Epidemiological characterization of individuals with human immunodeficiency vírus-1 in the state of Piauí, Brazil

Evaldo Hipólito Oliveira, Juliana Lima Nascimento Rufino, Roseane Mara Cardoso Lima Verde, Leonardo Ferreira Soares, Lucas de Oliveira Cabral, Antonio Carlos Rosário Vallinoto

Abstract


This study was exploratory and retrospective through the study of secondary data on HIV infection in the municipality of Teresina-PI, from January 2008 to July 2010. Thus, this study aimed to characterize epidemiological variables, social and behavioral, factors related to individuals with HIV-1 virus in the state of Piauí. Data collection and research were developed at the Central Laboratory (Lacen). The sample consisted of 805 patients assisted at Lacen who presented positive serology for the HIV virus. Descriptive analysis of the 805 patients, 60% were male and 40% female. Of the total, 468 were between 31 and 50 years old, 221 between 18 and 30 years old and 115 over 51 years old. Regarding sexual preference was observed the process that has become common in Brazil as a whole, of "heterosexualization" totaling 80%, 8% said to be bisexual and only 12% homosexual. Most infected individuals assumed to use only “sometimes” condoms (46.3%) before contamination, 9.1% reported using condoms always and 44.6% reported never using them before infection. Regarding color / race, the patients declared themselves largely brown, 364 of the total, 270 as white, 168 as black, two yellow and one indigenous. In the variable level of education, it can be observed that 38 individuals reported not having any level of education, 526 had incomplete / complete elementary school, 176 had incomplete / complete high school and only 65 with incomplete / complete higher education. Thus, it is evident the need to implement measures aimed at expanding and disseminating educational information to the most diverse social classes.


Keywords


HIV/AIDS; Public health; Epidemiology.

References


Alves, E. R. P. (2009). Perfil epidemiológico do HIV positivo em Goiana, município do Estado de Pernambuco. In: 10º Congresso Virtual HIV/Aids, Lisboa- Portugal.

Barbosa, L. M. (2001). Perfis de vulnerabilidade ao risco de contrair o HIV nas regiões Nordeste e Sudeste brasileiras: aspectos individuais e da comunidade; 2001. 158 f. Tese (Doutorado em Demografia) - Universidade Federal de Minas Gerais. Minas Gerais.

Barré-Sinoussi, F., Montagneir, L., Chermann, J.C., Rey, F. & Nugyese, M.T. (1983). Isolation of a T-Lynphotropic Retrovirus from a patient at risk for acquired immune deficiency syndrome (AIDS). Science, 220(4599), 868-871.

Bertoni, R. F., Bunn, K., Silva, J. & Traebert, J. (2010). Perfil demográfico e socioeconômico dos portadores de HIV/AIDS do Ambulatório de Controle de DST/AIDS de São José, SC. Arquivos Catarinenses de Medicina. 39(4), 75-79.

Brasil. (2017). Ministério da Saúde. Secretaria de Vigilância em Saúde. Coordenação-Geral de Desenvolvimento da Epidemiologia em Serviços. Guia de Vigilância em Saúde : volume 2 / Ministério da Saúde, Secretaria de Vigilância em Saúde, Coordenação-Geral de Desenvolvimento da Epidemiologia em Serviços. – 1. ed. atual. – Brasília : Ministério da Saúde.

Brito, A. M., Castilho, E. A. & Szwarcwald, C. L. (2000). AIDS e infecção pelo HIV no Brasil: uma epidemia multifacetada. Rev. Sociedade Brasileira de Medicina Tropical, 34(2), 207-217, mar/abr.

Carvalho, H.B. (1995). Dinâmica de Transmissão do HIV entre Usuários de Drogas Injetáveis, na cidade de Santos, São Paulo, Brasil. Tese (Doutorado em Medicina) Faculdade de Medicina, Universidade de São Paulo, São Paulo.

Casotti, J.A.S. et al. (2004). Estudo do perfil clínico-epidemiológico dos pacientes atendidos pelo programa de assistência domiciliar terapêutica em AIDS – Vitória, ES – Brasil. J. bras Doenças Sex. Transm. 16(3), 59-66, 2004.

Castilho, E. A. & Szwarcwald, C. L. (1998). Mais uma pedra no meio do caminho dos jovens brasileiros: a AIDS. In: JOVENS acontecendo na trilha das políticas públicas. Brasília: CNPD. v.2, 197-207.

Cohn, A. (1997). Considerações Acerca da Dimensão Social da Epidemia de HIV/AIDS no Brasil. In: SIMPÓSIO satélite. a epidemia da AIDS no Brasil: situação e tendências. Brasília: Ministério da Saúde, p. 45-53.

Coutinho, M. F. C. O’Dwyer, G. & Frossard, V. (2018). Tratamento antirretroviral: adesão e a influência da depressão em usuários com HIV/Aids atendidos na atenção primária. Saúde Debate. Rio de Janeiro, 42(116), 148-161, jan-mar.

Feitoza, A. R. et al. (2004). A Magnitude da Infecção pelo HIV-AIDS em Maiores de 50 anos no Município de Fortaleza-CE. J bras Doenças Sex. Transm. 16(4), 32-37.

Fonseca, M. G. et al. (2000). AIDS e grau de escolaridade no Brasil: evolução temporal de 1986 a 1996. Cad. Saúde Pública, 16(supl.1), 77-87.

Galvão, M. T. G. Cerqueira, A. T. A. R. Ferreira, M. L. S. M. Souza, L. R. (2002). Razões do não uso do preservativo masculino entre pacientes com infecção pelo HIV ou não. J. Bras. Doenças Sex. Transm. 14(1), 25-30.

Gomes, R. R. F. M. et al. (2017). Fatores associados ao baixo conhecimento sobre HIV/AIDS entre homens que fazem sexo com homens no Brasil. Cad. Saúde Pública. 33(10), e00125515

Guimarães, A. S. A. (1997). Racismo e restrição dos direitos individuais: a discriminação racial “publicizada”. Estudos Afro-Asiáticos 31: 51-78.

Lopes, C. R. (2005). A epidemia mudou e o mundo também. Radis 40 Comunicação em saúde. Rio de Janeiro: Fiocruz.

Parker, R. & Camargo Júnior, K.R. (2000). Pobreza e HIV/AIDS: aspectos antropológicos e sociológicos. Cad. Saúde Pública, 16(supl.1), 89-102.

Parker, R. (1994). A construção da solidariedade: AIDS, sexualidade e política no Brasil. ABIA da Universidade Estadual do Rio de Janeiro, Editora Relume Dumará, Rio de Janeiro.

Pechansky, F. Von Diemen, L. Kessler, F. De Boni, R. Surra, T. H. & INCIARDI, J. (2005). Preditores de soropositividade para HIV em indivíduos não abusadores de drogas que buscam centros de testagem e aconselhamento de Porto Alegre, Rio Grande do Sul, Brasil. Cad Saúde Pública. 21(1), 266-74.

Pereira, A.S., Shitsuka, D. M., Parreira, F. J., Shitsuka, R. (2018). Metodologia da pesquisa científica. [e-book]. Santa Maria. Ed. UAB/NTE/UFSM. Disponível em: https://repositorio.ufsm.br/bitstream/handle/1/15824/Lic_Computacao_Metodologia-Pesquisa-Cientifica.pdf?sequence=1. Acesso em: 16 out. 2019.

Reis, A. C. Santos, E. M. & Cruz, M. M. (2007). A mortalidade por Aids no Brasil: um estudo exploratório de sua evolução temporal. Epidemiologia e Serviço de Saúde, 16(3), 195-205.

Reis, R.K. & Gir, E. (2005). Dificuldades enfrentadas por casais sorodiscordantes para a manutenção do sexo seguro. Rev. Latino-am. Enfermagem, 13(1), 32-37.

Reis, R.K. (2008). Qualidade de vida de portadores do HIV/AIDS: influência dos fatores demográficos, clínicos e psicossociais. Tese (Doutorado em enfermagem) Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto, Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto.

Rodrigues-Júnior, A. L. & Castilho, E.A. (2004). A epidemia de AIDS no Brasil, 1991-2000: descrição espaço-temporal. Rev. Soc. Bras. Med. Trop. 37(4), 312-7.

Sampaio Neto, L. F.; Novo, N. F.; Silva, S. C.; Condi, G. G.; Pinto, P. C. C. (2003). O impacto do conhecimento prévio da soropositividade em parturientes. Jornal Brasileiro de AIDS, 4(2), 61-66.

United Nations Programme on HIV/AIDS (UNAIDS). (2019). Global aids update. UNAIDS. Geneva-Switzerland. Disponível em: https://www.unaids.org/sites/default/files/media_asset/2019-global-AIDS-update_en.pdf. Acesso em 03 nov. 2019.

Vasconcelos, G. S., Machado, A. A., Covas, D.T., Watanabe, A. E., Kashima, S., Orellana, M. D. & Silva, A. R. L. (2000). Fatores epidemiológicos, relacionados à progressão lenta da síndrome da imunodeficiência adquirida (AIDS). Medicina, Ribeirão Preto, 33(2), 123-8, abr/jun.




DOI: http://dx.doi.org/10.33448/rsd-v9i2.2002

Refbacks

  • There are currently no refbacks.


Base de Dados e Indexadores: Base, Diadorim, Sumarios.org, DOI Crossref, Dialnet, Scholar Google, Redib, Doaj, Latindex, Portal de Periódicos CAPES

Research, Society and Development - ISSN 2525-3409

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional

Rua Irmã Ivone Drumond, 200 - Distrito Industrial II, Itabira - MG, 35903-087 (Brasil) 
E-mail: rsd.articles@gmail.com