Main challenges in Nursing teaching: a systematic review of literature

Bruna Sayumi Ueno Rocha, Annecy Tojeiro Giordani, Leticia Ayumi Sada Fujita, Maria Aldinete de Almeida Reinaldi

Abstract


Nursing teaching has been facing several difficulties that have generated negative impacts for both the teacher and the student. This study aims to communicate the results of a consolidated analysis of data obtained in the 1st and 2nd stages of a systematic literature review, in which the main challenges of nursing teacher education in the last 15 years were investigated. This is a qualitative approach research with systematization of data called 'State of Art', contemplating the foundations of Discursive Textual Analysis for data analysis. The survey of papers with Qualis stratification A1, A2, B1 and B2 was performed in the Nursing Evaluation Area. In total 12 journals and 23 papers were found covering the theme Nursing Teaching. The main challenges observed were the lack of pedagogical preparation of the nurse teacher during and after graduation, their difficulty in re-elaborating their teaching methodologies and relying on the traditional curriculum rather than the integrated curriculum. It is suggested that the Higher Education Institutions that offer undergraduate Nursing courses, in addition to providing training for nurses in care, provide pedagogical training through disciplines focused on teaching.


Keywords


Nursing Education; Teaching; Nursing Teachers.

References


Backes, V. M. S., Moya, J. L. & Prado, M. L. (2011) Processo de construção do conhecimento pedagógico do docente universitário de enfermagem. Revista latino-americana de Enfermagem, 19(2), p.421-8, mar-abr.

Barbosa, E. C. V. & Viana, L. O. (2008) Um olhar sobre a formação do enfermeiro/docente no Brasil. Revista de Enfermagem UERJ, Rio de Janeiro, 16(3), p.339-44, jul-set.

Bassinello, G. A. H. & Silva, E. M. (2005) Perfil dos professores de ensino médio profissionalizante em enfermagem. Revista de Enfermagem UERJ, 13, p.76-82.

Brasil. Conselho Nacional de Saúde. Resolução nº 573, de 31 de janeiro de 2018. Brasília, DF. Aprova recomendações do Conselho Nacional de Saúde à proposta de Diretrizes Curriculares Nacionais do curso de graduação em Enfermagem.

Faria, J. I. L. & Casagrande, L. D. R. (2004) A educação para o século XXI e a formação do professor reflexivo na enfermagem. Revista latino-americana de Enfermagem. 12(5), p.821-7.

Franco, E. C. D., Soares, A. N. & Bethony, M. F. G. (2016) Currículo integrado no ensino superior em Enfermagem: o que dizem os enfermeiros docentes. Revista Enfermagem em Foco, 7(1), p.33-36.

Freire, P. (1996) Pedagogia da Autonomia: saberes necessários á prática educativa. 19. ed. São Paulo: Paz e terra.

Freitas, M. A. O. & Seiffert, O. M. L. B. (2016) Formação docente e o ensino de Pós-Graduação em Saúde: uma experiência na UNIFESP. Revista Brasileira de Enfermagem, Brasília, 60(6), p.635-40, nov-dez.

Fujita, L. A. S., Rocha, B. S. U. & Giordani, A. T. (2018) A Formação do Enfermeiro e suas Dificuldades na Formação Docente. Brazilian Journal of Sugery and Clinical Research – BJSCR, 24(2), set-nov.

Guariente, M. H. D. M. & Berbel, N. A. N. (2000) A pesquisa participante na formação didático-pedagógica de professores de enfermagem. Revista latino-americana de Enfermagem, Ribeirão Preto, 8(2), p.53-9, abr.

Lazzari, D. D., Martini, J. G. & Busana, J. A. (2015) Teaching in higher education in nursing: an integrative literature review. Revista Gaúcha de Enfermagem, 36(3), p.93-101, set.

Lima, R. C. D. et al. (2004) Formação pedagógica em educação profissional na área de enfermagem: expectativas dos alunos. Revista de Enfermagem UERJ. 12(3), p.356-62.

Lucchese, R. & Barros, S. (2006) Pedagogia das competências um referencial para a transição paradigmática no ensino de enfermagem: uma revisão da literatura. Acta paulista de Enfermagem. 19(1), p.92-9.

Madeira, M. Z. A. & Lima, M. G. S. B. (2007) A prática pedagógica das professoras de enfermagem e os saberes. Revista Brasileira de Enfermagem, Brasília, 60(4), p.400-4, jul-ago.

Madeira, M. Z. A. & Lima, M. G. S. B. (2008) A prática de ensinar: dialogando com as professoras de enfermagem. Revista Brasileira Enfermagem, Brasília, 61(4), p.447-53, jul-ago.

Madeira, M. Z. A. & Lima, M. G. S. B. (2010) O significado da prática docente na constituição do saber ensinar das professoras do Curso de Enfermagem da Universidade Federal do Piauí. Texto contexto – enfermagem, Florianópolis, 19(1), p.70-7, jan-mar.

Martins, H. H. T. S. (2004) Metodologia qualitativa de pesquisa. Educação e Pesquisa, São Paulo, v.30, n.2, p. 289-300. maio-ago.

Meira, M. D. D. & Kurcgant, P. (2016) Educação em enfermagem: avaliação da formação por egressos, empregadores e docentes. Revista Brasileira de Enfermagem, 69(1), p.16-22, jan-fev.

Minayo, M. C. S. (2001) Ciência, Técnica e Arte: o desafio da pesquisa social. Teoria, método e criatividade. Pesquisa Social. Petrópolis: Vozes, p. 00-9.

Moraes, R. & Galiazzi, M. C. (2006) Análise textual discursiva: processo reconstrutivo de múltiplas faces. Ciência & Educação. 12(1), p.117-28.

Oliveira, C. A. F. B. O., Almeida, C. M., Souza, N. V. D. O. Pires, A. S. & Madriaga, L. C. V. (2017) Prazer e sofrimento no trabalho: Perspectivas de docentes de Enfermagem. Revista Baiana de Enfermagem, 31(3).

Plataforma Coordenação de Aperfeiçoamento Pessoal de Nível Superior (CAPES). Portal de Periódicos.

Plataforma Sucupira, 2016.

Ponce de Leon, C. & Silva, C. C. (2006) Formação de formadores: a prática educativa de um programa de pós-graduação em Enfermagem. Revista Brasileira de Enfermagem, 59(5), p.636-41, set-out.

Ramos, F. R. S. et al. (2010) Formação de mestres em Enfermagem na Universidade Federal de Santa Catarina: contribuições sob a ótica de egressos. Revista Brasileira de Enfermagem, Brasília, 63(3), p.359-65, maio-jun.

Ribeiro, M. R. R. & Ciampone M. H. T. (2010) Aplicabilidade do pensamento complexo à prática pedagógica no ensino de graduação em Enfermagem. Ciência, Cuidado e Saúde, 9(1), p.173-78, jan-mar.

Rodrigues, J. & Mantovani, M. F. (2007) O docente de Enfermagem e sua representação sobre a formação profissional. Escola Anna Nery, 11(3), p.494-9.

Rodrigues, M. T. P. & Mendes Sobrinho, J. A. C. (2008) Obstáculos didáticos no cotidiano da prática pedagógica do enfermeiro professor. Revista Brasileira de Enfermagem, Brasília, 61(4), p.435-40, jul-ago.

Romanowski, J. A. & Ens R. T. (2006) As pesquisas denominadas do tipo “estado da arte” em educação. Diálogo Educação, Curitiba, 6(16), p.37-50. set-dez.

Santos, S. M. R. et al. (2011) Licenciatura e bacharelado em Enfermagem: experiências e expectativas de estudantes. Revista Gaúcha de Enfermagem, Porto Alegre, 32(4), p.32-4, dez.

Sebold, L. F. & Carraro, T. E. (2013) Autenticidade do ser-enfermeiro-professor no ensino do cuidado de enfermagem: uma hermenêutica Heideggeriana. Texto contexto – enfermagem, Florianópolis, 22(1), p.22-8, jan-mar.

Szewcyk, M. S. C., Lopes, F. L., Cestari M. E. C. et al. (2005) Refletindo sobre a educação e o trabalho da Enfermagem à luz das ideias de Paulo Freire: a possibilidade de um novo olhar para a educação. Ciência, Cuidado e Saúde, Maringá, 4(3), p.276-83, set-dez.

Teixeira, E. & Vale, E. G. (2010) Desafios para reinventar o ensino e perspectivas para o curso de graduação em Enfermagem. Revista Enfermagem em Foco, 1(2), p.55-8.




DOI: http://dx.doi.org/10.33448/rsd-v9i5.1487

Refbacks

  • There are currently no refbacks.


Base de Dados e Indexadores: Base, Diadorim, Sumarios.org, DOI Crossref, Dialnet, Scholar Google, Redib, Doaj, Latindex, Portal de Periódicos CAPES

Research, Society and Development - ISSN 2525-3409

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional

Rua Irmã Ivone Drumond, 200 - Distrito Industrial II, Itabira - MG, 35903-087 (Brasil) 
E-mail: rsd.articles@gmail.com