Interactive and experimental classes as a facilitator of the teaching-learning process of sound waves

Fábio Andrade de Moura, Walmir Benedito Reis Tavares, Onivaldo Carvalho dos Santos

Abstract


Knowing the difficulties in Physics Teaching in the public schools of a city in the northern region of Brazil, we propose, in this research, a methodology of teaching through an interactive and experimental class with the contribution of meaningful learning. The main objective of this research is to make feasible the use of the proposed methodology considering the planning of the teacher when valuing the students' view about this proposal. We apply this methodology when teaching sound waves classes in four classes of 3rd year of two public schools. During the research we carried out questionnaires before and after school to understand the opinion of the students about the local educational reality, if during the lessons there was learning and we also questioned if the methodology used in the classes was useful to facilitate the teaching-learning process. The results showed that the local educational reality needs to be reviewed so that the learning process occurs in a significant way, besides showing that there was learning during this research there was significant learning about the main topics of sound waves. Thus, the research showed the feasibility of using the methodology in schools that do not have advanced didactic resources.


Keywords


Physics Teaching; Experimental Activities; Meaningful Learning

References


Andrade, F. G. et al. (2012). Principais Dificuldades Enfrentadas pelos Professores de Química do CEIPEV e Contribuição do PIBID para Superá-las. In: 2º Congresso químico do Brasil. Rio Grande do Norte (Natal). Universidade Federal do Rio Grande do Norte. p. 10.

Barbosa, E. F. (2008). O Uso do Software Geogebra como Ferramenta que Pode Facilitar o Processo Ensino Aprendizagem da Matemática no Ensino Fundamental Séries Finais. Ser Professor Universitário. p. 5.

Bastos, V. C.; et al. (2014). Recursos Didáticos para o Ensino de Biologia: o que pensam as/os docentes. In: V ENEBIO e II Erebio regional 1. Revista da SBEnbio. nº. 7. p. 10.

Borges, A. (2002). Novos rumos para o laboratório escolar de ciências. Caderno Brasileiro de Ensino de Física, 19(3), 291-313. doi: https://doi.org/10.5007/%x

Brasil. (1999). Secretaria de Educação Média e Tecnológica. Parâmetros Curriculares Nacionais para o Ensino Médio, Conhecimento de Física. Brasília.

Brasil. (2002). Secretaria de Educação Média e Tecnológica. Parâmetros Curriculares Nacionais para o Ensino Médio, Conhecimento de Física. Brasília.

Bulgraen, V. C. (2010). O Papel do Professor e sua Mediação nos Processos de Elaboração do Conhecimento. Revista Conteúdo, Capivari. v. 1, nº. 4.

Cardoso, F. S. (2012). O Uso de Atividades Práticas no Ensino de Ciências: na busca de melhores resultados no processo ensino aprendizagem. Monografia. Centro Universitário Univates. Lajedo/PE. p. 56.

Cerbaro, B. Q. (2009). Experimentos para Ensino Médio de Física: compilando e testando experimentos didáticos no contexto curricular. In: X Salão de Iniciação Científica – PUCRS.

Costa Junior, E. et al. (2017). Um estudo estatístico sobre o aproveitamento em Física de alunos de ensino médio e seus desempenhos em outras disciplinas. Revista Brasileira de Ensino de Física, 39(1), e1403. Epub October 24, 2016.https://dx.doi.org/10.1590/1806-9126-rbef-2016-0145

Gil, A. C. (2002). Como Elaborar Projetos de Pesquisa. São Paulo: Atlas.

Moreira, M. A. (2012). O que é Afinal Aprendizagem Significativa? Universidade Federal do Mato Grosso. Programa de Pós-Graduação em Ensino de Ciências Naturais. Instituto de Física. Cuiabá/MT.

Moura, D. A; Neto, P. B. (2011). O Ensino de Acústica no Ensino Médio por Meio de Instrumentos Musicais de Baixo Custo. Revista Física na Escola. v. 12, n. 1, p. 12-15.

Moura, F. A. (2018). Ensino de Física por Investigação: Uma Proposta para o Ensino de Empuxo para alunos do Ensino Médio. Dissertação de mestrado, Universidade Federal do Pará, Belém, PA, Brasil. Disponível em < http://www1.fisica.org.br/mnpef/sites/default/files/dissertacao_fabio_1.pdf> Acesso em: 20 out. 2018.

Moura, F. A.; Mandarino, P. H. P. (2017). Ensino de Física por Investigação: relato de caso sobre uma Sequência Didática de aulas experimentais no Ensino de Empuxo. In: resumos do II Congresso Nacional de Pesquisa e Ensino em Ciências. Campina Grande. Disponível em < http://editorarealize.com.br/revistas/conapesc/trabalhos/TRABALHO_EV070_MD1_SA5_ID1591_01052017120918.pdf > Acesso em: 20 out. 2018.

Moura, F. A. (2018). Ensino de Física por Investigação: Uma Proposta para o Ensino de Empuxo para alunos do Ensino Médio. 2018. 98 f. Dissertação (Mestrado) - Curso de Mestrado Profissional em Ensino de Física, Faculdade de Física, Universidade Federal do Pará, Belém, 2018. Disponível em: .

Moura, F. A.; Silva, R. (2019). O Ensino de Física por Investigação: A socioconstrução do conhecimento para medir a aceleração gravitacional. Research, Society And Development, [s.l.], v. 8, n. 3, p.1083771-13, 1 jan. 2019. Research, Society and Development. http://dx.doi.org/10.33448/rsd-v8i3.771. Disponível em: . Acesso em: 01 mar. 2019.

Moura, F. A.; Silva, R. (2019). Uma Proposta para o Estudo de Empuxo por meio de Atividades Investigativas. Revista do Professor de Física, [s.l.], v. 3, n. 1, p.155-176, 10 abr. 2019. Biblioteca Central da UNB. http://dx.doi.org/10.26512/rpf.v3i1.21160.

Moura, F. A.; Vianna, P. O. (2019). O Ensino de Física Moderna baseado no filme Interestelar: Abordagem didática para a aprendizagem significativa. Research, Society And Development, [s.l.], v. 8, n. 3, p.1-16, 1 jan. 2019. Research, Society and Development. http://dx.doi.org/10.33448/rsd-v8i3.823. Disponível em: . Acesso em: 01 mar. 2019.

Moura, M. A. (2015). Visualize a sua voz: uma proposta para o ensino de ondas sonoras. 2015. xv. 95 f. Dissertação (Mestrado profissional em Ensino de Ciências Naturais) - Universidade Federal de Mato Grosso, Instituto de Física, Cuiabá.

Séré, M.G; Coelho, S.M; Nunes, A.D. (2003). O Papel da Experimentação no Ensino da Física. Caderno brasileiro de ensino de física. v. 20, nº .1, p.30-42.

Trivelato, S. L. F. & Oliveira, O. B. (2006). Práticas Docente: o que pensam os professores de ciências biológicas em formação. In: XIII ENDIPE. Rio de Janeiro.




DOI: http://dx.doi.org/10.33448/rsd-v8i6.1045

Refbacks

  • There are currently no refbacks.


Base de Dados e Indexadores: Base, Diadorim, Sumarios.org, DOI Crossref, Dialnet, Scholar Google, Redib, Doaj, Latindex, Redalyc, Portal de Periódicos CAPES

Research, Society and Development - ISSN 2525-3409

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional

Rua Irmã Ivone Drumond, 200 - Distrito Industrial II, Itabira - MG, 35903-087 (Brasil) 
E-mail: rsd.articles@gmail.com
Facebook: https://www.facebook.com/Research-Society-and-Development-563420457493356