Conventional masonry and light steel framing comparative analysis: a case study in unifammary residence in Teófilo Otoni, MG

Pedro Emílio Amador Salomão, Alan Deivid Alves Soares, Larissa Petrini Alves Lorentz, Larissa Tatiane Gonçalves de Paula

Abstract


The search for constructive alternatives that are more efficient, sustainable and fast in order to increase productivity and to meet the increasing demand of the Market has been one of the great challenges for the construction industry. In order to meet this demand a new construction method known as Light Steel Framing (LSF) has been a great alternative, although it is better known in  developed countries in Brazil, its practice has been diffused and used gaining even more space in the providing a fast and quality construction. In this work a comparative analysis was performed between the Light Steel Framing system and Conventional Masonry through a project of a model house of a floor with the objective of presenting the main differentials between these constructive systems in single family homes. With the projects defined, a quantitative survey of the materials used is done and the compositions of the main elements that differ between both systems are assembled. Through the surveys it was possible to identify the unit costs of each item and to carry out an analysis of the results obtained highlighting the main differences. The results showed that the LSF system presents as an industrialized system presenting higher productivity, having a clean, dry, and sustainable construction, besides presenting low weight, however, in relation to the cost of the work, the study presented the LSF system as less advantageous when compared to conventional masonry, presenting 18,09% more expensive. Knowing that the Light Steel Framing system has so many technical advantages with greater feasibility of execution over the conventional masonry system already proven with this study, it is concluded that professionals in the field of construction should encourage more entrepreneurs and contractor to use this type of construction.


Keywords


Light Steel Framing. Steel. Feasibility.

References


Alves, L. P. (2015). Comparativo do custo benefício entre o sistema construtivo em alvenaria e os sistemas steel frame e wood frame. Uberlândia, SP..

ARAÚJO, Rodrigues & Freitas (2001). Apostila de Concreto Armado. UFFRJ, 2006. ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR 14715-1: chapas de gesso acartonado – parte 1: requisitos. Rio de Janeiro: ABNT, 2001.

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR 14715-2: chapas de gesso acartonado – parte 2: chapas de gesso para ―drywall‖. Rio de Janeiro: ABNT, 2001.

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR 15253: Perfis de aço

formados a frio, com revestimento metálico, para painéis reticulados em edificações. Rio de Janeiro, 2005.

BERTOLINI, Hibran Osvaldo Lima (2013). Construção via obras secas como fator de produtividade e qualidade. 2013. Projeto de Graduação (Engenheiro Civil). Escola Politécnica. Rio De Janeiro.

CICHINELLI, Gisele. Revestimento em PVC (2012). Revista Equipe de Obra. 50. ed.

CONSUL STEEL. Construccion con acero liviano: manual de procedimiento. Buenos Aires: Consul Steel, 2002. 127p.

DALTRO, Adnauer Tarquínio; PAGIOLLI, Tales de Mileto; SINGULANE, Marcos Vinicius de Carvalho. Tubulações para habitação de interesse social em Light Steel Framing.

DOMARASCKI, C. S.; FAGIANI, L. S (2009). Estudo comparativo dos sistemas construtivos: Steel Framing, Concreto PVC e Sistema Convencional. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharel em Engenharia Civil). Centro Universitário da Fundação Educacional de Barretos. Barretos, 75p.

FARIAS, João Lopes (2013). Estudo de viabilidade técnica e econômica do uso do método construtivo Light Steel Framing numa residência unifamiliar de baixa renda. 2013. Projeto de Graduação (Bacharel em Engenharia Civil). Universidade Federal do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 2013.

FACCO, Isabela Rossatto (2014). Sistemas construtivos industrializados para uso em habitações de interesse social. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharel em Engenharia Civil). Universidade Federal de Santa Maria, Santa Maria. 85p.

FERREIRA, Vitor Pinheiro (2016). Estudo comparativo entre sistemas construtivos: Alvenaria Convencional e Light Steel Framing. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharel em Engenharia Civil). Universidade Católica de Brasília. Brasília, 31p.

GASPÁR, André Poças (2013). Construção de edifícios de habitação em Light Steel Framing: Alternativa viável à construção tradicional. 2013. Dissertação (Mestre em Arquitetura). Universidade Lusófona do Porto. Porto. 152p.

GERHARDT, Tatiana Engel; SILVEIRA, Denise Tolfo (2009). Métodos de Pesquisa. 1ª Ed. Porto Alegre: Editora da UFRGS.

GIL, A.C.(2009) Como elaborar projetos de pesquisa. 4. ed. São Paulo: Atlas, 2007 GOMES, Ainda Soares. Contribuição para a caracterização da mão-de-obra do sistema Light Steel Framing: Um Estudo De Caso No Município De Criciúma– SC. 2009. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharel em Engenharia Civil). Universidade do Extremo Sul Catarinense, UNESC. Criciúma. 2009.

HASS, Deleine Christina Gessi and MARTINS, Louise Floriano (2011). Viabilidade Econômica do uso do sistema construtivo Steel Framing como método construtivo para habitações sociais. Curitiba.

HOME LUX ARQUITETURA (2017). Construção sem tijolos: Steel Framing.

INTERNATIONAL ORGANIZATION FOR STANDARDIZATION. ISO 6241: Performance standards in buildings - principles for their preparation. London, 1984.

KLEIN, B. G; MARONEZI, V. Comparativo orçamentário dos sistemas construtivos em alvenaria convencional, alvenaria estrutural e light steel Framing para construção de conjuntos habitacionais. 2013. 141 f. Trabalho de Conclusão de Curso – Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Pato Branco, 2013.

LOURENZO, Claydmar Hudson; et al. Análise Comparativa Dos Sistemas Construtivos: Light Steel Framing e Alvenaria Estrutural. Revista Pensar Engenharia, v.3, n. 1, Jan./2015.

MALAFAIA, M. Casa com Framing de madeira e paredes de OSB. Téchne, São Paulo, n. 69, p. 67–70, dez. 2002

MALHOTRA, Naresh. Introdução à pesquisa de marketing. São Paulo: Prentice Hall, 2005.

OLIVEIRA, Gustavo Ventura. Análise comparativa entre o sistema construtivo em Light Steel Framing e o sistema construtivo tradicionalmente empregado no nordeste do Brasil aplicados na construção de casas populares. 2012. 78 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação) – Curso de Engenharia Civil. Universidade Federal da Paraíba, João Pessoa, 2012.

POÇAS, Carlos Henrique Felipe. Análise De Custo Para Sistema Construtivo Em Light Steel Framing Como Alternativa Para Projeto De Moradia Popular Da Caixa Econômica Federal. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharel em Engenharia Civil). Universidade Tecnológica Federal do Paraná – UTFPR, Campo Mourão. 2014

PRUDÊNCIO, M. V. M. V. Projeto e Análise comparativa de custo de uma residência unifamiliar utilizando os sistemas construtivos convencional e light steel framing. 2013. 66f. Monografia (Trabalho de Conclusão de Curso, Graduação 98 em Engenharia de Produção Civil) — Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Campo Mourão, 2013.

SANCHES, Conrado D.; SATO, Lucas F. Estudo Comparativo dos Sistemas Construtivos: Steel Framing, Concreto PVC e Sistema Convencional. Monografia (Engenharia Civil) 2009. Centro Universitário da Fundação Educacional de Barretos. 2009.

SANTIAGO, Alexandre Kokke; FREITAS, Arlene Maria Sarmanho; CASTRO, Renata Cristina Moraes. Manual de construção em aço Steel Framing: Arquitetura. 2. ed. 2012.

SANTIAGO A. K.; RODRIGUES M. N.;OLIVEIRA M. S. De. Light Steel Framing Como

Alternativa Para A Construção De Moradias Populares. 2010. Construmetal – Congresso Latino-Americano Da Construção Metálica. São Paulo. 31 de agosto de 2010.

SOUSA, A. M. J. de; MARTINS, N. T. B. S. Potencialidades e obstáculos na implantação do sistema Light Steel Framing na construção de residências em Palmas-TO. Trabalho de Conclusão de Curso. Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Tocantins.

Palmas – TO. 2009.

TERNI, A. W.; SANTIAGO, A. K.; PIANHERI, J. Como construir steel framing: estrutura. Revista Techné, 137. ed., v. 16, agos. 2008.

VASQUES, Caio Camargo Penteado Correa Fernandes (2014). Comparativo de sistemas construtivos, convencional e Wood Framing em residências unifamiliares.

Salomão, P. E. A., Suski, A., Pinheiro, W. F., & de Amorim Andrade, A. L. (2019). Corrosion protection study in construction steel armor. Research, Society and Development, 8(1), 181504.




DOI: http://dx.doi.org/10.33448/rsd-v8i9.1268

Refbacks

  • There are currently no refbacks.


Base de Dados e Indexadores: Base, Diadorim, Sumarios.org, DOI Crossref, Dialnet, Scholar Google, Redib, Doaj, Latindex, Redalyc, Portal de Periódicos CAPES

Research, Society and Development - ISSN 2525-3409

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional

Rua Irmã Ivone Drumond, 200 - Distrito Industrial II, Itabira - MG, 35903-087 (Brasil) 
E-mail: rsd.articles@gmail.com
Facebook: https://www.facebook.com/Research-Society-and-Development-563420457493356