Ethnoictiology of fishermen from six traditional communities of Angra dos Reis - RJ

Nayana da Silva Cordeiro, Maíra Moraes, Jean Carlos Miranda

Abstract


The Ethnoictiology, an ethno-sciences, has been used as a tool in the management of fish stocks because it provides information about the biological and behavioral aspects of marine organisms. Artisanal fishermen have got a ecological knowledge about most of the species they explore, being able to express their opinions and suggest alternatives so that exploitation of resources takes place in a sustainable way so the objective of this work is to verify fishermen’s knowledge of six fishing communities of Angra dos Reis about variations in abundance of the groups of fish they exploit. The 28 fishermen that took part in the study answered a socioeconomic and an ethnoictiological questionnaire. From the results we can see that the artisanal fishing on site is declining due to the high average age of fishermen and the lack of investment in infrastructure on Ilha Grande bay.  The fishermen mainly observed a decrease of whitemouth croaker and Brazilian sardine, which have been overexploited by industrial fishing, resulting in the diminution of Atlantic chub mackerel, blue runner/horse-eye jack and Atlantic moonfish/lookdown, which are part of its companion fauna.  Therefore, alternatives of fishery management are necessary, which prioritize not only ecological aspects, but also sociocultural aspects of artisanal fishermen.


Keywords


Fishery Production; Traditional Communities; Ethnoecology.

References


Barboza, R.S.L.; Pezzuti, J.C.B. (2011). Etnoictiologia dos pescadores artesanais da Resex Marinha Caeté-Taperaçu, Pará: aspectos relacionados com etologia, usos de hábitat e migração de peixes da família Sciaenidae. Sitientibus série Ciências Biológicas, v. 11, n. 2, p. 133-141.

Begossi, A. (2004). Artisanal fisheries in the SE Brazilian coast: using fisher information towards local management. In: Pineda F.D. & Brebbia C. A. (eds.). Sustainable Tourism. WIT Press, Southampton, UK, p. 239-245.

Begossi, A.; Lopes, P.F.; Oliveira, L.E.C.; Nakano, H. (2009). Síntese baseada no relatório do diagnóstico socioambiental das comunidades de pescadores artesanais da Baía da Ilha Grande (RJ). Instituto BioAtlântica (IBio), 80 p.

Costa-Neto, E.M.; Dias, C.V.; Melo, M.N. (2002). O conhecimento ictiológico tradicional dos pescadores da cidade de Barra, região do médio São Francisco, Estado da Bahia, Brasil. Acta Scientiarum, Maringá, v. 24, n.2, p. 561-572.

Creed, J.C.; Pires, D.O.; Figueiredo, M.D.O. (2007) Biodiversidade marinha da baía da Ilha Grande (p. 109-132). Brasília: MMA/SBF, Série Biodiversidade 23, 417 p.

Dallagnollo, R.; Schwingel, P.R.; Perez, J.A.A. (2010). Estimativas de produção anual de sardinha-verdadeira (Sardinella brasiliensis) em Santa Catarina: um modelo de projeção de capturas a partir dos padrões mensais de desembarque no Estado. Brazilian Journal of Aquatic Science and Technology, v. 14, n. 2, p. 95-104.

Dias-Neto, J. (2003). Gestão do uso dos recursos pesqueiros marinhos no Brasil. Brasília: Ibama, 242 p.

Dias-Neto, J.D.; Oliveira, G.M.; Santos, G.C.B. (2011). Comportamento da produção total e por estado, frota permissionada e balança comercial de sardinha-verdadeira. Revista CEPSUL-Biodiversidade e Conservação Marinha, v. 2, n. 1, p. 34-49.

Diegues, A.C. (1983). Pescadores, camponeses e trabalhadores do mar. São Paulo: Ática.

Diegues, A.C. (1988). Diversidade biológica e culturas tradicionais litorâneas: O caso das comunidades caiçaras. NUPAUB-USP, São Paulo.

Diegues, A.C.S. (1999). Human population and coastal wetlands: conservation and management in Brazil. Ocean & Coastal Management, v. 42, p. 187-210.

Doria, C.R.C.; Lima, M.A.L.; Santos, A.R.; Souza, S.T.B.; Simão, M.O.A.R.; Carvalho, A.R. (2014). O uso do conhecimento ecológico tradicional de pescadores no diagnóstico dos recursos pesqueiros em áreas de implantação de grandes empreendimentos. Desenvolvimento e Meio Ambiente, v. 30, p. 89-108.

FIPERJ. (2011). Relatório anual de atividades. Disponível em: http://www.fiperj.rj.gov.br/fiperj_imagens/arquivos/revistarelatorios2011.pdf. Acesso em: 27 jun. 2017.

FIPERJ. (2012). Relatório anual de atividades. Disponível em: http://www.fiperj.rj.gov.br/fiperj_imagens/arquivos/revistarelatorios2012.pdf. Acesso em: 27 jun. 2017.

FIPERJ. (2013). Relatório anual de atividades. Disponível em: http://www.fiperj.rj.gov.br/fiperj_imagens/arquivos/revistarelatorios2013.pdf. Acesso em: 27 jun. 2017.

FIPERJ. (2014). Relatório anual de atividades. Disponível em: http://www.fiperj.rj.gov.br/fiperj_imagens/arquivos/revistarelatorios2014.pdf. Acesso em: 27 jun. 2017.

FIPERJ. (2015). Relatório anual de atividades. Disponível em: http://www.fiperj.rj.gov.br/fiperj_imagens/arquivos/revistarelatorios2015.pdf. Acesso em: 27 jun. 2017.

Joventino, F.K.P.; Johnsson, R.M.F.; Lianza, S. (2013). Pesca artesanal na Baía de Ilha Grande, no Rio de Janeiro: conflitos com unidades de conservação e novas possibilidades de gestão. Política e Sociedade. Florianópolis. v. 12, n. 23, p. 159-182.

Lopes, P.F.M. (2004). Ecologia caiçara: Pesca e uso de recursos na comunidade da praia do Puruba. Dissertação de Mestrado, Universidade Estadual de Campinas, Brasil, 117p.

Maldonado, S.C. (1986). Pescadores do mar. Série Princípios. São Paulo: Ática.

Mourão, J.S.; Nordi, N. (2003). Etnoictiologia de pescadores artesanais do estuário do rio Mamanguape, Paraíba, Brasil. Boletim Técnico (Instituto de Pesca), Brasil, v. 29, n.1, p. 9-17.

Oliveira, L.E.C. (2010). A percepção da conservação na Baía de Ilha Grande. In: Begossi, A., Lopes, P. F., Oliveira, L. E. C. & Nakano, H. (Org.). Ecologia de Pescadores Artesanais da Baía de Ilha Grande. São Carlos: RiMa, p. 235-286.

Paiva, M.P. (1997). Recursos pesqueiros estuarinos c marinhos do Brasil. Fortaleza, UFC Edições, 286p.

Paiva, M.P.; Motta, P.C.S. (1999). Capturas da sardinha-verdadeira, Sardinella brasiliensis (Steindachner) (Osteichthyes: Clupeidae) e da fauna acompanhante, no Estado do Rio de Janeiro (Brasil). Arquivos de Ciências do Mar Fortaleza, v.32, p. 85-88.

Pauly, D.; Christensen, V.; Guénette, S.; Pitcher, T.J.; Sumaila, U.R. Walters, C.J.; Watson, R.; Zeller, D. (2002). Towards sustainability in world fisheries. Nature, v. 418 n. 8, p. 689-695.

Pauly, D.; Aalder, J.; Bennet, E.; Christensen, V.; Tyedmers, P.; Watson, R. (2003). The future of fisheries. Science, v. 302, p. 1359-1361.

Paz, V.; Begossi, A. (1996). Ethnoichthyology of Gamboa fishermen (Sepetiba bay, Rio de Janeiro State). Journal of Ethnobiology, v. 16, n. 2, p. 157-168.

PREFEITURA MUNICIPAL DE ANGRA DOS REIS: “A Pesca na baía da Ilha Grande”. https://www.angra.rj.gov.br/spe-apesca.asp?IndexSigla=SEAAP&vNomeLink=A%20Pesca%20na%20baia%20da%20Ilha%20Grande (Acesso em 30 de jun. de 2017).

Ramires, M.; Molina, S.M.G.; Hanazaki, N. (2007). Etnoecologia caiçara: o conhecimento dos pescadores artesanais sobre aspectos ecológicos da pesca. Biotemas, v. 20, n. 1, p. 101-113.

Silvano, R.A.M. (1997). Ecologia de três comunidades de pescadores do rio Piracicaba (SP). Dissertação de Mestrado. Campinas: Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Biologia, 147 p.

Silvano, R.A.M.; Begossi, A. (2012). Fishermen’s local ecological knowledge on Southeastern Brazilian coastal fishes: contributions to research, conservation, and management. Neotropical Ichthyology, v. 10, n. 1, p. 133-147.

Sousa, M.R. (2004). Etnoconhecimento caiçara e uso de recursos e uso de recursos pesqueiros por pescadores artesanais e esportivos no Vale do Ribeira. Dissertação de Mestrado, Escola Superior de Agricultura “Luiz de Queiroz”, Universidade de São Paulo, Piracicaba.

Toledo, V.M. (1992). What is ethnoecology? Origins, scope and implications of a rising discipline. Etnoecológica, v. 1, n. 1, p. 5-21.

Valentini, H.; Pezzuto, P.R. (2006). Análise das principais pescarias comerciais da região Sudeste-Sul do Brasil com base na produção controlada do período 1986-2004. Série Documentos REVIZEE-Score Sul. Instituto Oceanográfico-USP, São Paulo. 56p.




DOI: http://dx.doi.org/10.33448/rsd-v9i1.1851

Refbacks

  • There are currently no refbacks.


Base de Dados e Indexadores: Base, Diadorim, Sumarios.org, DOI Crossref, Dialnet, Scholar Google, Redib, Doaj, Latindex, Redalyc, Portal de Periódicos CAPES

Research, Society and Development - ISSN 2525-3409

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional

Rua Irmã Ivone Drumond, 200 - Distrito Industrial II, Itabira - MG, 35903-087 (Brasil) 
E-mail: rsd.articles@gmail.com
Facebook: https://www.facebook.com/Research-Society-and-Development-563420457493356