Photography as a didactic resource to contextualize concepts of Analytical Chemistry

Fernanda Oliveira Lima, Marcia Borin Cunha

Abstract


Analytical Chemistry is considered one of the most difficult curricular components in undergraduate chemistry, mainly because it is centered on chemical equilibrium. Thus, this study addresses the insertion of Observatory Scientific Photography in the context of the concepts of Analytical Chemistry, as a facilitator of teaching and learning, along with 18 students of Higher Education at the Federal University of Fronteira Sul, to observe the chemical balance present in daily life. In general, academics were restricted to bringing more examples from textbooks. However, the analysis of the photographs presented by the students showed the importance of motivating the students to seek knowledge in a contextualized and intentional way.


Keywords


Image Reading; Chemistry Teaching; Chemical Balance.

References


Agustín-Lacruz, M. (2015). La lectura de las imágenes fotográficas orientadas hacia la representación documental. Encontros Bibli: revista eletrônica de biblioteconomía e ciencia da informação, 20(esp. 1), 55-88.

Arroio, A., Honório, K. M., Weber, K. C., Homemde-Mello, P., Gambardella, M. T. P., & da Silva, A. B. (2006). O show da química: motivando o interesse científico. Química Nova, 29(1), 173-178.

Belz, C. E. (2017). A Fotografia como ferramenta de Ensino e Divulgação Científica. Revista de Fotografia Científica Ambiental, 1(1), 26-29.

Borges, M. D., Aranha, J. M., & Sabino, J. (2010). A fotografia de natureza como instrumento para educação ambiental. Ciência & Educação (Bauru), 16(1), 149-161.

Costa, C. (2013). Educação, imagem e mídias. São Paulo: Cortez.

Cunha, M. B. (2018). A Fotografia Científica no Ensino: Considerações e Possibilidades para as Aulas de Química. Química Nova na Escola, 40(4), 232-240.

Faria, F. C., & Cunha, M. B. (2016). ‘Olha o passarinho!’ A fotografia no Ensino de Ciências. Acta Scientiarum. Human and Social Sciences, 38(1), 57-64.

Gatto, A. C. (2018). Análise documental de imagem: uma leitura das contribuições semióticas. RDBCI: Revista Digital de Biblioteconomia e Ciência da Informação, 16(1), 39-55.

Gonçalves, T. F. (2009). Particularidades da análise fotográfica. Discursos Fotográficos, 5(6), 229-244.

Gresczysczyn, M. C. C.; Camargo Filho, P. S.; Laburú, C. E., & Monteiro, E. L. (2017). A perspectiva semiótica de Pierce para o Ensino e Aprendizagem de Química. XI Encontro Nacional de Pesquisa em Educação em Ciências (XI ENPEC), 1-12.

Johnstone, A. H. (2000). Teaching of chemistry - logical or psychological? Chemistry Education Research and Practice, (1)1, 9-15.

Lima, J. O. G., & Leite, L. R. (2012). O processo de ensino e aprendizagem da disciplina de Química: o caso das escolas do ensino médio de Crateús/Ceará/Brasil. Revista Electrónica de Investigación en Educación en Ciencias, 7(2).

Manini, M. P. (2002). Análise documentária de fotografias: um referencial de leitura de imagens fotográficas para fins documentários. São Paulo: Universidade de São Paulo.

Mendonça, P. C., Justi, R. S., & Ferreira, P. F. (2005). Analogias usadas no ensino de equilíbrio químico: compreensões dos alunos e papel na aprendizagem. Enseñanza de las Ciencias, (Extra), 1-4.

Paiva, M. E. F. (2006). Estética e comunicação na fotografia. Trabalho apresentado ao NP 20, Comunicação e Fotografia, do VI Encontro dos Núcleos de Pesquisa da Intercom. Acesso em 21 de novembro em http://portalintercom.org.br/anais/norte2014/expocom/EX39-0201-1.pdf 2019.

Perales, F. J. & Jiménez, J. D. (2002). Las ilustraciones en la enseñanza-aprendizaje de las ciencias. Análisis de libros de texto. Enseñanza de las ciencias: revista de investigación y experiencias didácticas, 20(3), 369-386.

Pereira, M. P. B. A. (1989). Equilíbrio químico - dificuldades de aprendizagem: I-Revisão de opiniões não apoiadas por pesquisas. Química Nova, 12(1), 76-81.

Praia, J. F., Cachapuz, A. F. C., & Gil-Pérez, D. (2002). Problema, teoria e observação em ciência: para uma reorientação epistemológica da educação em ciência. Ciência & Educação (Bauru), 8(1), 127-145.

Raviolo, A. (2001). Assessing Students’ Conceptual Understanding of Solubility Equilibrium. Journal of Chemical Education, 78(5).

Santana, S. J. (2018). Imagens em livros didáticos de física: uma análise semiótica. São Paulo, Piracicaba: Universidade Metodista de Piracicaba.

Sardelich, M. E. (2006). Leitura de imagens, cultura visual e prática educativa. Cadernos de pesquisa, 36(128), 451-472.

Silva, S. L. (2005). Decifrando as imagens técnicas. XXVIII Congresso Brasileiro de Ciências da Comunicação (UERJ), 1-15.

Tsaparlis, G., Kousathana, M., & Niaz, M. (1998). Molecular equilibrium problems: Manipulation of logical structure and of Mdemand, and their effect on student performance. Science Education, 82(4), 437-454.

Tyson, L., Treagust, D. F., & Bucat, R. B. The complexity of teaching and learning chemical equilibrium. Journal of Chemical Education, 76(4), 554-558.

Pozo, J. I., & Crespo, M. Á. G. (2009). A aprendizagem e o ensino de ciências: do conhecimento cotidiano ao conhecimento científico. Porto Alegre: Artmed.

Lopes, A. E. (2006). Ato fotográfico e processos de inclusão: análise dos resultados de uma pesquisa-intervenção. In: Lenzi, Lucia Helena Correa; Da Ros, Silvia Zanatta; Souza, Ana Maria Alves de; Gonçalves, Marise Matos. Imagem: intervenção e pesquisa. (orgs.). Florianópolis: Editora da UFSC: NUP, CED, UFSC.




DOI: http://dx.doi.org/10.33448/rsd-v9i3.2299

Refbacks

  • There are currently no refbacks.


Base de Dados e Indexadores: Base, Diadorim, Sumarios.org, DOI Crossref, Dialnet, Scholar Google, Redib, Doaj, Latindex, Portal de Periódicos CAPES

Research, Society and Development - ISSN 2525-3409

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional

Rua Irmã Ivone Drumond, 200 - Distrito Industrial II, Itabira - MG, 35903-087 (Brasil) 
E-mail: rsd.articles@gmail.com