Test about the Epistemological Obstacles presents in methodological strategies in Chemistry Teaching, a bibliography review

Marcelo Henrique Freitas Saraiva Guerra, Ana Karine Portela Vasconcelos, Caroline de Goes Sampaio, Caroline de Goes Sampaio, Gabriela Clemente Brito Saldanha, Gabriela Clemente Brito Saldanha

Abstract


This article is characterized by a bibliographical review regarding the elements for the understanding of the epistemological obstacles proposed by Gaston de Bachelard, which originates from Physics, but analyzed from the Teaching of Chemistry. This research seeks to point out some relevant aspects regarding the use of methodological strategies used by professors of Chemistry in an attempt to facilitate the content, but that when not well used can create impediments in the learning of scientific knowledge. Thus, the research establishes registered references in the academic productions about these obstacles that are usually identified in the development of the acquisition of knowledge of Chemistry in the classroom.


Keywords


Epistemological Obstacles; Chemistry teaching; Bachelard.

References


Adrover, J., & Duarte, A. (1996). El uso de las analogías en la enseñanza de las ciencias. Investig. psicol, 1(1), 39-63.

Aragão, R. M. R. (1993). Reflexões sobre ensino, aprendizagem, conhecimento. Revista de Ciência e Tecnologia, 2(3), 7-12.

Bachelard, G. (1996). A formação do espírito científico. Rio de janeiro: Contraponto, 7.

Costa, A. A. F., & Souza, J. R. T. (2013). Obstáculos no processo de ensino e de aprendizagem de cálculo estequiométrico. Amazônia: Revista de Educação em Ciências e Matemáticas, 10(19), 106-116.

Costa, R. C. (1998). Os obstáculos epistemológicos de Bachelard eo ensino de Ciências. CADERNOS DE EDUCAÇÃO, 11, 153.

Curtis, R. V., & Reigeluth, C. M. (1984). The use of analogies in written text. Instructional Science, 13(2), 99-117.

Duit, R. (1991). On the role of analogies and metaphors in learning science. Sci. Ed., 75 (6), 649-672. In Junior, W. E. F. (2009). Analogias em livros didáticos de química: um estudo das obras aprovadas pelo Plano Nacional do Livro Didático Para o Ensino Médio 2007. Ciências & Cognição, 14(1), 121-143.

Feltre, R. Química. 6. ed., Editora Moderna, São Paulo, 2004.

Granda, L. P., Maximovitch, M. C., & Faria, A. G. V. (2017). Obstáculo Epistemológico na Aprendizagem do Conceito de Viscosidade. Revista Debates em Ensino de Química, 1(1), 62-71.

Gomes, H. J. P., & Oliveira, O. B. (2007). Obstáculos epistemológicos no ensino de ciências: um estudo sobre suas influências nas concepções de átomo. Ciências & Cognição, 12.

Gonçalves, F. P., & Marques, C. A. (2016). Contribuições pedagógicas e epistemológicas em textos de experimentação no ensino de química. Investigações em Ensino de Ciências, 11(2), 219-238.

Leite, V. M., SILVEIRA, H. E., & Dias, S. S. (2006). Obstáculo Epistemológicos em Livros Didáticos: Um estudo das imagens de átomos. Revista Virtual Candombá, 2(2), 72-79.

Lopes, A. R. C. (2007). Livros didáticos: obstáculos verbais e substancialistas ao aprendizado da ciência química. Revista brasileira de Estudos pedagógicos, 74(177).

Lopes, A. R. C. (1990). Livros didáticos: obstáculos ao aprendizado da ciência química (Doctoral dissertation).

Lopes, A. R. C. (1993). Contribuições de Gaston Bachelard ao ensino de ciências. Enseñanza de las ciencias: revista de investigación y experiencias didácticas, 11(3), 324-330.

Machado, D. de Q., Matos, F. R. N., & Pinheiro, L. V. de S. (2013). Barreiras ao pensamento e ao conhecimento científico: um debate sobre os ídolos do intelecto de Francis Bacon e os obstáculos epistemológicos de Gaston Bachelard. Contextus, 11(1).

Monteiro, I. G., & Justi, R. S. (2000). Analogias em livros didáticos de química brasileiros destinados ao ensino médio. Investigações em ensino de ciências, 5(2), 67-91.

Novais, V. L. D. de; Antunes, M. T. Vivá: química. Curitiba: Positivo, 2016.

Reis, J. M. C., & Kiouranis, N. M. M. (2013). Identificando obstáculos epistemológicos em conteúdos de cinética Química. Enseñanza de las ciencias, (Extra), 00850-854.

Ribeiro, M. A. P. (2014). Integração da filosofia da química no currículo de formação inicial de professores: contributos para uma filosofia do ensino.

Santos, W. L. P. dos; et al. Química cidadã. São Paulo: Editora AJS, 2016.

Taber, K. S. (2015). Epistemic relevance and learning chemistry in an academic context. In Relevant chemistry education (pp. 79-100). Brill Sense.




DOI: http://dx.doi.org/10.33448/rsd-v8i7.1113

Refbacks

  • There are currently no refbacks.


Base de Dados e Indexadores: Base, Diadorim, Sumarios.org, DOI Crossref, Dialnet, Scholar Google, Redib, Doaj, Latindex, Redalyc, Portal de Periódicos CAPES

Research, Society and Development - ISSN 2525-3409

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional

Rua Irmã Ivone Drumond, 200 - Distrito Industrial II, Itabira - MG, 35903-087 (Brasil) 
E-mail: rsd.articles@gmail.com
Facebook: https://www.facebook.com/Research-Society-and-Development-563420457493356