Cyberpedophilia: sex crimes against children and adolescents committed over the internet

Laylana Almeida de Carvalho Cavalcante

Abstract


The virtual world has been the preferred and recurring field of crimes, among the many crimes committed in the virtual environment, cyber-pedophilia stands out, that is, pedophilia practiced through the Internet, with children and adolescents as its main victims. In this way, the present work is about cyber-pedophilia, that is, sexual crimes against children and adolescents practiced through the internet. The review covered scientific articles, monographs, theses and dissertations published and available in the databases: CAPES (Coordinating Improvement of Higher-Level Personnel), SciELO (Scientific Electronic Library Online) and Google academic. Through the study, it can be seen that the Internet is the gateway to the spread of cyber-crime, it is necessary to address the difficulties within the reality, advances and potential accumulated around this strategy, contributing with data that aid in the management and strategies in the legal sphere, as well as, serve as the basis for new research.


Keywords


Cybertopophilia; Childhood; Adolescence; Cyber crimes.

References


BRASIL. Estatuto da Criança e do Adolescente.(1990) .Lei n° 8.069 de 13 de julho de 1990. Dispõe sobre o Estatuto da Criança e do Adolescente e dá outras providências. Brasília, DF.

BRASIL. Secretaria Nacional dos Direitos Humanos. (2014). SDH elogia ação da PF de enfrentamento à violência sexual contra crianças e adolescentes.

Breier, R. (2014) Desmistificando a pedofilia virtual e real. Porto Alegre.

Corrêa, G. T. (2010). Aspectos Jurídicos da Internet. 5 ed, São Paulo: Editora Saraiva.

Gorges, A. P. W. (2008). Adolescente autor de ato infracional: representações sociais na mídia escrita. Monografia (Serviço Social). Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis.

IBGE- Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. (2011). Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios.

Malina, R.; Bouchard, C. Bar-Or, O. (2009). Crescimento, maturação e atividade física. São Paulo: Phorte.

Martins, C. B. G. (2008). Violência contra menores de 15 anos no município de Londrina, Paraná: análise epidemiológica de suas notificações. (Tese de doutorado), Faculdade de Saúde Pública.

Pauvels, C. M. et al. (2013). Cibercrimes sob o enfoque constitucional penal: Aspectos controvertidos da pornografia infantil e pedofilia. IN: XV Seminário Internacional de Educação no Mercosul, Cruz Alta: Universidade de Cruz Alta.

Rossini, A. E. S. et al. (2004). Informática, telemática e direito penal. São Paulo: Memória Jurídica.

Safernet. (2015). Indicadores da Central Nacional de Denúncias de Crimes Cibernéticos.

Schimidt, M. (2013). A violência contra a criança e adolescente e a ausência de estrutura do estado. Monografia (Direito). Faculdade de Ciências Jurídicas da Universidade Tuiuti do Paraná, Curitiba.

Serra, T. M. G. (2009). A pedofilia na internet à luz do estatuto da criança e do adolescente. Monografia (Graduação em direito) – FESP Faculdades, João Pessoa.

Silva, S. A.; Moura, E. C. (2010). Determinantes do estado de saúde de crianças ribeirinhas menores de dois anos de idade do Estado do Pará, Brasil: um estudo transversal. Cad Saúde Pública, 26(2), 273-285.

Veronese, J. R. P. (1999). Os Direitos da criança e adolescente. São Paulo.

Volpi, M. (2001). Sem liberdade, sem Direitos: a privação de liberdade na percepção do adolescente. São Paulo: Cortez.




DOI: http://dx.doi.org/10.33448/rsd-v9i1.1816

Refbacks

  • There are currently no refbacks.


Base de Dados e Indexadores: Base, Diadorim, Sumarios.org, DOI Crossref, Dialnet, Scholar Google, Redib, Doaj, Latindex, Portal de Periódicos CAPES

Research, Society and Development - ISSN 2525-3409

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional

Rua Irmã Ivone Drumond, 200 - Distrito Industrial II, Itabira - MG, 35903-087 (Brasil) 
E-mail: rsd.articles@gmail.com