Health promotion of hypertensive and diabetic patients from the problematization of the territory

Luana Carla Braga Santana, Ticianne da Cunha Soares, Ana Paula Barros Holanda Wenzel, Bernardo Rafael Blanche, Luana Kelly Bezerra Benevides, Tamires da Cunha Soares, Gabriel Barbosa Câmara, Dayane Freitas Silva, Eduardo Carvalho De Souza

Abstract


The objective of this study was to describe the mechanisms used by nursing students to promote health and prevent diseases to hypertensive and diabetic patients assisted by a Family Health Strategy team, based on a problematic teaching and learning methodology. This is an experience report of nursing students from the Federal University of Piauí during the course of Curricular Internship I when performing an intervention project in a UBS in the city of Picos-Piauí. It was used to develop the invention project the Problematization Methodology, following the steps proposed by Charles Maguerez. There was a social action of HyperDia, individual consultations and group educational activity, involving more than one hundred patients. The objectives were achieved, making it clear that the importance of nurses is linked to the process of health education, motivating hypertensive and diabetic patients to realize awareness and self-care, knowing the great resistance of adherence to treatment, providing a systematized care with intention. to improve the quality of care, requiring more specific knowledge, planning, organizing and developing with the team individual and collective actions aimed at the promotion, prevention and recovery of the health of these patients.


Keywords


Health Education; Health promotion; Hypertension; Diabetes mellitus.

References


Berbel, N. A. N. (1995). Metodologia da Problematização: uma alternativa metodológica apropriada para o Ensino Superior. Semina: Cio Soc./Hum, 16(2), 9- 19. Acesso em 09 ago 2019. Disponível em: http://www.uel.br/revistas/uel/index.php/seminasoc/article/viewFile/9458/8240.

Brasil. Ministério da Saúde. Portaria Nº 2.488, de 21 de outubro de 2011. (2011). Aprova a Política Nacional de Atenção Básica, estabelecendo a revisão de diretrizes e normas para a organização da Atenção Básica, para a Estratégia Saúde da Família (ESF) e o Programa de Agentes Comunitários de Saúde (PACS). Brasília, DF.

Brasil. Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção à Saúde. Departamento de Atenção Básica. Estratégias para o cuidado da pessoa com doença crônica: diabetes mellitus Ministério da Saúde, Secretaria de Atenção à Saúde, Departamento de Atenção Básica. – Brasília: Ministério da Saúde, 2013.

Brasil. Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção à Saúde. Departamento de Atenção Básica. Estratégias para o cuidado da pessoa com doença crônica: hipertensão arterial sistêmica / Ministério da Saúde, Secretaria de Atenção à Saúde, Departamento de Atenção Básica. – Brasília: Ministério da Saúde, 2013.

Brasil. Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção à Saúde. (2012). Departamento de Atenção Básica. Política Nacional de Atenção Básica / Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção à Saúde. Departamento de Atenção Básica. – Brasília: Ministério da Saúde.

Brasil. Organização Mundial da Saúde. (2015). Relatório mundial de envelhecimento e saúde. Estados Unidos, 30:12.

Brasil. Sociedade Brasileira de Cardiologia (2010). VI Diretrizes Brasileiras de Hipertensão – DBH VI. Rev Bras Hipertens vol.17(1):5-6.

Carvalho Filha, F. S. S., Nogueira, L. T., & Viana, L. M. M. (2011). Hiperdia: adesão e percepção de usuários acompanhados pela estratégia saúde da família. Revista da Rede de Enfermagem do Nordeste, 12, 930-936. Acesso em 9 ago 2019. Disponível em: http://periodicos.ufc.br/rene/article/view/4380/3348

Carvalho Filha, F. S. S., Sousa, F. S., Nogueira, L. T., & Medina, M. G. (2014). Avaliação do controle de hipertensão e diabetes na Atenção Básica: perspectiva de profissionais e usuários. Saúde em Debate, 38, 265-278. Acesso em 9 ago 2019. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/sdeb/v38nspe/0103-1104-sdeb-38-spe-0265.pdf

Freitas, P. D. S., Matta, S. R., Mendes, L. V. P., Luiza, V. L., & Campos, M. R. (2018). Uso de serviços de saúde e de medicamentos por portadores de Hipertensão e Diabetes no Município do Rio de Janeiro, Brasil. Ciência & Saúde Coletiva, 23, 2383-2392. Acesso em 9 ago 2019. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/csc/v23n7/1413-8123-csc-23-07-2383.pdf

Lima, S., Gaia, M. S. E., & Ferreira, A. M. (2012). A importância do Programa Hiperdia em uma Unidade de Saúde da Família do município de Serra Talhada-PE, para adesão dos hipertensos e diabéticos ao tratamento medicamentoso e dietético. Saúde Coletiva em Debate, 2(1), 30-29. Acesso em 9 ago 2019. Disponível em: http://revistasfis.info/saudecoletiva/artigos/vol02/artigo02.pdf

Petermann, X. B., Machado, I. S., Pimentel, B. N., Miolo, S. B., Martins, L. R., & Fedosse, E. (2015). Epidemiologia e cuidado à Diabetes Mellitus praticado na Atenção Primária à Saúde: uma revisão narrativa. Saúde (Santa Maria), 41(1), 49-56. Acesso em 9 ago 2019. Disponível em: https://periodicos.ufsm.br/revistasaude/article/view/14905/pdf

Reticena, K. O., Piolli, K. C., Carreira, L., Marcon, S. S., & Sales, C. A. (2015). Percepção de idosos acerca das atividades desenvolvidas no hiperdia. Revista Mineira de Enfermagem, 19(2), 107-119. Acesso em: 9 ago 2019. Disponível em: http://www.reme.org.br/artigo/detalhes/1009

Silva, J. V. M., Mantovani, M. F., Kalinke, L. P., & Ulbrich, E. M. (2015). Avaliação do Programa de Hipertensão Arterial e Diabetes Mellitus na visão dos usuários. Revista Brasileira de Enfermagem, 68(4), 626-632. Acesso em 9 ago 2019. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S0034-71672015000400626&script=sci_abstract&tlng=pt




DOI: http://dx.doi.org/10.33448/rsd-v9i1.1492

Refbacks

  • There are currently no refbacks.


Base de Dados e Indexadores: Base, Diadorim, Sumarios.org, DOI Crossref, Dialnet, Scholar Google, Redib, Doaj, Latindex, Redalyc, Portal de Periódicos CAPES

Research, Society and Development - ISSN 2525-3409

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional

Rua Irmã Ivone Drumond, 200 - Distrito Industrial II, Itabira - MG, 35903-087 (Brasil) 
E-mail: rsd.articles@gmail.com
Facebook: https://www.facebook.com/Research-Society-and-Development-563420457493356