Naziazeno, a problematic hero: his pedagogical potential in social struggles

Ciro Almeida da Silva, Solonildo Almeida da Silva, Sandro César Silveira Jucá, Simone Cesar da Silva

Abstract


This paper analyzes "The rats" of Dyonélio Machado, published in 1935. The work was framed in what is conventionally called the 1930 novel. It concerns to evidence the contradictions within the bourgeois world. The assumed presupposition was that to discuss injustice and social inequality Machado forges a protagonist who does not fit into any archetype, in other words, a problematic hero, mentioned in Lukacs' work on modern novel. Thus, the aim of the research is to generate a reflection that promotes the sense of justice and understanding of the society's dynamics using as a motivating pillar the reading of the novel on screen. The starting hypothesis is that the problematic hero, through his unsuitable urban life, denounces capitalism. Methodologically, a bibliographic review was accomplished. In this study, it was opted for a qualitative approach based on the questions that are posed. It is worth mentioning that a literature review was done approaching the theme of the importance of social models and the social meaning of education. The research results provided tools for reflection on the understanding that education can not be neutral, as Freire's pedagogy emphasizes. This article concluded that we can through the literature collaborate with a teaching that relates literary knowledge to social problems and class struggle.


Keywords


Literature; Education; Hero; Society.

References


Almeida, R. R. de. (2012). Reificação e totalidade à luz de história e consciência de classe (1923) de György Lukács. 111 f. Dissertação (Mestrado em Filosofia) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2012. Disponível em: < https://tede2.pucsp.br/handle/handle/11605>. Acesso em: 09 mar. 2019.

Arantes, A. C. (2008). O estatuto do anti-herói: estudo da origem e representação, em análise crítica do Satyricon, de Petrônio e Dom Quixote, de Cervantes. Universidade Estadual de Maringá. Maringá. Disponível em: . Acesso em: 01 set. 2018.

Arrigucci Jr., D. (2000). O cacto e as ruínas: A poesia entre outras artes. São Paulo: Duas Cidades; Ed. 34, 2000. 160 p. (Coleção Espírito Crítico). Disponível em: . Acesso em: 01 set. 2018.

Bello, M. D. R. L. (2001). Narrativa literária e narrativa fílmica: o caso de Amor de Perdição. Lisboa. Disponível em: . Acesso em: 10 mar. 2019.

Boaretto, C. T. (2009). O discurso narrativo de Os ratos: a voz da crítica e a linguagem cinematográfica. 112 f. Dissertação (Mestrado em Literatura) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2009. Disponível em: . Acesso em: 10 mar. 2019.

Bôas, B. V. (2018). IBGE: Renda do 1% mais rico é 36 vezes a média da metade mais pobre. Valor Econômico, São Paulo, p. 1-1, 11 abr. 2018. Disponível em: https://www.valor.com.br/brasil/5444749/ibge-renda-do-1-mais-rico-e-36-vezes-media-da-metade-mais-pobre. Acesso em: 9 mar. 2019.

Brasil. LDB (1996). Leis de diretrizes e bases da educação nacional: Lei no 9.394/1996 – Lei no 4.024/1961. Coordenação de Edições Técnica. Edição atualizada até março de 2017. ed. Brasília: Senado Federal, [Biênio 2017 – 2018]. 58 p. (Série Legislação Brasileira). Disponível em: . Acesso em: 01 set. 2018.

Brasil. S. d. E. F. (1997). Parâmetros curriculares nacionais: língua portuguesa /Secretaria de Educação Fundamental. – Brasília: 144p. Disponível em: . Acesso em: 09 mar. 2019.

Camargo Junior, I. d. (2018). Mikhail Bakhtin na linguagem cinematográfica. Disponível em: . Acesso em: 09 mar. 2019

Cardoso, F. J. d. (2013). De dependentes a pobres diabos: um breve percurso da pobreza na literatura brasileira. Dissertação (Mestrado). Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Letras. Programa de Pós-Graduação em Letras, 2013, 131 p. Disponível em: . Acesso em: 01 set. 2018.

Cavalcanti, J. A. (2008). Na cidade dos homens invisíveis, São Paulo: Revista Travessias número 02. Disponível em: . Acesso em 01 set. 2018.

Charlot, B. (2013). A mistificação pedagógica: realidades sociais e processos ideológicos na teoria da educação / Bernard Charlot; tradução Maria José do Amaral Ferreira. Ed. rev. e ampl. ed. São Paulo: Cortez Editora, [ (Coleção docência em formação: saberes pedagógicos / coordenação Selma Garrido Pimenta) ]. 414 p.

Cowen, R., KAZAMIAS, A., & Ulterhalter, E. (2012) (Orgs). Educação comparada: panorama internacional e perspectivas. – Brasília: UNESCO, CAPES, 2v.

D’Angelo, M. (2011). Saber-Fazer Filosofia: Pensadores Contemporâneos. Aparecida, SP: Idéias & Letras. – (Coleção Saber-Fazer Filosofia 3)

Engels, F. (2008). A situação da classe trabalhadora na Inglaterra / Friedrich Engels; tradução B. A. Schumann. 1. ed. São Paulo: Boitempo. 383 p.

Estadão. (2018). Combate à fome no Brasil se estagnou, afirma ONU. Revista EXAME, São Paulo, p. 1-1, 11 set. 2018. Disponível em: . Acesso em: 9 mar. 2019.

Feijó, M. C. (1984). O que é herói. São Paulo: Brasiliense.

Ferry, L. (2012). A sabedoria dos mitos gregos [recurso eletrônico]: aprender a viver II / Luc Ferry; tradução Jorge Bastos. - Rio de Janeiro: Objetiva. recurso digital. [ (Tradução de: La sagesse des mythes: aprendera à vivre 2) ]

Fonseca, L. S. (1995). Trabalho, conhecimento e fome: um olhar sobre um grupo de adolescentes, que faz de sua atividade na Ceasa/RS, uma estratégia de sobrevivência. 1995. 188 p. Dissertação (Mestrado em Educação) - Faculdade de Educação. Programa de Pós-Graduação em Educação, Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Porto Alegre. Disponível em: < https://lume.ufrgs.br/handle/10183/180587>. Acesso em: 01 set. 2018.

Freire, P. (1972). Pedagogy of the oppressed. London: Sheed & Ward. Disponível em: < http://www.msu.ac.zw/elearning/material/1335344125freire_pedagogy_of_the_oppresed.pdf>. Acesso em: 21 fev. 2018.

Gil, A. C. (2002). Como elaborar projetos de pesquisa. 4. ed. São Paulo: Atlas. 175 p.

Gomes, I. F. (2012). Um estudo da personagem Raskólnikov da obra Crime e Castigo de Dostoievski. Anais Eletrônicos do VI Colóquio de Estudos Literários. FERREIRA, Cláudia C.; SILVA, Jacicarla S.; NOGUEIRA, Sônia R. (Orgs.) Diálogos e Perspectivas, Londrina (PR), 06, 07 e 28 de novembro de 2012. Disponível em: . Acesso em: 01 set. 2018.

Gonçalves, A. P. (2010). O Rato que vê, o olho que rói: um estudo multifocal de Os Ratos, de Dyonélio Machado. Dissertação (Mestrado em Literatura Brasileira) – Instituto de Letras, Universidade do Estado do Rio de Janeiro, 109 p. Disponível em: . Acesso em: 01 set. 2018.

Gouveia, L. B. (2010). Par penitence les cumandet a ferir: A legitimação do combate contra os pagãos na Chanson de Roland e na Chanson de Guillaume. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8138/tde-24092010-115001/>. Acesso em: 09 mar. 2019.

IFCE, I. F. C. E. (2017). Campus Maranguape – CE. Curso de especialização Lato Sensu em Ensino na Educação Básica, no Centro de Referência do IFCE em Maranguape n. RESOLUÇÃO N° 115, de 27 de nov. de 2017. RESOLUÇÃO N° 115 DE 27 DE NOVEMRO DE 2017. Projeto Pedagógico – Curso de Especialização em Ensino na Educação Básica - Campus Maranguape. Comissão de Elaboração: Fabiano Geraldo Barbosa; Joyce Carneiro de Oliveir. 2017. ed. Maranguape, v. 1, p. 1-27, nov. 2017. Aprova a criação do curso de Especialização Lato Sensu em Ensino na Educação Básica no Centro de Referência do IFCE em Maranguape. Disponível em: . Acesso em: 01 set. 2018.

Klauck, A. P. (2009). O herói problemático de Georg Lukács: aplicação da teoria em Os ratos, de Dyonélio Machado. Santa Catarina, Universidade do Contestado, número 12, II Semestre: Revista Voz das Letras, 1990.

Lima, A. C. B. R. (2008). A relação entre a arquitetura e a literatura a partir da crítica, da história e da teoria. Arquitetura Revista, [S.l.], v. 4, n. 2, p. 8-16, dez. Disponível em: . Acesso em: 01 set. 2018.

Lukács, G. (2003). História e consciência de classe: estudos sobre a dialética marxista/ Georg Lukács; tradução Rodnei Nascimento; revisão da tradução Karina Jannini. São Paulo: Martins Fontes. – (Tópicos).

Machado, D. (2004). Os ratos. São Paulo: Planeta do Brasil.

Munoz, A. M. (1985). Expressão do corpo e desenvolvimento pessoal. 1985. Dissertação (Mestre em Educação) - Fundação Getúlio Vargas. Instituto de Estudos Avançados em Educação. Departamento de Psicologia da Educação, Rio de Janeiro, 1985. Disponível em: http://hdl.handle.net/10438/9125. Acesso em: 10 mar. 2019.

Paes, J. P. (1990). Aventura literária: Ensaios sobre ficção e ficções. São Paulo: Companhia das Letras.

Paes, J. P. (1990). O pobre diabo no romance brasileiro. Novos Estudos CEBRAP. Disponível em: . Acesso em: 01 set. 2018.

Paz, O. (2009). Signos em rotação, São Paulo: Perspectiva.

Santos Neto, A. B. dos. (2013). Trabalho e Tempo de Trabalho: na perspectiva marxiana. 1. ed. São Paulo: Instituto Lukács. 168 p.

Santos, M. R. d. (2017). Memória Literária | Dyonelio Machado: Confronto permanente com a realidade. Disponível em: < http://www.candido.bpp.pr.gov.br/modules/conteudo/conteudo.php?conteudo=1313 >. Acesso em: 01 set. 2018.

Schenkel, L. d. M. (2009). A Demanda Do Santo Graal E Seus Entrecruzamentos. Disponível em: . Acesso em: 09 mar. 2019.

Silva, T. T. d. (2013). Pobre diabo, cidade e favor: uma análise de "Os Ratos". Dissertação (Mestrado). Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Letras. Programa de Pós-Graduação em Letras, 131 p. Disponível em: . Acesso em: 01 set. 2018.

Unesco, (2010). Representação no Brasil - Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e a Cultura. Educação um tesouro a descobrir: Relatório para a UNESCO da Comissão Internacional sobre Educação para o século XXI. 2010. ed. Brasil: Publicado Pelo Setor de Educação da Representação da UNESCO No Brasil, Com O Patrocínio da Fundação Faber-Castell, 43 p. v. 1. Disponível em: . Acesso em: 01 set. 2018.




DOI: http://dx.doi.org/10.33448/rsd-v8i6.1064

Refbacks

  • There are currently no refbacks.


Base de Dados e Indexadores: Base, Diadorim, Sumarios.org, DOI Crossref, Dialnet, Scholar Google, Redib, Doaj, Latindex, Redalyc, Portal de Periódicos CAPES

Research, Society and Development - ISSN 2525-3409

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional

Rua Irmã Ivone Drumond, 200 - Distrito Industrial II, Itabira - MG, 35903-087 (Brasil) 
E-mail: rsd.articles@gmail.com
Facebook: https://www.facebook.com/Research-Society-and-Development-563420457493356