Construction and validation of educational technology about Congenital Syphilis

Lidiane Grutzmacher Azeredo, Claudia Maria Gabert Diaz, Martha Helena Teixeira de Souza, Regina Gema Santini Costenaro, Janete de Lourdes Portela

Abstract


Introduction: Congenital syphilis is a serious public health problem and it is questioned whether an educational technology can be used in its prevention. Objective: To construct and validate an educational technology (video) on the subject of Congenital Syphilis. Method: This is a methodological research of the type development, carried out between December 2017 and November 2018. The analysis and validation of content occurred through the Delphi Technique, with participation of ten specialists in the health area, in the first cycle and nine, in the second. For validation of the video by the experts, the script items presented Content Validity Index greater than or equal to 0.78. Results: Following the validation of the script, the video was filmed through technical support of two journalism professionals. After the production of the educational material (video), it will be made available online so that it can be used by health professionals, academics and users interested in the subject. Conclusion: Educational video can be an ally in the prevention of congenital syphilis diseases and in the promotion of maternal and child health, being an important tool in care.


Keywords


Congenital syphilis; Maternal and child health; Educational technology.

References


Afifi, A. & Elashoff, R. (1966). Missing observations in multivariate statistics. Part 1: review of literature. J Am Stat Assoc, 61(315), 596-604.

Alexandre, N.M.C. & Coluci, M.Z.O. (2011). Validade de conteúdo nos processos de construção e adaptação de instrumentos de medidas. Ciência & Saúde Coletiva, Rio de Janeiro, 16(7), 3061-3068.

Amaral, E. Sífilis na gravidez e óbito fetal: de volta para o futuro. (2012). Rev Bras Ginecol Obstet, Rio de Janeiro, 34(2).

Brasil. (2007). Ministério da Saúde. Secretaria de Vigilância em Saúde. Programa Nacional de DST e AIDS. Protocolo para a Prevenção de Transmissão Vertical de HIV e Sífilis. Brasília (DF): Ministério da Saúde.

Brasil (2013). Conselho Nacional de Saúde Resolução nº 466/12, de 12 de dezembro de 2012,. Brasília: Diário Oficial da União.

Castro, A.V. & Rezende, M. (2009). A técnica Delphi e seu uso na pesquisa de enfermagem: revisão bibliográfica. Rev Min Enferm, Belo Horizonte, 13(3).

Costa, C.C. (2016). Elaboração, validação e efeitos de intervenção educativa voltada ao controle da sífilis congênita. (Tese de Doutorado, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza).

Freitas, A.L.P. & Rodrigues, S.G. (2005). A avaliação da confiabilidade de questionários: uma análise utilizando o coeficiente alfa de Cronbach. Anais... XII SIMPEP, Bauru, SP, Brasil.

Lobiondo-Wood, G. & Haber, J. (2011). Pesquisa em enfermagem: métodos, avaliação crítica e utilização. 4. ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan.

Macedo, V.C.D. et al. (2009). Avaliação das ações de prevenção da transmissão vertical do HIV e sífilis em maternidades públicas de quatro municípios do nordeste brasileiro. Cad Saúde Pública, 8(25), 1679-1692.

Magalhães, M.G.D. (2007). Elaboração e validação de um instrumento de avaliação da qualidade da assistência para hospitais pediátricos. Dissertação de Mestrado Profissional em Saúde da Criança e do Adolescente, Universidade Estadual do Ceará, Fortaleza).

Martins, C. et al. (2006). Perfil do enfermeiro e necessidades de desenvolvimento de competência profissional. Texto Contexto Enferm, Florianópolis, 15(3), 472-478.

Organização Mundial de Saúde (2008). Eliminação mundial da sífilis congênita: fundamento lógico e estratégias para ação. Genebra: Organização Mundial de Saúde.

Pasquali, L. (2010). Instrumentação psicológica: Fundamentos e práticas. Porto Alegre, Brasil: Artmed.

Polit, D.F.; Beck, C.T. (2011). Fundamentos de Pesquisa em Enfermagem: Avaliação de evidências para a prática da enfermagem. 7. ed. São Paulo: Artmed.

Polit, D.F.; Beck, C.T. & Hungler, B.P. (2011). Fundamentos de pesquisa em enfermagem: métodos, avaliação e utilização. 7. ed. Porto Alegre: Artmed.

Scarparo, A.F. et al. (2012). Reflexões sobre o uso da técnica Delphi em pesquisas na enfermagem. Rev Rene, 13(1), 242-251.

Teixeira, E. & Mota, V.M.S.S, organizadoras. (2011). Tecnologias educacionais em foco. São Paulo (SP): Difusão.

Wright, J.T.C. & Giovinazzo, R.A. (2000). Delphi - Uma Ferramenta de Apoio ao Planejamento Prospectivo. Cad Pesquisas Administração, 1(12), 54-65.




DOI: http://dx.doi.org/10.33448/rsd-v8i12.1939

Refbacks

  • There are currently no refbacks.


Base de Dados e Indexadores: Base, Diadorim, Sumarios.org, DOI Crossref, Dialnet, Scholar Google, Redib, Doaj, Latindex, Portal de Periódicos CAPES

Research, Society and Development - ISSN 2525-3409

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional

Rua Irmã Ivone Drumond, 200 - Distrito Industrial II, Itabira - MG, 35903-087 (Brasil) 
E-mail: rsd.articles@gmail.com