Didactics and multiprofessional health teaching: experience report

Káren Maria Rodrigues da Costa, Maísa Ravenna Beleza Lino, Cássio Eduardo Soares Miranda, José Wicto Pereira Borges, Hilda Maria Martins Bandeira, Maria do Socorro Leal Lopes

Abstract


The teaching practice is a complex task which requires planning, zeal for the profession, ethics and commitment. This article aims to report the experience of students at masters level of the Graduate Program in Health and Community of the Federal University of Piauí as teachers in the discipline of Nursing and health care praxis for nurses of the Multiprofessional Residency in Family Health / Primary Care , in the year of  2018, in a Federal University of the coast of Piauí. It focuses also on the experience of students at masters level with the discipline Didactics offered by the Graduate Program in Health and Community. The methodology applied in this study is a qualitative, descriptive study of the type experience report. During the classes taught by the teachers were held group dynamics, the presentation of the course and the evaluation methods, hopscotch, discussion of scientific article, expository presentation of lessons through slides, questioning the content through text, presentation of the ideas box, evaluation of the discipline. The pieces of information from the experience report were collected through the teachers' classes and field diaries. The results of this study showed that the teaching practice requires the search for new teaching methodologies that provide a critical eye at the reality, transforming it. It is understood that, through this experience, the attitude assumed by the teachers was to mediate the learning process, since they instigated the student to "learn to learn", which contributed considerably to the production of knowledge by students and for the teachers.


Keywords


Teaching; Multiprofessional teaching; Active methodologies

References


Barbosa, E. F., & Moura, D. G. (2013). Metodologias ativas de aprendizagem na Educação Profissional e Tecnológica. Boletim Técnico do Senac, 39(2): 48-67.

Batista, A. M. M. (2007). Práxis, consciência de práxis e educação popular: algumas reflexões sobre suas conexões. Rev. Educ. e Filos.,21(42):169-192.

Behrens, M. A. (2010). O paradigma emergente e a prática pedagógica. Petrópolis: Editora Vozes.

Berbel, N. A. N. (2011). As metodologias ativas e a promoção da autonomia de estudantes. Ciências Sociais e Humanas, 32(1):25-40.

Candau, V. M. A. (2014). Didática e a Formação de Educadores: da exaltação à negação, a busca da relevância. A Didática em Questão. 36 ed. Petrópolis: Vozes.

Costa, K. M. R., & Miranda, C. E. S. (2018). Prática docente no ensino superior: tecendo a relação entre psicologia do desenvolvimento humano e pedagogia. Revista Pedagogia, 5(2): 96-106.

Diesel, A., Marchesan, M. R., & Martins, S. N. (2016). Metodologias ativas de ensino na sala de aula: um olhar de docentes da educação profissional técnica de nível médio. Revista Signos, 37(1):153-169.

Fernandes, C. N. S., & Sousa, M. C. B. de M. e. (2017). Docência no ensino superior em enfermagem e constituição identitária: ingresso, trajetória e permanência. Revista Gaúcha de Enfermagem, 38(1).

Franco, M. A. S. & Pimenta, S. G. (2016). Didática multidimensional: por uma sistematização conceitual. Educação & Sociedade,37(135): 539-553.

Freire, P. (1991). A Educação na cidade. São Paulo: Cortez.

Garanhani, M. L., & Vale, E. R. M. do. (2010). Educação em enfermagem: análise existencial em um currículo integrado sob o olhar de Heidegger. Londrina: Eduel.

Gil, A. C. (2008). Como planejar o ensino. Editora; Atlas. In: GIL, A. C. Didática do Ensino Superior. São Paulo: Editora Atlas.

Leal, R. B. (2005). Planejamento de ensino: peculiaridades significativas. Revista Iberoamericana de Educación, 3(37): 1-7.

Leite, C., & Ramos, K. (2007). Docência universitária: análise de uma experiência de formação na universidade do Porto. In: CUNHA, Maria Isabel da. (org.). Reflexões e práticas em pedagogia universitária. Campinas: Papirus.

Lewgoy, A. M. B. (2004). Novas tecnologias na prática profissional do professor universitário: a experiência do diário digital. Revista Textos e Contextos: coletâneas em Serviço Social. Porto Alegre: EDIPUCRS.

Libâneo, J. C. (2009). Didática. São Paulo: Cortez Editora.

Lira, B. C. (2018). Práticas pedagógicas para o século XXI: a sociointeração digital e o humanismo ético. Petrópolis: Editora Vozes.

Lopes, M. V. de O. (2012). Sobre estudos de casos e relatos de experiências. Revista da Rede de Enfermagem do Nordeste, 13(4):1-2.

Macedo, K. D. S., Acosta, B. S., Silva, E. B. da, Sousa, N. S. de, Beck, C. L. C., & Silva, K. K. D. da. (2018). Metodologias ativas de aprendizagem: caminhos possíveis para inovação no ensino em saúde. Escola Anna Nery, 22(3): 1-9.

Mantovani, M. (2010). Hora de brincar. São Paulo: Nova Escola

Melo, G. F., (2012). Docência na universidade: em foco os formadores de professores. In: MELO, G. F., Naves, M. L. de P. (org). Didática e docência universitária. Uberlândia: Edufu.

Minayo, M. C. S. (2013). O desafio do conhecimento: Pesquisa qualitativa em saúde. São Paulo: Hucitec.

Pereira, D. A., Mangoli, S. de F., & Chaves, P. M. (2016). O conceito de práxis e a formação docente como ciência da educação. Revista de Ciências Humanas – Educação, 17(29):31-45.

Schimitz. E. (1993). Fundamentos da Didática. São Leopoldo: Editora Unisinos.

Silva, C. S., & Nascimento, A. L. do. (2013). Papel da psicologia da educação na formação docente: o que pensam os alunos do plano nacional de formação de professores da educação básica. Rev.Form@re, 1(1):107-129.

Silva, E. F. da. (2015). A aula no contexto histórico. In: Veiga, I. P. A. (Org.). Aula: gênese, dimensões, princípios e práticas. Campinas: Papirus.

Souza, S. M. V. C., & Santo, E. do E. (2013). Reflexão da Didática como mediadora entre a teoria e prática pedagógica. Universitas Humanas, 10(1):67-73.

Toassa, G. (2011). Emoções e vivências em Vigotski. Campinas: Papirus Editora.

Treviso, P., & Costa, B. E. P. da. (2017). Percepção de profissionais da área da saúde sobre a formação em sua atividade docente. Texto & Contexto- Enfermagem, 26(1).




DOI: http://dx.doi.org/10.33448/rsd-v9i2.1984

Refbacks

  • There are currently no refbacks.


Base de Dados e Indexadores: Base, Diadorim, Sumarios.org, DOI Crossref, Dialnet, Scholar Google, Redib, Doaj, Latindex, Portal de Periódicos CAPES

Research, Society and Development - ISSN 2525-3409

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional

Rua Irmã Ivone Drumond, 200 - Distrito Industrial II, Itabira - MG, 35903-087 (Brasil) 
E-mail: rsd.articles@gmail.com