Nursing education: creation of an academic league for urgent and emergency education

Daniel Augusto da Silva, Caroline Lourenço de Almeida, Verusca Kelly Capellini, Rosângela Gonçalves da Silva

Abstract


Academic leagues consist of extracurricular activities, centered on a specific theme, where the technical-scientific and humanistic training of members, the contribution to the care and promotion of health to the community, and the strengthening of students are developed actions. In this perspective, this study aimed to report the creation and implementation of an extension project entitled the Academic League of Trauma and Emergency, and its contributions to university education. This is an experience report on the implementation of the Academic League of Trauma and Emergency aimed at undergraduate Nursing students at a higher education institution in the interior of São Paulo. The activities include administrative meetings and educational activities, which include theoretical and practical training courses, aimed at league members or the community. For all academic league activities, members are encouraged and encouraged to participate actively, assuming a leadership, organization and execution role. The insertion of the Academic League of Trauma and Emergency in Nursing undergraduate courses proved to be an important technology for teaching contribution, in a way that enables the formation of critical, reflective and sensitized professionals with the theme.


Keywords


Nursing; Nursing students; College education; Nursing Schools; Nursing Teaching Practice.

References


American Heart Association. (2015). Destaques da American Heart Association 2015. Atualização das Diretrizes de RCP e ACE. Dallas: American Heart Association.

Baldoino, L. S., Silva, S. M. N., Ribeiro, A. M. N., & Ribeiro, E. K. C. (2018). Educação em saúde para adolescentes no contexto escolar: um relato de experiência. Rev enferm UFPE on line., 12(4), 1161-1167.

Barreto, D. G., Silva, K. G. N., Moreira, S. S. C. R., Silva, T. S., & Magro, M. C. S. (2014). Simulação realística como estratégia de ensino para o curso de graduação em enfermagem: revisão integrativa. Rev. Baiana Enferm. (Online), 28(2), 208-214.

Belloni, M. T. (2017). Diretrizes Nacionais de Ligas Acadêmicas de Medicina. Associação de Ligas Acadêmicas de Medicina - São Paulo. [citado em 2017 dez 17]. Disponível em: http://www.ablam.org/diretrizes_nacionais.html.

Costa, J. G. F., Aguiar, A. R. C., Araújo, A. L. L. S., Basílio, A. B. S., Costa, R. R. O., Melo, P. D. et al. (2013). Práticas contemporâneas do ensino em saúde: reflexões sobre a implantação de um centro de simulação em uma universidade privada. Rev Bras Pesq Saúde, 15(3), 85-90.

Costa, K. M. R., Lino, M. R. B., Miranda, C. E. S., Borges, J. W. P., Bandeira, H. M. M., & Lopes, M. S. L. (2020). Didática e docência multiprofissional em saúde: relato de experiência. Res., Soc. Dev., 9(2), e45921984.

Marinho, P. M. L., Carvalho, T. A., Mattos, M. C. T., Llapa-Rodríguez, E. O., Campos, M. P. A. (2017). Prevalência da utilização de tecnologias leves pela equipe de enfermagem de um hospital estadual. Rev Rene, 18(4), 445-452.

Moreira, W. C., Rodrigues, A. B. M., Monte, T. K. M., Magalhães, J. M., & Damasceno, C. K. C. S. (2017). Álcool e outras drogas: contribuições de uma liga acadêmica para a formação em Enfermagem. Rev Enferm UFPI, 6(3), 82-88.

Panobianco, M. S., Borges, M. L., Caetano, E. A., Sampaio, B. A. L., Magalhães, P. A. P., & Moraes, D. C. (2013). A contribuição de uma liga acadêmica no ensino de graduação em enfermagem. Rev Rene, 14(1), 169-178.

Pissaia, L. F., Del Pino, J. C., Quartieri, M. T., & Marchi, M. I. (2018). Relato de experiência: qualificação da extensão universitária na área da saúde por meio de estratégias de ensino contemporâneas. Res., Soc. Dev., 7(2), e1172188.

Silva, G. M., & Seiffert, O. M. L. B. (2009). Educação continuada em enfermagem: uma proposta metodológica. Rev Bras Enferm, 62(3), 133-142.

Silva, D. T., Martins, T. L., Santos, A. V., Goulart, N. S., Silva, J. A., & Souza, D. C. (2014). A evolução do processo ensino-aprendizagem através da implantação da liga acadêmica. Rede Cuid. Saúde, 8(2), 1-5.

Sobrinho, J. D. (2015). Universidade fraturada: reflexões sobre conhecimento e responsabilidade social. Avaliação, 20(3), 581-601.

Teodoro, M. C., Silva, R. G., Almeida, C. L., & Silva, D. A. (2016). A pesquisa científica e a percepção dos alunos de graduação em Enfermagem. Nursing (São Paulo), 17(221), 1216-1219.

Valadares, A. F. M., & Magro, M. C. S. (2014). Opinião dos estudantes de enfermagem sobre a simulação realística e o estágio curricular em cenário hospitalar. Acta Paul. Enferm. (Online), 27(2), 138-143.

Vieira, C. B. & Silva, D. A. (2019). Contribuições de uma liga acadêmica do trauma e emergência na formação universitária: percepção dos integrantes. Nursing (São Paulo), 22(259), 3384-3388.




DOI: http://dx.doi.org/10.33448/rsd-v9i3.2656

Refbacks

  • There are currently no refbacks.


Base de Dados e Indexadores: Base, Diadorim, Sumarios.org, DOI Crossref, Dialnet, Scholar Google, Redib, Doaj, Latindex, Portal de Periódicos CAPES

Research, Society and Development - ISSN 2525-3409

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional

Rua Irmã Ivone Drumond, 200 - Distrito Industrial II, Itabira - MG, 35903-087 (Brasil) 
E-mail: rsd.articles@gmail.com