Results of the truck strike (2018): a hybridism of bilionary statistics and diesel oil in the face of macroeconomics

Henrique Nogueira Moura, José Barreiro Lemos Neto, Vanessa Érica da Silva Santos, Fernanda Beatryz Rolim Tavares

Abstract


The present work uses a literature review in order to present characteristics and information related to direct impacts directly generated in the Brazilian economy in the face of a fuel crisis linked to the event of the truck drivers' strike. This crisis affected the main economic points triggered by the phenomenon of the demonstrators of the truck drivers in the federal and state highways of Brazil. The general objective of the study is to synthesize information through political and economic references. So they will discuss the data losses the most relevant macroeconomic preliminarily - and therefore understand the phenomenon of strike by truckers and their direct relationship in the economic chain when there is high dependence on road service under alert grievances that will pass for a long time. The result of the most expressive social movement in the first half of 2017 through a research of quantitative nature, descriptive research technique under research methods: statistical, historical and comparative. The statistical survey comes from the following sources: main magazines, newspapers, specialists, specialized data platforms. On the context, one can understand how much downtime influenced Brazil's economy, as well as have the possibility to create a parameter to the socioeconomic dimensions triggered by such phenomena. Data show that losses ranged from R $ 75 billion to R $ 100 billion. In view of the strike, expected financial market inflation from 3.65% to 3.82%, and the Gross Domestic Product (GDP) decline dropped from 2.18% to 1.94% this year (2018).


Keywords


Strike of the truck drivers; Diesel; Macroeconomics.

References


Anjos, L. (2018). Representante de caminhoneiros em MT diz que greve não se resume à redução do diesel e cita outras reivindicações. Acesso em 23 de maio, 2019, em .

BRASIL, Constituição Federal. Supremo Tribunal Federal. Recurso extraordinário, v. 654432, 2017.

Bonfanti, C. (2018). Greve de caminhoneiros vai piorar emprego, inflação e PIB, dizem analistas. Acesso em 23 de maio, 2019, em .

Borges, R. (2018) Nove dias de greve dos caminhoneiros, bilhões de reais em prejuízo e más notícias para o PIB. El País. Acesso em 23 de maio, 2019, em .

Castro, Jr. (2018) 7 perguntas sobre o mercado de combustíveis no Brasil. Nexojornal, 2018. Disponível em: . Acesso em: 02 de maio de 2019.

Dieese. (2018) A escalada do preço dos combustíveis e as recentes escolhas da política do setor de petróleo. Dieese, Nota Técnica N. 194, 26 de maio de 2018. Disponível em: . Acesso em: 25 de maio de 2019.

Farias, M. A. S.; Wissmann, A. D. M.; Bauer, A. L. (2017). Já pintei no para-choque o nome dela: uma análise das manifestações dos caminhoneiros em 2015. ANIJUÍ, XXII Jornada de Pesquisa.

Maakaroun, B. (2018). Quanto vai custar a greve dos caminhoneiros à economia brasileira? Acesso em 23 de maio, 2019, em .

Machado, C. C.; Lopes, E. S.; Birro, M. H. B.; Machado, R. R. (2009) Transporte rodoviário florestal. Viçosa: Editora da Universidade Federal de Viçosa; 2° Edição, 217 p, 2009.

Martello, A. (2018). Pós greve dos caminhoneiros, mercado projeta inflação maior e vê alta do PIB abaixo de 2% em 2018. Acessado em 23 de maio, 2019, em .

Mota, C. V. (2018) 6 perguntas para entender a alta de preços da gasolina e do diesel. BBC News Brasil, 2018. Disponível em: . Acesso em: 20 de fevereiro de 2019.

Moura, R. (2018). A cronologia da crise do diesel, do controle de preços de Dilma à greve dos caminhoneiros. Acesso em 23 de maio, 2019, em .

Negrão, H. (2018) 1/3 da produção de calçados está parada dentro das fábricas, diz Abicalçados. Acesso em 23 de maio, 2019, em .

Pereira, A.S.; Shitsuka, D.M.; Parreira, F.J. & Shitsuka, R. (2018). Metodologia da pesquisa científica. Editora UAB/NTE/UFSM, Santa Maria/RS. Acesso em 23 de maio, 2019, em .

Seixas, F. (1992) Uma metodologia de seleção e dimensionamento da frota de veículos rodoviários para o transporte principal de madeira. 106 f. Tese (Doutorado em Engenharia de Transportes) – Universidade de São Paulo, São Carlos, SP, 1992.

Silva, C. (2018). Greve de caminhoneiros deixa rastro de prejuízos bilionários em todo o País. Acesso em 23 de maio, 2019, em .

Trindade, R. G. (2018). Garantia, previsão e limitações ao direito de Greve. Acesso em 23 de maio, 2019, em .

Watanabe, S.; Leitão, S.; Ferreira, J. (2018). Chegou a hora de falar sobre imposto de carbono no Brasil. Policy Brief, n. 1.




DOI: http://dx.doi.org/10.33448/rsd-v8i7.1164

Refbacks

  • There are currently no refbacks.


Base de Dados e Indexadores: Base, Diadorim, Sumarios.org, DOI Crossref, Dialnet, Scholar Google, Redib, Doaj, Latindex, Redalyc, Portal de Periódicos CAPES

Research, Society and Development - ISSN 2525-3409

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional

Rua Irmã Ivone Drumond, 200 - Distrito Industrial II, Itabira - MG, 35903-087 (Brasil) 
E-mail: rsd.articles@gmail.com
Facebook: https://www.facebook.com/Research-Society-and-Development-563420457493356