transexuais (LGBT) entre médicas (os) da Estratégia Saúde da Família. Uberlândia - Minas Gerais. Recuperado em: http://www.scielo.br/scielo. php?script=sci_arttext&pid=S1414-32832019000100249 Acesso em: 25 de set. de 2019.

Supremo Tribunal Federal.(2018, Agosto 15). STF reafirma direito de transgêneros de alterar registro civil sem mudança de sexo. Recuperado em: http://www.stf.jus.br/portal/cms/verNoticiaDetalhe.asp?idConteudo=386930.




DOI: http://dx.doi.org/10.33448/rsd-v9i4.2760

Refbacks

  • There are currently no refbacks.


Base de Dados e Indexadores: Base, Diadorim, Sumarios.org, DOI Crossref, Dialnet, Scholar Google, Redib, Doaj, Latindex, Redalyc, Portal de Periódicos CAPES

Research, Society and Development - ISSN 2525-3409

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional

Rua Irmã Ivone Drumond, 200 - Distrito Industrial II, Itabira - MG, 35903-087 (Brasil) 
E-mail: rsd.articles@gmail.com
Facebook: https://www.facebook.com/Research-Society-and-Development-563420457493356