Challenges in water management: perceptions of the managers of an automotive industry of the Paulista Macrometropolis

Fabiana Carlos Pinto de Almeida, Marilda Aparecida Menezes, Júlio Francisco Blumetti Facó

Abstract


This paper discusses some limitations and possibilities that may contribute to a more sustainable use in water resources management from the managers' perception of a multinational company of the automotive industry inserted in Paulista Macrometropolis. We present part of the first findings during the prospecting period in the industry, in 2016, that impact the decision making in the industry water management and bring a reflection on these actions. The research methodology is qualitative, recorded interviews were conducted with managers responsible for water resources on water management from 2000 to 2015, when the industry reduced its water consumption by 50%. Also, we performed participant observation on the shop floor. Information analysis was based on the content analysis method. The initial considerations indicate an organizational culture in which the decision-making of the actors prioritize the economic aspects over the social and environmental ones in the Sustainability tripod. The reports are part of the results of ongoing doctoral level research.


Keywords


water management in industry; auto industry, water crisis, sustainability, content analysis.

References


Agência Nacional de Águas (2017). Água na indústria: uso e coeficientes técnicos. Brasília: ANA. Retrieved january 15, 2019, from http://www.snirh.gov.br/portal/snirh/snirh-1/acesso-tematico/usos-da-agua/aguanaindustria_usoecoeficientestecnicos.pdf.

Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores. (2019). Anuário da Indústria Automobilística Brasileira. São Paulo: ANFAVEA.

Bardin, L. (1977). Análise de Conteúdo. Lisboa: Edições 70.

Bastos, R. et al. (2008). Subsídios à regulamentação do reuso da água no Brasil - Utilização de esgotos sanitários tratados para fins agrícolas, urbanos e pisciculturais. Revista DAE, 177 (122), 50–62.

Comissão de Políticas de Desenvolvimento Sustentável. (2004). Agenda 21 brasileira: ações prioritárias. (2a ed.). Brasília: CPDS, Ministério do Meio Ambiente.

Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo. (2015). Tratamento de água: Complexo metropolitano. São Paulo: SABESP. Retrieved may 28, from http://site.sabesp.com.br/

Conferência das Nações Unidas sobre Meio Ambiente e Desenvolvimento. (1996). Agenda 21. Brasília: Senado Federal.

Côrtes, P. L., Torrente, M., Filho, A. P. Alves, Ruiz, M. Silva, Dias, A. J. G., & Rodrigues, R. (2015). Crise de abastecimento de água em São Paulo e falta de planejamento estratégico. Estudos Avançados, 29(84), 5–26.

Ferrari, P. F. (2006). Percepção ambiental dos gestores de meio de hospedagem – estudo de caso em Caxias do Sul – RS. (Dissertação de Mestrado). Universidade Caxias do Sul, Rio Grande do Sul, RS, Brasil.

Henrique, S. M. (2017). A Precificação dos Serviços de Saneamento de Água e Esgoto e o Objetivo Social. (Dissertação de Mestrado). Universidade Federal do ABC, Programa de Pós-Graduação em Planejamento e Gestão do Território, Santo André.

Jacobi, P. Roberto; Cibim, J.; Leão, Renata de S. (2015). Crise hídrica na Macrometrópole Paulista e respostas da sociedade civil. Estudos Avançados, 29 (84), 27–42.

Mierzwa, J. C. (2002). O uso racional e o reuso como ferramentas para o gerenciamento de águas e efluentes na indústria: estudo de caso da Kodak brasileira. (Tese de Doutorado). Universidade de São Paulo, Escola Politécnica, São Paulo.

Mierzwa, J. C., & Hespanhol, I. (2005). Agua na indústria: uso racional e reuso. São Paulo: Oficina de Textos.

Oliveira Filho, G. F. (2015, janeiro, julho). A Crise da Água na Região Metropolitana de São Paulo em 2014 e a Ineficiente Gestão dos Recursos Hídricos. CES Revista, Juiz de Fora, 29 (1), 5 -20.

Pereira, A.S. et al. (2018). Metodologia da pesquisa científica. [e-book]. Santa Maria. Ed. UAB/NTE/UFSM. Retrieved october 25, 2019, from https://repositorio.ufsm.br/bitstream/handle/1/15824/Lic_Computacao_Metodologia-Pesquisa-Cientifica.pdf?sequence=1. Acesso em: 25 out. 2019.

Poupart, J. (2014). A entrevista de tipo qualitativo: considerações epistemológicas, teóricas e metodológicas. In: Poupart, J. et al. (Orgs.), A pesquisa qualitativa: enfoques epistemológicos e metodológicos. (4a ed.). (pp. 215-253). Petrópolis: Vozes.

Ribeiro, V. A. (2018). Percepção ambiental de gestores sobre as áreas verdes em instituição de ensino superior. GeAS: Revista de Gestão Ambiental e Sustentabilidade, 7 (2),340–358.

Richter, R. M. (2017). Mobilização, sociedade civil e governança: a escassez e crise hídrica na Macrometrópole de São Paulo. (Tese de Doutorado). Universidade de São Paulo, Programa de Pós-Graduação em Ciência Ambiental, São Paulo.

United Nations. (2015, october). Transforming our world: the 2030 Agenda for Sustainable Development. The General Assembly: 70 Session. Retrieved november 11, 2017, from http://www.un.org/en/ga/search/view_doc.asp?symbol=A/RES/70/1&Lang=E

United States Environmental Protection Agency. (2004). Guidelines for water reuse. (2nd ed.). Washington DC: USEPA. (Report No. EPA/625/R-04/108). Retrieved august 23, 2017, from http://www.epa. gov/ord/NRMRL/pubs/625r04108/625r04108.pdf

Womack, P.J.; Jones, D.T.; Ross D. (1992). A Máquina que Mudou o Mundo. Rio de Janeiro: Campus.

World Health Organization. (1989). Health guidelines for use of wastewater in agriculture and aquaculture. (Technical Report Series, 778). Geneva: WHO. Retrieved december 13, 2016, from http://www.whqlibdoc. who.int/trs/WHO_TRS_778.pdf




DOI: http://dx.doi.org/10.33448/rsd-v9i2.1920

Refbacks

  • There are currently no refbacks.


Base de Dados e Indexadores: Base, Diadorim, Sumarios.org, DOI Crossref, Dialnet, Scholar Google, Redib, Doaj, Latindex, Portal de Periódicos CAPES

Research, Society and Development - ISSN 2525-3409

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional

Rua Irmã Ivone Drumond, 200 - Distrito Industrial II, Itabira - MG, 35903-087 (Brasil) 
E-mail: rsd.articles@gmail.com