Teaching of technological courses by means of learning styles applied to statistics

José Ferreira de Souza, Alex Paubel Junger, José Felipe Ferreira de Souza, Luiz Henrique Amaral

Abstract


The present work aims to answer the question about what is the influence of the knowledge of statistics in the learning about Occupations and Salaries for students of a Higher Course of Technology in Human Resources Management in a Private Education Institution of the city of São Paulo? In order to answer this question, the following general objective was established: to analyze basic statistical knowledge used in the classroom in the study on salary research and, specifically, to understand the learning styles of the students, proposing actions aligned to the profile of these students. In terms of methodology, this article has a qualitative approach, in an exploratory-descriptive order, since it aims to obtain definitions, descriptions, expositions and information about a circumstance, identifying the present relations between the factors that compose it and the subjects involved. In spite of the qualitative nature, the ILS (Index of Learning Styles) questionnaire, by Felder and Soloman (1991), was also used to classify the learning styles of the subjects involved in the work and to determine the learning styles of the subjects. two classes worked.


Keywords


Teaching. Learning Styles. Technological Courses.

References


ALLIPRANDINI, P. M. Z.; PULLIN, E. M. M. P.; GUIMARÃES, S. E. R. Estilos de aprendizagem de alunos ingressantes em um curso de Pedagogia de uma instituição pública do Norte do Paraná e implicações para a prática pedagógica. Revista Iberoamericana de Educación, Madrid, n.º 55/5. p. 1-11, 2011.

BAYER, A.; BITTENCOURT, H.; ROCHA, J.; ECHEVESTE, S. A estatística e sua história. 2004. Disponível em . Acesso em: 08 jun. 2015.

BRASIL. Secretaria de Educação Fundamental. Parâmetros curriculares nacionais: matemática. Brasília: MEC/SEF, 1997. 142p.

BRIGGS-MYERS, I.; BRIGGS, K.C. Myers-Briggs Type Indicator (MBTI). Palo Alto, CA: Consulting Psychologists Press, 1985.

COSTA, Gustavo Lucas Silva da; GUTIERRE, Liliane dos Santos; CARDOSO, Wguineuma Pereira Avelino. Um olhar sobre as pesquisas em História da Educação Matemática a partir da análise dos anais do EBRAPEM (2014 e 2015). Research, Society and Development, v. 6, n. 4, p. 303-316, 2017.

DIAS, G. P. P.; SAUAIA, A. C. A.; YOSHIZAKI, H. T. Y. Estilos de aprendizagem Felder-Silverman e o aprendizado com jogos de empresa. RAE – Revista de Administração de Empresas – FGV–EAESP, São Paulo. v. 5, n. 5. p. 469-484, set.-out. 2013.

DU TOIT, P. H. Social transformation starts with the self: An autobiographical perspective on the thinking style preferences of an educator. S. Afr. J. Educ., Pretoria, v.33, n.4, Jan. 2013.

DUARTE, P. C. X.; ALMEIDA, R. M. A educação estatística como ferramenta matemática para o ensino fundamental, Nucleus, Ituverava, v. 11, n. 1, apr. 2014. Disponível em: . Acesso em: 08 jun. 2015.

ESTEVAM, E. J. G. (Res)significando a Educação Estatística no Ensino Fundamental: análise de uma sequência didática apoiada nas Tecnologias de Informação e Comunicação. 2010. 211 f. Dissertação (Mestrado) – Faculdade Ciências e Tecnologia, Universidade Estadual Paulista, 2010.

FELDER, R. M.; SILVERMAN, L. K. Learning and Teaching styles in engineering education. Paper Engr. Education, v. 78, n. 7, p. 674-681, 1988. Disponível em: Acesso em: 18 out. 2017.

FELDER, R. M; SOLOMAN, B. A. Learning styles and strategies. 1991. Disponível em: Acesso em: 07 jun. 2017.

FONSECA, Enir da Silva; FONSECA, Magda de Oliveira Fernandes. O uso do GeoGebra em um ambiente virtual de aprendizagem. Research, Society and Development, v. 7, n. 1, p. 1-13, e571121, 2018.

FREITAS, A. Aplicação dos estilos de aprendizagem na formação de equipes: um estudo de caso. São Carlos. 108f. Dissertação (Mestrado) – Escola de Engenharia de São Carlos (EESC), Universidade de São Paulo, 2007.

GARDNER, H.; KORNHABER, M. L.; WAKE, W. K. Inteligência: múltiplas perspectivas. Porto Alegre: Artes Médicas, 1998.

GARFIELD, J. How Students Learn Statistics. International Statistical Review, Mexico, v. 63, n. 1, p. 25-34, 1995.

KOLB, D. A. The Kolb Learning Style Inventory – Version 3.1. 2005 Technical Specifications. Experience Based Learning Systems. HayGroup, 2005. Disponível em: < http://learningfromexperience.com/media/2010/08/tech_spec_lsi.pdf > Acesso em: 30 jun. 2017.

LOPES, C. A. E. A probabilidade e a estatística no ensino fundamental: uma análise curricular. Dissertação (Mestrado) – Faculdade de Educação da Unicamp, Campinas, 1998. 127 f.

LOPES, C. E.; COUTINHO, C. Q. S. Leitura e escrita em educação estatística. In: LOPES, C. E.; NACARATO, A. M. (Org.). Educação Matemática, leitura e escrita: armadilhas, utopias e realidade. Campinas: Mercado de Letras, 2009. p. 61-78.

MARINHO, Aldenia da Silva et al. Aplicação móvel de matemática no ensino básico para crianças do ensino fundamental I do 1° ao 3° ano. Research, Society and Development, v. 3, n. 1, p. 69-90, nov. 2016.

MARTINS, Priscila Bernardo; CURI, Edda. Grupos colaborativos: um olhar reflexivo para o desenvolvimento profissional de professores de matemática. Research, Society and Development, v.7, n.1, p. 01-09, e771133, 2018.

MOURA FILHO, A. C. L. Pessoal e intransferível: a relevância dos estilos de aprendizagem nas aulas de línguas estrangeiras. Rev. bras. linguist. apl., Belo Horizonte, v. 13, n. 1, p. 313-343, jan./mar. 2013.

NEEL, J. A.; GRINDEM, C. B. Learning-Style Profiles of 150 Veterinary Medical Students. Journal of Veterinary Medical Education, Toronto, v. 37, p. 347-352, 2010.

OREY, D. C.; ROSA, M. A modelagem como um ambiente de aprendizagem para a conversão do conhecimento matemático. Bolema – Boletim de Educação Matemática, Rio Claro, v. 26, p. 261-290, 2012. Impresso.

PEREIRA, Marcelo Dias; PIETROPAOLO, Ruy César. Uma análise das normatizações nacionais do século 20 para os cursos de formação inicial de professores de matemática da educação básica. Research, Society and Development, v. 1, n. 1, p. 63-87, 2016

REIS, L. G.; PATON, C.; NOGUEIRA, D. R. Estilos de aprendizagem: uma análise dos alunos docurso de ciências contábeis pelo método Kolb. Enfoque: Reflexão Contábil, Maringá, v. 31, n. 1, p. 53-66, 2012.

RIBEIRO, S. D. As pesquisas sobre o ensino da estatística e da probabilidade no período de 2000 a 2008: uma pesquisa a partir do Banco de Dados da CAPES. Dissertação (Mestrado Profissional em Ensino da Matemática) – Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2010.

ROBERTSON, L.; SMELLIE, T.; WILSON, P.; COX, L. Learning Styles and Fieldwork Education: Students' Perspectives. New Zealand Journal of Occupational Therapy, Vol. 58, n.1, p. 36-40, março, 2011.

SANTOS, S. S. A formação do professor não especialista em conceitos elementares do bloco tratamento da informação: um estudo de caso no ambiente computacional. Dissertação (Mestrado) – Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2003. 307 f.

SILVA, L. L. V. Estilos e estratégias de aprendizagem de estudantes universitários. 2012. Dissertação (Mestrado em Psicologia Escolar e do Desenvolvimento Humano) – Instituto de Psicologia, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2012. Disponível em: . Acesso em: 29 jun. 2017.

SPINA, C. O. C. Modelagem matemática no processo ensino-aprendizagem do cálculo diferencial e integral para o Ensino Médio. Dissertação (Mestrado) – Instituto de Geociências e Ciências Exatas, Universidade Estadual Paulista, Rio Claro, 2002.

TSENG, J. C. R.; CHU, H. C.; HWANG, G. J.; TSAI, C. C. Development of an adaptive learning system with two sources of personalization information. Computers & Education, v. 51, n. 2, p. 776–786, 2008.

ZAINA, L. A. M. Avaliação do perfil do aluno baseado em interações contextualizadas para adaptação de cenários de aprendizagem. 2008. Tese (Doutorado em Sistemas Digitais) – Escola Politécnica, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2008. Disponível em: . Acesso em: 23 jun. 2017.




DOI: http://dx.doi.org/10.17648/rsd-v7i3.161

Refbacks

  • There are currently no refbacks.


Base de Dados e Indexadores: Base, Diadorim, Sumarios.org, DOI Crossref, Dialnet, Scholar Google, Redib, Doaj, Latindex, Portal de Periódicos CAPES

Research, Society and Development - ISSN 2525-3409

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional

Rua Irmã Ivone Drumond, 200 - Distrito Industrial II, Itabira - MG, 35903-087 (Brasil) 
E-mail: rsd.articles@gmail.com